segunda-feira, 16 de julho de 2018

“Os eventos da semana”

Esta semana, o calendário da Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores e Bicicleta (FPCUB) tem agendado os seguintes passeios:

Dia: 21/22 de julho
14 Horas a Pedalar
Local: Pombal, Leiria - Inicio 22 horas de sábado
 

Dia: 22 de julho
XXVII Passeio de Cicloturismo ao Concelho de Cascais
Local: Trajouce, São Domingos de Rana, Cascais – 9 Horas


Podem consultar mais informação no espaço “Calendário Anual” em: http://www.fpcub.pt/agenda/2018 e ainda no site oficial da Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores e Bicicleta (FPCUB) em: http://www.fpcub.pt , pode consultar outros eventos, como toda a atividade realizada pela FPCUB.
 
 

“GREG VAN AVERMAET CORRE PELA CCC NO PRÓXIMO ANO”

Belga é o atual líder da Volta a França

Por: Lusa

Foto: Reuters

O ciclista belga Greg Van Avermaet, líder da Volta à França, vai correr no próximo ano pela CCC, equipa polaca que herda a estrutura da norte-amareica BMC, cujo patrocinador se retira no final da época.

"Procurávamos uma oportunidade para ingressar no World Tour e esta é a ocasião perfeita para nos associarmos a uma equipa estável e respeitada, com Greg Van Avermaet na liderança", disse Dariusz Milek, proprietário e presidente da CCC, um grupo polaco de calçado.

O nome da equipa, cujo proprietário é Dariusz Milek e que terá como diretor-geral Jim Ochowicz, não foi anunciado oficialmente.

"Passei oito anos na BMC, durante os quais vivi grandes momentos", disse Van Avemaet, citado num comunicado da sua equipa. "Ter uma equipa mais ou menos focada em mim e nas clássicas é uma oportunidade única", acrescentou o campeão olímpico de fundo.

Esta novidade reforça a hipótese já aventada da saída do australiano Richie Porte, o outro líder do grupo que se virou para as grandes provas e as corridas por etapas.

A CCC tem atualmente equipa profissional, que compete no nível Continental Pro, espécie de segundo escalão do ciclismo de estrada, ao serviço da qual corre o português Amaro Antunes.

"Não se trata de uma fusão", esclareceu em comunicado o grupo polaco, que tem uma rede de mil lojas na Europa e emprega cerca de 13 mil pessoas.

Fonte: Record on-line

“Sendim recebe o Campeonato do Minho de BTT DHI – Cision”

A freguesia de Sendim, Felgueiras, acolhe no dia 22 de julho o Campeonato do Minho de BTT DHI - Cision. O 6º BTT DHI de Sendim, terceira etapa do Campeonato do Minho, além das categorias de competição, será aberto à participação de todos os interessados que poderão participar integrados na categoria de promoção.

Organizada conjuntamente pela Associação de Ciclismo do Minho e pelo Bicicleta Clube de Felgueiras, a prova será disputada na pista de Down Hill de Sendim que se tem revelado do agrado generalizado. Atraindo habitualmente milhares de espetadores, que acompanham do princípio ao fim o desempenho dos pilotos, a expetativa para o 6º BTT DHI de Sendim é redobrada devido ao facto de ser disputado num momento crucial do Campeonato do Minho de BTT DHI - Cision.

O 6º BTT DHI de Sendim, que contará com cronometragens a cargo da SportChip, incluirá um período para treinos entre as 10h00 e as 12h00 (competição) e as 10h30 e as 12h00 (promoção), realizando-se uma manga de qualificação às 13h00 e a manga final (sistema de manga única) às 15h00. A cerimónia de entrega de prémios está marcada para as 17h30.

A participação no 6º BTT DHI de Sendim é gratuita para atletas federados sendo também aberta à participação na vertente de promoção. O secretariado para confirmação das inscrições decorrerá entre as 9 e as 10 horas (promoção) e as 10 horas e as 12 horas (competição). As pré-inscrições devem ser efetuadas através do email geral@acm.pt  

O 6º BTT DHI de Sendim tem o apoio das seguintes entidades: Câmara Municipal de Felgueiras, Junta de Freguesia de Sendim, Damos Vida, EMTE, Federação Portuguesa de Ciclismo, Cision, Arrecadações da Quintã, Raiz Carisma - Soluções de Publicidade, POPP Design, www.sportchip.net  Salvaggio, AFAcycles e do comércio e indústria local.

Fonte: ACM

“I TRIATLO JOVEM de ÉVORA”

ESCOLA TRIATLO TORRES NOVAS CONQUISTA 3ºLUGAR NO CAMPEONATO NACIONAL JOVEM 2018

Por: Paulo Vieira

A Escola de Triatlo de Santo António de Évora acolheu da melhor maneira, centenas de jovens atletas, familiares e amigos do triatlo no passado dia 15 de julho, e juntamente com a Federação de Triatlo de Portugal organizou a final do CAMPEONATO NACIONAL JOVEM DE TRIATLO 2018 na pacata Capital Alentejana.

