domingo, 16 de abril de 2017

“MOTORCLÁSSICO/DESTAQUE DOS 70 ANOS DA FERRARI”

Exposição temática celebra 7 décadas da mítica marca italiana

Por: Madalena Galamba

No ano em que se celebram os 70 anos da Ferrari, a mítica marca italiana de automóveis estará em destaque na próxima edição do Motorclássico – Salão Internacional de Automóveis e Motociclos Clássicos, que decorre de 21 a 23 de Abril na FIL - Feira Internacional de Lisboa. Com a exposição temática “Ferrari 70 anos” a organização do Salão Motorclássico quis prestar homenagem à história e ao mito da marca fundada por Enzo Ferrari em 1947. 

Entre os modelos selecionados para a exposição, que revisita alguns dos clássicos mais marcantes da Ferrari, destaque para um Ferrari 208 GTS dos anos setenta, um histórico Testarossa de 1984, um 550 Maranello de 1990, e ainda um Dino 246 GT, automóvel criado pelo filho do fundador, Dino Ferrari. 

De Maranello para o mundo, a Ferrari impôs-se como uma das marcas mais icónicas e desejadas da história automóvel. A história começa em 1947, quando o primeiro Ferrari, o 125 S, atravessou os portões da fábrica em Maranello. 

Os primeiros Ferrari eram carros de corrida, mas rapidamente as vitórias das cores e sons fortes começaram a criar o mito Ferrari. Como o desporto automóvel sempre foi dispendioso, Enzo Ferrari teve que começar a produzir automóveis de turismo, destinados a pessoas que, em troca de uma soma avultada, adquiriam, mais do que um meio de transporte, um objecto de culto, funcionando também como adereço de estatuto social. No final da década de 50, após várias vitórias em provas de endurance e em Fórmula 1, o nome da Ferrari era já uma referência no automobilismo. A vitória no Grande Prémio de Inglaterra, em 1951, marcava o início de um percurso único, que faria da Scuderia Ferrari a equipa mais bemsucedida da história da Fórmula 1. Entretanto, entre 1950 e 1960, as vendas da Ferrari mais do que triplicaram. Em 1970, a Ferrari iniciou a produção dos primeiros automóveis com motores V8 (rear-mounted) que se tornariam um enorme êxito comercial. Entre 2000 e 2010, a Ferrari reafirma a sua liderança na Fórmula 1, conquistando 13 títulos mundiais, que espalharam o “vermelho Ferrari” pelo mundo. 

O programa da 13ª edição do Motorclássico inclui ainda a apresentação do recém-restaurado microcarro Messerschmitt KR200 (1958), “Messi”, a exposição temática “A Guarda Montada - Motos da Guarda Nacional Republicana”, os habituais passeios de clássicos, um emocionante leilão de automobilia, e a secção Art Village, que reúne obras de arte à volta do mundo dos clássicos. 

O Salão Motorclássico é organizado pelo Museu do Caramulo em parceria com a AIP – Feiras Congressos e Eventos.  

Para obter mais informações sobre o Salão Motorclássico aceda ao site oficial do evento em www.motorclassico.com   

Sobre o Museu do Caramulo Com mais de 60 anos de existência e visitado por mais de um milhão e meio de pessoas, o Museu do Caramulo alberga no seu espólio uma colecção de arte, uma colecção de automóveis, motos e bicicletas e uma colecção de brinquedos antigos. O Museu do Caramulo produz ainda, de forma regular, exposições temáticas e temporárias, e organiza vários eventos como o Salão Motorclássico, o Caramulo Motorfestival, o Espírito do Caramulo, a Noite dos Museus ou o Rider. Mais informação em www.museu-caramulo.net  

Fonte: Museu Caramulo/Parceria Notícias do Pedal

“Etapa#3 - Troféu BTT Ribatejo Norte 2017”

As melhores provas BTT da Região num só Troféu...

