quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

“Volta ao Algarve”

Falta uma semana para começar a corrida dos campeões

Por: José Carlos Gomes

A 44.ª Volta ao Algarve arranca no dia 14 de fevereiro, em Albufeira, terminando no dia 18, no alto do Malhão, Loulé, depois de percorridos 773,5 quilómetros. Estão pré-inscritos 175 corredores, entre os quais muitos nomes cimeiros do ciclismo mundial.

O pelotão será formado por 13 equipas WorldTour, três continentais profissionais e pelas nove formações continentais portuguesas. Entre os corredores inscritos estão 19 corredores do top 80 mundial, dois deles do top 10, o polaco Michal Kwiatkowski (Team Sky), oitavo da hierarquia, e o belga Philippe Gilbert (Quick-Step Floors), décimo.

A Volta ao Algarve continua a assumir-se também como uma das primeiras corridas do ano em que podem ser vistas as camisolas dos campeões em título, de fundo e de contrarrelógio. Para a edição de 2018 está inscrito o campeão da Europa de contrarrelógio, Victor Campenaerts (Lotto Soudal), assim como 15 campeões nacionais de fundo e de contrarrelógio de diferentes países.

A lista provisória de inscritos é a garantia de mais uma edição de grande qualidade, protagonizada por corredores que são dos melhores especialistas mundiais em provas por etapas, chegadas ao sprint e contrarrelógios.

A luta pela camisola amarela será acesa, prevendo-se a participação de vencedores de seis das últimas sete edições: Richie Porte (BMC Racing Team), Tony Martin (Team Katusha Alpecin), Geraint Thomas e Michal Kwiatkowski (Team Sky). A estes juntam-se outros homens completos, capazes de bater-se por qualquer posição no top 10 de uma corrida com as caraterísticas da Volta ao Algarve: Tejay van Garderen (BMC Racing Team), Bob Jungels (Quick-Step Floors), Louis Meintjes e Serge Pauwels (Team Dimension Data), Simon Spilak (Team Katusha Alpecin), Sam Oomen (Team Sunweb), Bauke Mollema (Trek-Segafredo) e Daniel Martin (UAE Team Emirates).


As duas etapas com chegada previsível ao sprint deverão ser também momentos de grande espectáculo, porque os velocistas inscritos são de qualidade. É o caso, por exemplo, de Arnaud Démare (FDJ), Ben Swift (UAE Team Emirates), Carlos Barbero (Movistar Team), Dylan Groenewegen (Team LottoNL-Jumbo), Jens Debusschere (Lotto Soudal), John Degenkolb (Trek-Segafredo) e Jurgen Roelandts (BMC Racing Team).

Além dos homens que vão bater-se pela geral, o pelotão vai contar com nomes de monta para disputar a terceira etapa, o contrarrelógio individual de 20,3 quilómetros, em Lagoa: Ignatas Konovalovas (FDJ), Stefan Küng (BMC Racing Team), Vasil Kiryienka (Team Sky), Matthias Brändle e Ryan Mullen (Trek-Segafredo), Victor Campenaerts (Lotto Soudal) e Yves Lampaert (Quick-Step Floors).

A Volta ao Algarve continua a ser uma oportunidade privilegiada para ver ao vivo alguns dos portugueses que representam equipas estrangeiras e que poderão também envolver-se na discussão da geral e das etapas. Os emigrantes convocados em 2018 são Nelson Oliveira e Nuno Bico (Movistar Team), José Gonçalves e Tiago Machado (Team Katusha Alpecin), Rúben Guerreiro (Trek-Segafredo), Joaquim Silva e Rafael Reis (Caja Rural-Seguros RGA).

O mediatismo crescente da Volta ao Algarve tem desafiado as equipas portuguesas a serem também protagonistas, pelo que se espera que uma preparação intensa de inverno possa render bons resultados aos nove coletivos lusos, que tentarão bater-se de igual para igual com as estrelas internacionais.