Na derradeira etapa do CAMPEONATO NACIONAL JOVEM DE TRIATLO 2018, a ESCOLA DE TRIATLO DO CLUBE DE NATAÇÃO DE TORRES NOVAS confirmou o 3ºLUGAR entre 42 equipas participantes neste Campeonato Jovem. Relembre-se que, a ESCOLA DE TRIATLO DO CLUBE DE NATAÇÃO DE TORRES NOVAS, que desde 2011 tem vindo a manter a sua regularidade no Campeonato Nacional Jovem, sendo uma referência nacional no triatlo jovem, já se sagrou por 4 vezes Vice-Campeã Nacional e alcançou o título de Campeã Nacional em 2013.

A prova desenrolou-se em regime de estafetas sendo os atletas integrados em dois agrupamentos, o primeiro com atletas Benjamins e Infantis e o segundo com Iniciados e Juvenis. Os jovens triatletas percorreram  distâncias que variaram entre os 50m de natação (em linha), 1km de ciclismo e 400m de corrida, e os 200m de natação (2 voltas), 4km de ciclismo e 1km de corrida.

Dos torrejanos em prova, destacamos os atletas João Graça, José Tadeia e Duarte Santos que conquistaram o 2ºlugar no 2ºAgrupamento em masculinos e Gustavo do Canto, Pedro Afonso Razões e João Nuno Batista o 3ºlugar no mesmo agrupamento entre 34 equipas participantes. Destacaram-se ainda no 1ºAgrupamento em femininos as atletas Inês Bargão, Júlia Marques e Margarida Inácio e no mesmo agrupamento em masculinos, Guilherme Neves, Simão Vieira e António Gasalho alcançando ambas as equipas a 4ªposição, a escassos segundos do pódio, entre 23 equipas.

No Top 10 ficou ainda a equipa constituída pelas atletas Francisca Leirião, Maria Sousa e Mariana Antunes em 6ºlugar. A participação torrejana contou ainda com a não menos brilhante participação de mais 3 equipas constituídas pelas atletas Matilde Moita, Natércia Carvalho e Mafalda Leirião em 12º, Manuel Dias, Bruno Proença e André Neves em 19º, Cláudia Orvalho, Vasco Santos e Francisco Borges em 24º.

Na sequência do desafio lançado no dia anterior a “pais e filhos”, a equipa torrejana subiu ainda ao pódio com a participação emotiva e animada de 2 equipas constituídas por Vânia Cambé e Francisca Leirião, Gilda Mota e Manuel Dias.

Mais uma vez o evento decorreu em clima de alegria e terminou com o convívio entre atletas, clubes e acompanhantes, que mais uma vez demonstraram o espírito desportista e fraterno da Família Triatleta.

A última prova terá lugar em Abrantes dia 21 de julho e contará para o Campeonato Regional em que a equipa da ESCOLA DE TRIATLO DO CLUBE DE NATAÇÃO DE TORRES NOVAS se encontra classificada em 1ºlugar.

Fonte: ESCOLA DE TRIATLO DO CLUBE DE NATAÇÃO DE TORRES NOVAS

“Efapel/Henrique Casimiro vence em Montejunto”

           Ciclista da EFAPEL venceu a última etapa do Troféu Joaquim Agostinho

          Vitória fê-lo subir à segunda posição da geral individual

          Henrique Casimiro ficou a segundos da amarela

Um ataque final na montanha que fechou o Grande Prémio Internacional de Torres Vedras/Troféu Joaquim Agostinho valeu a vitória na etapa para Henrique Casimiro. O ciclista alentejano da Equipa EFAPEL foi quem levantou os braços para celebrar o triunfo no Alto de Montejunto e esteve muito perto de assegurar o primeiro lugar na geral individual. Esse só não foi uma realidade porque o corredor da formação liderada por Américo Silva ficou a quatro segundos do camisola amarela, José Neves (W52-FC Porto).

Nos 172 quilómetros que ligaram Cadaval ao Alto de Montejunto, houve muitas movimentações. Havia várias formações com vontade de lutar pelo triunfo. Entre as quais estava a Equipa EFAPEL. A estrutura tinha em Henrique Casimiro o seu melhor corredor que surgia na partida com o 12º posto da geral individual.

A formação tentou de várias formas chegar à amarela e, no final, foi o alentejano que atacou para garantir o triunfo na etapa. Jesus del Pino, também da EFAPEL, foi oitavo no dia. O principal adversário de Casimiro, José Neves, fechou na terceira posição, a nove segundos do vencedor. A diferença não foi suficiente para o homem da equipa de Américo Silva chegar ao lugar mais alto do pódio.

“Quando os candidatos ficaram destacados achei que era o momento certo para atacar, porque estava um pouco mais distanciado na geral e poderia ter alguma margem. Ficar apenas a quatro segundos da camisola amarela deixa um certo sabor amargo, mas quem ficou atrás de mim ficou um pouco mais longe”, afirmou Henrique Casimiro.

O balanço da participação da Equipa EFAPEL no Grande Prémio Internacional de Torres Vedras/Troféu Joaquim Agostinho é, ainda assim, muito positivo. A formação prometeu lutar pela vitória até final e assim o fez. Esteve na discussão e só não venceu por uma diferença muito pequena.

Concluída esta prova, a Equipa EFAPEL prepara-se para correr no Grande Prémio Estrada Nacional 2 de Portugal que se realiza de 18 a 22 deste mês.

Fonte: Efapel