INSCRIÇÕES ABERTAS

Evento

É com enorme prazer que vimos por este meio apresentar a XIII edição da CS DESIGN - MARATONA BTT DE OURÉM - Rota dos Pinheiros, a mais conceituada e antigo evento BTT do Clube e do Concelho de Ourém, que se realiza no próximo dia 16 de Julho de 2017 na Cidade de Ourém e que este ano volta em formato XL - pensado para permitir o máximo aproveitamento do melhor que o Verão tem para dar.

Agendada como a verdadeira Festa de Verão do BTT, a prova servirá como o palco de treino ideal numa fase do ano com menos eventos, sendo a oportunidade para todos os atletas poderem conciliar a possibilidade de melhor manter a forma física conquistada ao longo da primavera e, como a época obriga, ir a "banhos".

Uma vez mais integrada no Troféu BTT do Ribatejo Norte (a mais completa competição da zona centro), a prova será uma vez mais dividida em duas distâncias: Meia-Maratona BTT (35 km) e Maratona (60 km), com espaço, pelo meio, para a Maratona Jovem, pensada para todos os menores de 20 anos (Percurso da Meia-Maratona).

Uma vez mais disputada integralmente no sector mais a sul do Concelho, o percurso irá percorrer alguns dos mais belos trilhos entre o Pinhal e a Serra, numa edição "mais acessível" e comemorativa, com passagem obrigatória pelas associações do Bairro e Outeiro das Matas.

Da parte da tarde e após o habitual almoço convívio (facultativo), as portas das piscinas municipais de Ourém abrem para todos os atletas e acompanhantes para "uma merecida tarde de descanso e convívio dentro de água".

Com organização a cargo do BTT Clube dos Pinheiros / BTT Pedais a Fundo, entre outras associações de referência no Concelho, será com toda a certeza um evento capaz reunir todos os ingredientes para um Domingo memorável, na verdadeira Gala do BTT dos meses de Verão.

Não hesite.... Aventure-se!

Novidade

Envio dos Dorsais por Correio: Visando o maior conforto possível do atleta, o BTT Clube dos Pinheiro volta em 2017 a apostar na inovação e revolução do mercado, promovendo um evento sem necessidade de secretariado. Cada atleta irá receber em casa, nos dias imediatamente antes do evento, um envelope onde constará: Dorsal (acompanhado pelas devidas braçadeiras), Guia de Evento com mais informação sobre o evento e Senha(s) de Almoço (se verificável). A partir daí, basta chegar no dia, a tempo do aquecimento e partida, sem necessidade de filas e outras deslocações além da BOX correspondente.

0% Secretariado, 100% Maratona BTT Ourém

Programa

Data: 16 de Juho de 2017

Manhã

Meia-Maratona / Maratona BTT

07h30 - Abertura do Secretariado

08h30 - Abertura do Controlo 0

09h00 - Briefing de Recepção aos Atletas e ultimas notas

09h15 - Partida do Evento

12h00-13h00 - Hora média de Chegada prevista

12h30/13h00 - Cerimónia de podium com entrega de prémios (Geral e Classes).

13h00 - Almoço Convívio

15h15 - Fecho do Controlo Horário de Chegada

Tarde

Piscinas Municipais

(Parque fechado para as Bicicletas)

14h00 - Abertura das Piscinas Municipais

* Acesso gratuito para atletas e acompanhantes (máx.3)

20h00 - Encerramento das Piscinas Municipais

Encerramento do Evento

Local:

Centro de Negócios de Ourém

Cidade de Ourém

Distâncias (evento BTT):

Meia-Maratona BTT - 35km - 800m acumulado (valor aproximado)

Maratona BTT - 60km - 1100m acumulado (valor aproximado)

Maratona Jovem - 35km - 800m acumulado (valor aproximado)

Partida:

Com vista ao conforto do atleta, a organização dos atletas à partida para o evento será feita por boxes de acordo com a distância a percorrer.

Box 1 - Atletas Maratona

Box 2 - Atletas Meia-Maratona

A partida das boxes será simultânea e o primeiro quilómetro do evento (1km) é realizado atrás do PACECAR oficial, que segue em ritmo "controlado" até entrada em Terra...

