sábado, 9 de fevereiro de 2019

“Rui Costa em 10.º lugar na Comunidade Valenciana”

Ciclista da UAE-Emirates é o português mais bem classificado na geral individual

Por: LUsa

Foto: Direitos Reservados

Rui Costa, da UAE-Emirates, subiu este sábado ao décimo lugar da Volta à Comunidade Valenciana, após a quarta etapa, que teve um final de montanha em que o espanhol Ion Izaguirre (Astana) chegou à liderança.

Izaguirre entrou em quarto na meta de Alcocebre, coincidente com uma contagem de montanha de primeira categoria, recuperando tempo suficiente para arrebatar o primeiro lugar ao norueguês Edvald Boasson Hagen (Dimension Data).

O britânico Adam Yates (Mitchelson) foi o melhor desta etapa 'rainha', 188 quilómetros entre Villarreal e Alcala-Alcocebre, cumpridos em 4:54:57 horas, com o espanhol Alejandro Valverde (Movistar) a ser creditado com o mesmo tempo. A dois segundos, o espanhol Pello Bilbao, da Astana, e Izaguirre.

Rui Costa fez uma boa subida, mais atrasado, terminando em 11.º com 30 segundos a mais que Izaguirre, o que lhe permitiu subir dois patamares na geral, de 12.º para 10.º, a 48 segundos.

O ciclista da UAE-Emirates passou a ser o português mais bem classificado na geral individual, a um dia do final da prova, sucedendo a Nelson Oliveira (Movistar), ciclista que era quarto e caiu para 12.º (a 59 segundos), após o 21.º posto de hoje.

O melhor elemento da W52-FC Porto no dia de hoje foi Edgar Pinto, em 25.º, a 1.04. Na geral, é também o melhor dos 'dragões', em 33.º, a 2.48. Já Amaro Antunes (CCC), ocupa o 28.º posto, a 2.19.

Na frente da prova, Izaguirre comanda com vantagem de sete segundos sobre Valverde e Bilbao e 16 sobre o irlandês Daniel Martin, colega de equipa de Rui Costa.

No domingo, corre-se a última etapa da Volta à Comunidade Valenciana, de traçado plano e propícia à defesa da 'amarela' por parte de Izaguirre.

Fonte: Record on-line

“Ex-ciclista colombiano detido por tráfico de droga”

Juan Pablo Valencia há muito que era investigado

O ex-ciclista Juan Pablo Valencia foi detido em Itália por tráfico de cocaína, avança a imprensa transalpina este sábado. O colombiano comprava droga em Bergamo, onde reside, e vendia-a a Montegranaro.

As suspeitas que há muitp existiam culminaram com a detenção à porta casa quando Juan Pablo Valencia se preparava para dar uma volta de bicicleta. Na residência, a polícia encontrou droga e 4 mil euros.

Fonte: Record on-line

“Equipa Portugal/Gonçalo Carvalho melhor português no Tour de l’Espoir”

Por: José Carlos Gomes

Gonçalo Carvalho, 14.º classificado, foi o melhor corredor português na geral final do Tour de l’Espoir, prova da Taça das Nações de Sub-23, que hoje terminou, nos Camarões, com vitória do Eritreu Yacob Debesay.

A última etapa, um circuito em Yaoundé, com 103 quilómetros previstos, acabou por ser encurtada para 69,3 quilómetros, devido à excessiva dureza do circuito. Apesar da menor distância, a dificuldade foi grande, o que se traduziu numa média de 35,392 km/h do vencedor, o ruandês Moise Mugisha, que venceu isolado.

O pelotão ficou completamente dizimado pelo sobe e desce constante da etapa. O melhor português foi Gonçalo Carvalho, sétimo, a 2m26s, a mesma diferença para o vencedor registada por Miguel Salgueiro, oitavo. Jorge Magalhães foi 18.º, a 2m46s, Francisco Campos foi 35.º, a 11m06s, e Pedro Miguel Lopes foi 40.º, a 11m08s. Gonçalo Leaça, vítima avaria mecânica, não acabou a corrida.

O domínio da Eritreia ficou claramente expresso na classificação geral, com dois corredores daquele país nas duas primeiras posições, Yacob Debesay, vencedor, e Natnael Mebrahtom, a 50 segundos. O terceiro, a 1m31s, foi o equatoriano Santiago Montenegro.

Gonçalo Carvalho encabeçou a lista de portugueses na classificação final, no 14.º posto, a 4m46s. Seguiram-se Miguel Salgueiro, 22.º, a 11m56s, Jorge Magalhães, 23.º, a 12m06s, Francisco Campos, 26.º, a 12m56s, e Pedro Miguel Lopes, 48.º, a 34m12s.

A Equipa Portugal sai dos Camarões com 12 pontos no ranking da Taça das Nações, resultantes do 14.º lugar de Gonçalo Carvalho e da vitória numa etapa e do segundo posto noutra tirada por parte de Francisco Campos.

“Demos um passo importante para garantir o apuramento para a Volta a França do Futuro, embora não tenhamos já assegurado esse objetivo. Há dois anos apurámo-nos com 15 pontos. Agora já estamos perto, mas teremos de pontuar noutras competições. Aqui não foi possível fazer melhor, porque os adversários revelaram grande qualidade, além de estarem mais adaptados ao clima e mais rodados”, esclarece o selecionador nacional de estrada, José Poeira.

Fonte: FPC

“NP-TV atualizou os seus canais com o “Vídeo Promocional da 17ª Bênção Nacional dos Ciclistas em Fátima.2019”

A Revista Notícias do Pedal acaba de atualizar o seu canal de televisão “Notícias do Pedal-TV” no YouTube e no MEO/KANAL com o Vídeo Promocional da 17ª Bênção Nacional dos Ciclistas em Fátima.2019”


Para ver o vídeo no MEO/KANAL, quem possuir MEO, pode aceder carregando na tecla verde do comando, inserir o código 531450, e ver no MEO/KANAL este e outros filmes, podendo consultar toda a programação. Podem ver ainda através do seguinte link: https://kanal.pt/lista-canais/comunicao-social/lisboa/vila-franca-de-xira/?display=grid&order=updated