quinta-feira, 1 de junho de 2017

“Convocatória: Campeonato da Europa de Triatlo em Kitzbuhel”

A Comissão Técnica Nacional divulgou a convocatória para o Campeonato da Europa de Triatlo que decorrerá nos próximos dias 16, 17 e 18 de Junho em Kitzbuhel, Áustria. Evento que receberá as competições Elite e Júnior e onde a comitiva lusa marcará presença com objetivos ambiciosos.

A lista de convocados é composta por sete atletas Júnior, cinco homens e duas mulheres, e por cinco atletas do escalão Elite, quatro homens e uma mulher. Entre os convocados podemos encontrar atletas de enorme qualidade e valor comprovado. É o caso dos três triatletas olímpicos que estiveram presentes no Rio de Janeiro, João Pereira, João Silva e Miguel Arraiolos, e de Vanessa Fernandes, que assinala em Kitzbuhel o regresso aos Campeonatos da Europa. Entre os restantes convocados encontramos, igualmente, enorme valor e potencial em cada um e aguardamos que toda a preparação que conduziu a esta convocatória traga resultados da Áustria.


Fonte: FTP

“Equipa Portugal/Ivo Oliveira impõe-se no prólogo da Corrida da Paz”

O português Ivo Oliveira ganhou hoje o prólogo da Corrida da Paz, prova da Taça das Nações de sub-23 que se disputa na República Checa até domingo. A vitória no exercício individual de hoje assegurou a Portugal o apuramento para as provas de sub-23 do Campeonato do Mundo.

Num percurso de apenas 2 quilómetros, em Krnov, a pedir a capacidade de explosão que Ivo Oliveira tem demonstrado, especialmente, na pista, o corredor da Equipa Portugal foi o mais forte entre o pelotão dos melhores sub-23 mundiais, garantindo o direito a partir com a camisola amarela para a primeira etapa em linha.

Ivo Oliveira completou os 2 quilómetros em 2m13s, o mesmo registo que o segundo e terceiro classificados, batendo-os no desempate por centésimos de segundo. O segundo classificado foi o dinamarquês Casper Pedersen, a 3 centésimos de Ivo, e o terceiro foi o luxemburguês Kevin Genets, a 80 centésimos.

O segundo melhor luso foi João Almeida, 29.º, a 7 segundos, seguindo-se Tiago Antunes, 54.º, a 9 segundos, Jorge Magalhães, 59.º, a 10 segundos, David Ribeiro, 107.º, a 17 segundos, e Gonçalo Carvalho, 113.º, a 21 segundos. Portugal está na quinta posição coletiva.

“Quando fui convocado disse logo ao Sr. Poeira que esta etapa era boa para mim, sabia que conseguiria um bom resultado. Tenho a pretensão de manter a camisola amarela até ao fim, porque estou a subir bem devido ao trabalho específico que venho realizando. Estamos aqui com uma equipa muito forte e se não for eu a ficar com a camisola amarela pode ser um colega meu”, considera Ivo Oliveira.

A vitória no prólogo já permitiu à Seleção Nacional cumprir o objetivo traçado à partida pelo selecionador nacional, José Poeira: pontuar, de modo a carimbar o passaporte para o Mundial de estrada, a disputar na Noruega, em setembro. Agora a equipa parte com menos pressão para as três etapas em falta.

Amanhã corre-se a primeira tirada em linha, 133 quilómetros entre Jeseník e Rýmařov. As subidas mais duras estão colocadas na primeira metade da tirada, mas toda a viagem é marcada pelo terreno ondulado.

Fonte: FPC