Não são permitidas alterações de distância no dia do evento, sendo as mesmas penalizadas com a desqualificação do atleta.

Inscrições

INSCRIÇÕES ABERTAS

Link Directo: http://chrono.pt/inscricao/?evento=56

Site Oficial: www.bttclubedospinheiros.com / www.bttourem.com

Inscrições Online:

Até às 00 Horas de dia 14 de Julho

(APÓS A DATA REFERIDA, APENAS SERÃO REABERTAS AS INSCRIÇÕES NO PRÓPRIO DIA, COM UM AUMENTO DE 2 EUROS POR ATLETA)

Inclui: Participação, Seguro, Envio do Frontal para casa (para inscrições até dia 10), T-Shirt do Evento (entregue no final do mesmo), Acesso às Piscinas Municipais, Parque fechado para Bicicletas (tarde de Domingo), 2 a 5 pontos de abastecimento, Assistência Médica e Mecânica durante o evento, Cronometragem, Lavagem de Bikes, e Banhos de água quente.

Inscrições realizadas no próprio dia (disponíveis no secretariado do evento):

Acresce 2 euros ao preço do evento.

(Sujeitas à abertura das mesmas)

Extras:

1 Euro - Dorsal Personalizado

(com nome do atleta)

6 Euros - Almoço Convívio de Domingo

(Cidade de Ourém)

Preço da inscrição (Acompanhantes):

GRATUITO - Acesso às Piscinas - até 3 Acompanhantes

(Inscrição Obrigatória - No dia do evento)

1 Euro - Acesso às Piscinas - restantes Acompanhantes

(Inscrição Obrigatória - No dia do evento)

8 Euros - Almoço Convívio de Domingo

(Cidade de Ourém)

Método de Pagamento:

O pagamento é processado em sistema de entidade / referência (dispensando envio de comprovativo) e está a cargo da empresa Chrono.pt

Fonte: BTT Clube dos Pinheiros

 

“O 25 de Abril em bicicleta pela Amadora”

Dia 25 de abril

10h00 - Parque Central da Amadora

No âmbito das comemorações do 43.º aniversário do 25 de Abril, a Câmara Municipal da Amadora, em colaboração técnica com o Grupo de Cicloturismo Estrelas da Amadora, organiza no dia 25 de abril um passeio de bicicleta denominado Roteiro 25 de Abril.

Este passeio é efetuado predominantemente em circuito urbano na cidade da Amadora, com passagem pelo quartel da Pontinha, onde funcionou o Posto de Comando do Movimento das Forças Armadas.

A concentração de participantes está prevista para as 9h00 e o início do passeio para as 10h00. A partida e a chegada terão como cenário o Parque Central.

Esta prova desportiva, com um percurso de 25 Kms, é aberta a todos os entusiastas da bicicleta e suas famílias que desejem usufruir de uma manhã desportiva.

O passeio, com a duração máxima prevista de duas horas, é acompanhado por praticantes de cicloturismo, que ajudam os ciclistas que apresentem alguma dificuldade, e o condicionamento do trânsito estará a cargo da PSP. A ambulância e o “carro vassoura” (apoio logístico) fecham o pelotão. Os participantes menores de idade devem fazer-se acompanhar pelos encarregados de educação.

As inscrições são gratuitas e devem ser enviadas por e-mail, contendo o nome e data de nascimento do (s) participante (s), para o endereço eletrónico: geral@gcestrelasdaamadora.com. As inscrições efetuadas até ao dia 24 de abril, terão direito a usufruir de um seguro de acidentes pessoais.

Fonte: Câmara Municipal da Amadora

“Cross Country Olímpico”

Melgaço recebe no dia 23 de abril o Campeonato do Minho de BTT XCO - MAPFRE | Seguros

O Complexo Desportivo e de Lazer / Centro de Estágios de Melgaço recebe no dia 23 de abril o 3º BTT XCO Vila de Melgaço, pontuável para o Campeonato do Minho de BTT XCO - MAPFRE | Seguros. A iniciativa decorrerá entre as 12 e as 17h30 e a entrada do público é livre.