 

Participantes do Top 80 Mundial

8.º Michal Kwiatkowski (Team Sky)

10.º Philippe Gilbert (Quick-Step Floors)

11.º Daniel Martin (UAE Team Emirates)

18.º Arnaud Démare (FDJ)

23.º Richie Porte (BMC Racing Team)

28.º Bauke Mollema (Trek-Segafredo)

33.º Jasper Stuyven (Trek-Segafredo)

34.º John Degenkolb (Trek-Segafredo)

39.º Dylan Teuns (BMC Racing Team)

50.º Dylan Groenewegen (Team LottoNL-Jumbo)

43.º Edvald Boasson Hagen (Team Dimension Data)

55.º Jasper de Buyst (Lotto Soudal)

65.º Geraint Thomas (Team Sky)

66.º Jens Keukeleire (Lotto Soudal)

68.º Simon Spilak (Team Katusha Alpecin)

71.º Bob Jungels (Quick-Step Floors)

72.º Zdenek Stybar (Quick-Step Floors)

79.º Louis Meintjes (Team Dimension Data)

80.º Tejay van Garderen (BMC Racing Team)

 

Campeões

Aleksejs Saramotins, campeão da Letónia de Contrarrelógio

Arnaud Démare, campeão de França de Fundo

Bob Jungels, campeão do Luxemburgo de Fundo

Domingos Gonçalves, campeão de Portugal de Contrarrelógio

Edvald Boasson Hagen, campeão da Noruega de Contrarrelógio

Ignatas Konovalovas, campeão da Lituânia de Fundo e de Contrarrelógio

Jan Polanc, campeão da Eslovénia de Contrarrelógio

Michal Kwiatkowski, campeão da Polónia de Contrarrelógio

Ramon Sinkeldam, campeão da Holanda de Fundo

Rúben Guerreiro, campeão de Portugal de Fundo

Ryan Mullen, campeão da Irlanda de Fundo e de Contrarrelógio

Stefan Kung, campeão da Suíça de Contrarrelógio

Tony Martin, campeão da Alemanha de Contrarrelógio

Yves Lampaert, campeão da Bélgica de Contrarrelógio

Victor Campenaerts, campeão da Europa de Contrarrelógio

Zdenek Stybar, campeão da República Checa de Fundo

Fonte: FPC

“O Ciclismo vai à Escola”

Mais de mil alunos da Figueira da Foz aprendem a pedalar

Por: José Carlos Gomes

O projeto “O Ciclismo vai à Escola” permitirá a 1041 alunos do quinto e sexto anos de escolaridade de quatro agrupamentos de escolas da Figueira da Foz aprender a andar de bicicleta em segurança, durante o presente ano letivo.

A iniciativa conjunta da Federação Portuguesa de Ciclismo, da Câmara Municipal da Figueira da Foz e dos Agrupamentos de Escolas Figueira Mar, Figueira Norte, da Zona Urbana e de Paião foi formalizado na manhã desta quarta-feira, através da assinatura de um protocolo entre os representantes de todas as instituições intervenientes.

A Federação Portuguesa de Ciclismo pretende contribuir para tornar mais acessível, segura e abrangente a prática do ciclismo, nas vertentes desportivas.

A autarquia compromete-se a criar as condições físicas e materiais para a implementação do projeto, designadamente através da criação de estacionamentos para bicicletas nas escolas e da aquisição de bicicletas, capacetes e outros consumíveis e ferramentas. A edilidade deverá também potenciar a possibilidade de deslocação dos alunos em bicicleta, por via da criação e manutenção de corredores de segurança.

A transmissão de conhecimento aos alunos está a cargo dos professores para isso destacados, aos quais a Federação Portuguesa de Ciclismo já ministrou formação, no âmbito do protocolo existente entre a Federação e a Direção-Geral de Educação. A entidade que coordena todo o ciclismo a nível nacional manterá uma ligação estreita com a implementação direta do protocolo hoje assinado e compromete-se a organizar uma ação anual de divulgação de ciclismo na Figueira da Foz.