Promovida em conjunto pela Associação de Ciclismo do Minho e por Melgaço Sports Center (Complexo Desportivo e de Lazer / Centro de Estágios de Melgaço - www.melgacosportscenter.com), com o apoio do Município de Melgaço, a terceira prova do Campeonato do Minho de BTT XCO - MAPFRE | Seguros será aberta à participação (além das categorias de competição) de todos os interessados que poderão participar integrados na categoria de promoção.

O programa do 3º BTT XCO Vila de Melgaço começará com um período para treinos entre as 10 e as 12h00. Pelas 14 horas começará a prova cadetes, femininos (sub 23/elites e master), paraciclismo e promoção e às 15h30 a corrida de juniores, elites/sub 23 e masters. A cerimónia protocolar está prevista para as 17h30. A participação na prova é gratuita para atletas federados sendo também aberta à participação na vertente de promoção (custo de inscrição inclui seguro de acidentes pessoais). O secretariado para confirmação de inscrições abrirá às 9 horas e as inscrições devem ser efetuadas através do email geral@acm.pt.

O 3º BTT XCO Vila de Melgaço tem o apoio do Município de Melgaço,  Federação Portuguesa de Ciclismo, MAPFRE | Seguros, Cision, Raiz Carisma - Soluções de Publicidade, Arrecadações da Quintã, POPP Design, Salvaggio, Controlsafe, AFAcycles, Bike Magazine (revista oficial), Anselmo Mendes, Quintas de Melgaço - Paixão e Tradição, Quinta do Regueiro - Alvarinho, Dom Ponciano - Alvarinho, Dona Paterna - Alvarinho, Melgaço - Água Mineral Natural, Melgaço Alvarinho Houses, Monte Prado - Minho, Inês Megra - Alojamento Local, MonçãoBike, Polisport, João Pires - Internacional Transportes, EuroPierre, Iluza, CFAM, Melpellets, Centro Óptico Ibérico, Mini Preço - Melgaço, Farmácias Vale do Mouro, Narom e Vitalis.

No ano passado, José Dias e Joana Monteiro triunfaram em elites no 2º BTT XCO Vila de Melgaço, segunda etapa do Campeonato do Minho de BTT XCO - MAPFRE | Seguros e do Campeonato Inter-Regional Minho e Porto de Cross Country Olímpico.

Saldando-se num êxito desportivo e organizativo, o 2º BTT XCO Vila de Melgaço contou com a vitória, além de José Dias e de Joana Monteiro em elites, de João Rocha e Marta Branco (juniores), Ruben Nunes (master 30), Lígia Maia (masters femininas), António Sousa (master 40), António Silva (master 50), Carlos Canal e Raquel Queirós (cadetes), Gonçalo Magalhães e Ana Santos (juvenis), João Martins e Mariana Líbano (infantis), David Ferreira e Mariana Magalhães (iniciados), José Pedroso e Rita Fontinhas (benjamins) e Filipe Ramos (promoção). Coletivamente triunfaram ASC / Focus Team / Vila do Conde (competição) e a Seissa / MGB Bikes / Matias & Araújo / Frulact (escolas).

O Melgaço Sports Center (Complexo Desportivo e de Lazer / Centro de Estágios de Melgaço) - que este ano já acolheu a Taça de Portugal de Ciclocrosse e Campeonato do Minho de Ciclocrosse - Herdmar, é um espaço idealizado e construído de forma a oferecer um serviço de elevada qualidade, com equipamentos adjacentes que visam a atividade desportiva, tanto na vertente lúdica como na vertente competitiva ao mais alto nível.

O complexo, centro de treinos oficializado pela UEFA, constitui-se como um pólo dinamizador do desenvolvimento do desporto, lazer e turismo na região e posiciona-se como um dos mais modernos, melhor equipados e mais completos complexos desportivos.

Divide-se em duas grandes áreas. A primeira é a área de lazer, com diversos equipamentos que permitem a prática do desporto de manutenção e equipamentos destinados a atividades lúdicas e culturais.

A segunda grande área é destinada ao desporto de alta competição. Está servida por infraestruturas capazes de acolher diversas modalidades, tanto para competição como para treino. É nesta área que se situa o Centro de Estágios, dotado de um conjunto de equipamentos próprios, disponibilizados em exclusivo aos clubes em estágio. É composto por estádio de futebol, pista de atletismo, campo de treinos, balneários, clube saúde, ginásio de manutenção, salas de tratamentos e massagem, entre outros.

Estes equipamentos encontram-se vedados ao exterior, mas interligados entre si, visando oferecer as condições necessárias a um melhor estágio, em segurança, tranquilidade e com privacidade.

Fonte: ACM

“Taça do Minho de Ciclismo de Estrada - Arrecadações da Quintã”

15º Prémio de Ciclismo A. C. R. Roriz no dia 25 de abril

Pontuável a Taça do Minho de Ciclismo de Estrada - Arrecadações da Quintã realiza-se no dia 25 de abril o 15º Prémio ACR Roriz. Organizada pela Associação de Ciclismo do Minho e pela Associação Cultural e Recreativa de Roriz, aquela que é conhecida como a “Roubaix portuguesa” numa alusão à clássica prova francesa, destina-se aos escalões de pupilos a juniores e decorrerá entre as 14 e as 18h00.

As provas serão realizadas em circuito fechado nos arruamentos da localidade de Roriz (Barcelos), com partida e chegada junto às instalações da Associação Cultural e Recreativa de Roriz.

O 15º Prémio A. C. R. Roriz terá início às 14h00 com a realização das provas de destreza de pupilos/benjamins, iniciados e infantis, seguindo-se as corridas em linha dos participantes dos dois últimos escalões. Pelas 15h00 começará a prova em linha de juvenis, iniciando-se às 15h30 a corrida de cadetes e às 16h30 a de juniores. A cerimónia protocolar está marcada para as 18h00.

No ano passado, com a participação de mais de duas centenas de jovens atletas, o 14º Prémio de Ciclismo Associação Cultural e Recreativa de Roriz animou as ruas da freguesia barcelense com a realização de provas pontuáveis para a Taça de Portugal de Cadetes e Femininas, juniores e escolas.

Manuel Barbosa venceu a corrida da Taça de Portugal de Cadetes e Ana Valido a de Femininos, tendo os restantes vencedores sido os seguintes: Pedro Teixeira e Beatriz Lopes (juniores), Raquel Silva (cadetes femininas), Elisete Sousa (masters femininas), Miguel Mera e Beatriz Pereira (juvenis), João Martins e Nicole Lopes (infantis), David Ferreira e Milza Gonçalves (iniciados) e Rui Sabino e Jéssica Oliveira (pupilos/benjamins).

Numa autêntica "festa do ciclismo jovem", aquela que é conhecida como a “Roubaix portuguesa” numa alusão à clássica prova francesa, contou com a presença de bastante público, tendo sido organizada conjuntamente pela Associação de Ciclismo do Minho e pela Associação Cultural e Recreativa de Roriz.

O 15º Prémio de Ciclismo Associação Cultural e Recreativa de Roriz tem o apoio das seguintes entidades: Federação Portuguesa de Ciclismo, Arrecadações da Quintã, Cision, Raiz Carisma - Soluções de Publicidade, POPP Design, Controlsafe, Salvaggio, Câmara Municipal de Barcelos, Junta de Freguesia de Roriz, Seissa, Bikeseven / KTM, Matias & Araújo, SA., Frulact, Sidónios - Knitwear, Givec, Fernandes & Remelhe, Roque - Supermercados, Class Wash, Edencolors, Flexaco, Almeida & Miranda, Reciol, Confort Barcelos - Eletrodomésticos, ACC - Materiais de construção, Grupo Medicávado, EDC Adrasa, Enervit, Ferreirolux, Nicos Kids, Quinta da Granja, MCG - Manuel Costa Gomes, Metal Gémeos, Cavalux, Recheio - Cash&Carry, Iolanda & Cristina - Confecções, Optibor, Carnes Landeiro, Lima & Barros, Barbearia Amorim, Cordeiro, Campos & Cª., Lda., Roriz Mel, FisiPadrão, Ferrilbombas, Allsport, Leão d´Ouro, G&M - Confecções, Cidade Gym, Padaria Miranda, Inovacarnes e Ciclismo a fundo (revista oficial).