Os agrupamentos de escolas irão colocar em prática o protocolo, fazendo-o através do correto acompanhamento pedagógico de todas as iniciativas por professores de Atividade Física e Desportiva, dotados de formação específica no âmbito do ciclismo.

Informação de Enquadramento

A Federação Portuguesa de Ciclismo (FPC) está a implementar, com o apoio do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) e do Instituto Nacional para a Reabilitação (INR), que tem como objetivo “incentivar a prática do ciclismo, nas diferentes vertentes da modalidade, envolvendo agentes desportivos, em todo o território nacional; promover o exercício físico e estilos de vida mais saudáveis e sustentáveis, maximizando o potencial desportivo do ciclismo.

A FPC e a Direção-Geral de Educação (DGE) celebraram, em 2017, um Protocolo de Cooperação Institucional que enquadra a implementação do PNCpT e o desenvolvimento da modalidade de BTT-XCO, no âmbito do Desporto Escolar, em conformidade com o Despacho n.º 6984-A/2015 de 23 junho, publicado no Diário da República, 2.ª Série, que prevê a “execução de atividades complementares aos currículos dos ensinos básicos e secundário, proporcionando aos agrupamentos de escolas e às escolas não agrupadas o desenvolvimento da educação física e do desporto escolar, visando especialmente a utilização criativa e formativa dos tempos livres, contribuindo assim para a formação integral e para a realização pessoal dos alunos”.

Fonte: FPC

“Prova de Abertura”

Fotos: João Fonseca

No dia 4 de Fevereiro, o Sport Clube Escolar Bombarralense, com a sua equipa sub-23, a FGP / CUBE / Bombarral, marcou presença na Prova de Abertura – Região de Aveiro, prova integrante do 10º Troféu Liberty Seguros. Prova de perfil maioritariamente plano, com três dificuldades distribuídas ao longo dos 155,5 quilómetros de prova.

A equipa marcou presença com Diogo Lopes, Leonel Firmino, Jorge Marques, Emanuel Duarte, Rafael Antunes, Francisco Duarte, Diogo Tavares e Isaac Pereira.

No início da prova deu-se uma fuga inicial com César Fonte (W52 – FC Porto) e Tiago Machado (Selecção Nacional). O duo colaborou e chegou aos 6 minutos de vantagem. Após as três dificuldades do dia, todas colocadas sensivelmente a meio do percurso, Tiago Machado isolou-se e assim seguiu até À meta, onde venceu com 3 segundos de vantagem para o pelotão liderado por João Matias (Vito – Feirense - Blackjack). Houve uma queda perto do final, e a equipa deixa aqui expresso os votos de rápidas melhoras aos azarados.

O primeiro atleta da nossa escola a chegar foi Diogo Lopes, seguido logo de Leonel Firmino, nos 86º e 87º lugares a nível geral, ficando nos 24º e 25º lugares no escalão sub-23. Nenhum dos restantes atletas chegou ao fim, no entanto, os objectivos propostos para este início de temporada foram cumpridos: a equipa voltou a ter representação no escalão sub-23, os atletas marcaram presença à partida com boas condições proporcionadas por nós e puderam correr e aprender ao lado de grandes nomes do nosso ciclismo. Aprendizagens essas que vão se agora trabalhadas por forma ao colectivo apresentar-se mais forte nas provas que se avizinham.

A equipa sub-23 volta a competir aquando da Clássica da Primavera, a 4 de Março. Até lá haverá muito trabalho pela frente, mas vontade é algo que não falta aos nossos guerreiros, especialmente após sentirem o que é correr com bicicletas Cube. Haverá ainda a apresentação da equipa nos seus diversos escalões, dia 24 de Fevereiro pelas 18h na Sede do Clube. Fica o convite!

Fonte: Sport Clube Escolar Bombarralense