Fonte: ACM

“Campeonato do Mundo de Pista/Dia3”

Ivo Oliveira décimo na disciplina olímpica de omnium

O português Ivo Oliveira foi no sábado dia 15 de abril o décimo classificado na competição de omnium do Campeonato do Mundo de Pista na categoria de elite, um evento que decorre em Hong Kong até amanhã.

O luso fez uma primeira metade do concurso equilibrada, chegando ao final das duas primeiras provas pontuáveis – scratch e tempo race – no décimo posto. Só que Ivo Oliveira começou com o pé esquerdo a segunda parte do omnium, sendo penúltimo na prova de eliminação.

O gaiense arrancou bem para a corrida de eliminação, colocando-se nas posições cimeiras. A prova teve, contudo, de ser interrompida, devido a queda, pouco depois do arranque, do polaco Szymon Sajnok e do dinamarquês Casper Pedersen. Enquanto os acidentados recuperavam para voltar à pista, o pelotão foi rolando e, neste movimento, Ivo Oliveira descaiu no grupo.

Quando a corrida se reiniciou, o ciclista luso encontrou-se numa posição difícil para não ser eliminado, acabando por não conseguir seguir em prova, devido às manobras ostensivas do polaco, que lhe tapou as trajetórias de recuperação.

Ivo Oliveira entrou, assim, para a corrida por pontos, quarta e derradeira prova pontuável para a geral de omnium, no 14.º lugar. O luso empenhou-se a fundo: ganhou uma volta ao pelotão, pontuou em dois sprints intermédios e ganhou o sprint final.

A boa prestação de Ivo Oliveira na corrida por pontos garantiu-lhe o décimo lugar, com 77 pontos, cumprindo a meta estabelecida pelo selecionador nacional, Gabriel Mendes, que passavam por terminar no top 10. O francês Benjamin Thomas conquistou a camisola arco íris, com 149 pontos, mais dois do que o neozelandês Aaron Gate e mais 11 do que o espanhol Albert Torres, que também subiram ao pódio.

Fonte: FPC

“Campeonato do Mundo de Pista/Dia2”

Ivo Oliveira sexto classificado em perseguição individual

Ivo Oliveira iniciou da melhor forma a participação no Campeonato do Mundo de Pista, em Hong Kong, conseguindo, no segundo dia a sexta posição na disciplina de perseguição individual, o melhor resultado absoluto de sempre do ciclismo de pista luso em mundiais de elite.

O corredor português completou o contrarrelógio de 4 quilómetros em 4’19’’250, à média de 55,544 km/h. Ivo Oliveira fez os primeiros 500 metros com muita velocidade, apostou num ritmo equilibrado durante grande parte do exercício e voltou a acelerar na fase final.

Com este resultado, Ivo Oliveira cumpriu o objetivo estabelecido pelo selecionador nacional: terminar no top 10. O sexto lugar é a melhor posição de sempre de um ciclista português no Mundial de elite, superando a oitava posição que Rui Oliveira conseguira, há um ano, na disciplina de scratch.

A Austrália dominou o pódio, vencendo a competição, por intermédio de Jordan Kerby, e conseguindo a medalha de bronze, através de Kelland O’Brien. Entre ambos, com a medalha de prata, ficou o italiano Filippo Ganna, vencedor há um ano e atual colega de equipa de Rui Costa na UAE Team Emirates.

João Matias foi o outro elemento da Equipa Portugal a subir à pista nesta sexta-feira. Terminou a corrida por pontos na 19.ª posição, 17 pontos negativos, resultantes de pontuar em dois sprints intermédios, que atenuaram os 20 pontos negativos por ter sido dobrado na fase final da corrida. O australiano Cameron Meyer sagrou-se campeão mundial, com 76 pontos. A medalha de prata foi para o belga Kenny de Ketele, com 40 pontos, tantos como os somados pelo terceiro, o polaco Wojciech Pszczolarski.

“O Ivo fez um tempo ligeiramente melhor do que o do Europeu de elite, é um registo de nível muito bom, mas ainda poderia ter feito melhor. Mas é claro que estamos satisfeitos e orgulhosos com este resultado na estreia num Campeonato do Mundo de elite. O João melhorou em termos técnicos em relação a ontem. Na fase final, depois de pontuar, além da acumulação de alguma fadiga, houve algumas falhas técnicas no processo de render. Isso fê-lo ficar na parte de trás, sendo determinante para perder uma volta. No global foi um dia positivo para Portugal”, considera o selecionador nacional, Gabriel Mendes.

Fonte: FPC

“Campeonato do Mundo de Pista/Dia 1”

João Matias vigésimo na prova de scratch

O português João Matias terminou no primeiro dia a prova de scratch do Campeonato do Mundo de Pista, em Hong Kong, na vigésima posição, depois de ter atacado na fase decisiva e de ser alcançado pelo pelotão apenas na última das 60 voltas.

O corredor da Equipa Portugal fez a prova sempre na dianteira do pelotão, atento a todas as movimentações. Numa altura em que o grupo teve um momento de acalmia, a nove voltas do fim, João Matias desferiu um poderoso ataque, ao qual apenas o polaco Adrian Teklinski conseguiu responder de imediato.

Desta movimentação resultou a conquista da medalha de ouro por parte de Teklinski, um ciclista que, habitualmente, vemos correr no Velódromo Nacional, em Sangalhos, Anadia. João Matias ainda resistiu em posição de pódio até perto do fim, mas acabou por sucumbir à aceleração final do pelotão, concluindo no vigésimo lugar uma prova em que optou pelo risco.

Adrian Teklinski conquistou a medalha de ouro, sendo acompanhado no pódio pelo alemão Lucas Liss e pelo britânico Christopher Latham.

O scratch é uma corrida em pelotão, sem sprints intermédios, na qual vence o primeiro corredor a cortar a meta ou aquele que consiga dar mais voltas de avanço ao pelotão.

Fonte: FPC

“CÂMARA DE ANADIA DE BRAÇO DADO COM O CICLISMO”

A Câmara Municipal de Anadia celebrou no dia 11 de abril, o contrato-programa que permitirá a realização do ”2º Prémio Anadia Capital do Espumante”, uma prova oficial de ciclismo que a Associação de Ciclismo da Beira Litoral (ACBL), em parceria com a autarquia, vai realizar no concelho de Anadia, em setembro próximo.

Contribuindo para a divulgação da marca Anadia Capital do Espumante e das empresas vinícolas do concelho que pretendam associar-se ao projeto, esta prova por etapas, para atletas da categoria Sub-23, está agendada para os dias 2 e 3 de setembro, com partidas em Sangalhos e Curia, respetivamente, e chegadas a Anadia.

O contrato-programa foi celebrado por Maria Teresa Cardoso, presidente da Câmara Municipal de Anadia, e por Joaquim Cerca, presidente da direção da ACBL, que aproveitaram a ocasião para, juntamente com Jorge Sampaio, vereador com o pelouro do desporto, concertar alguns aspetos relativos à organização da prova. Nos termos do documento agora assinado, a autarquia atribui à ACBL um patrocínio desportivo no valor de seis mil euros, que visa apoiar o 2º Prémio Anadia Capital do Espumante, cuja primeira edição ocorreu em 2016 e contou com a participação de equipas de ciclismo de todo o país.

Fonte: Câmara Municipal de Anadia

“Taça de Portugal de XCO”

Mário Costa e Joana Monteiro vencem e passam para o comando

Os dois portugueses da equipa espanhola Primaflor-Mondraker, Mário Costa e Joana Monteiro, ganharam hoje o XCO Internacional de Vila Franca, Viana do Castelo, assumindo o comando da Taça de Portugal na categoria de elite.

A segunda corrida pontuável para a Taça de Portugal de Cross Country Olímpico assistiu a um duelo, entre a elite masculina, a dois. Mário Costa foi o mais forte, deixando José Dias (Seissa/KTM Bikeseven/Matias e Araújo/Frulact) na segunda posição, a 1m31s. O terceiro, a 4m21s, foi Ricardo Marinheiro (Maiatos/Reabnorte). João Rocha (Rodabike/ACRG/Gondomar), sétimo da geral, foi o melhor sub-23, mantendo a liderança neste escalão.

Joana Monteiro demonstrou grande supremacia, acabando a corrida isolada, com uma margem de 3m14s sobre a sub-23 Ana Tomás (BTT Seia), segundo classificada. A estoniana Maaris Meier (Maiatos/Reabnorte), que partiu no comando da geral, não foi além da terceira posição, a 4m36s de Joana Monteiro, que lhe roubou a liderança. Ana Tomás segue no topo da classificação geral de sub-23.

Guilherme Mota (Marrazes/Gui/Breijinho/Bike Zone Leiria) impôs-se entre os juniores, passando para a frente da Taça de Portugal nesta categoria. Na mesma categoria, mas em femininas, Marta Branco (Maiatos/Reabnorte) somou nova vitória e reforçou a primazia na geral.

Em cadetes impuseram-se Carlos Blanco (Academia Postal/Actyon/MMR/Maceda) e Ana Santos (ASC/Focus Team/Vila do Conde). O espanhol reforçou a liderança, enquanto Daniela Campos (BTT Loulé/BPI/Elevis), segunda em Vila Franca, manteve o primeiro posto.

Os melhores veteranos foram o master 30 André Filipe (CPR A-do-Barbas), o master 40 Davide Inácio, o master 50 Reinaldo Luís (ProRebordosa/Oforsep/RJ Group) e a master Ângela Gonçalves (BTT Seia). Ricardo Gomes (Saertex Portugal/Edaetech) foi o mais rápido entre os paraciclistas. Estes cinco corredores repetiram o feito da prova de abertura da Taça, pelo que cimentaram as posições dianteiras na geral.

A ASC/Focus Team/Vila do Conde ganhou por equipas.

Fonte: FPC

“IV DUATLO JOVEM DE FÁTIMA”

GUSTAVO DO CANTO em Iniciados e DUARTE SANTOS em Juvenis subiram ao pódio em Fátima

Num evento que contou com mais de 500 atletas, realizou-se no sábado de manhã, dia 8 de Abril, em Fátima, a 4ªetapa do Campeonato Nacional Jovem de Triatlo, uma organização conjunta do Fátima Escola de Triatlo e da Federação de Triatlo de Portugal.

Divididos por 4 escalões etários, desde Benjamins a Juvenis, os jovens atletas percorreram diferentes distâncias ajustadas à sua idade e que variaram entre 400m de corrida, 1km de ciclismo, 200m de corrida e 2km de corrida, 8km de ciclismo, 2km de corrida.

A ESCOLA DE TRIATLO DO CLUBE DE NATAÇÃO DE TORRES NOVAS conquistou o 4ºlugar entre 31 equipas participantes, com os 34 atletas torrejanos que foram desafiados nesta etapa de Duatlo a competir em todo o terreno (BTT), a cumprirem bem o seu papel, revelando um bom espirito de equipa.

Individualmente, o destaque vai para GUSTAVO DO CANTO em Iniciados, que alcançou um excelente 2ºlugar (depois de um 3ºlugar no Semideiro), e para DUARTE SANTOS em Juvenis, que também subiu ao pódio na 3ªposição.

Ainda a destacar também, o 4ºlugar de Rodrigo Vicente em Benjamins, o 5ºlugar de José Tadeia em Iniciados, e em Juvenis, o 7ºlugar de Tiago Lopes, sendo desta forma classificados 5 atletas no top10, das 8 provas disputadas pelos diversos escalões jovens.

A 1ªprova do Duatlo de Fátima, colocou em competição os atletas mais jovens, os Benjamins, e para além de Rodrigo Vicente, estiveram mais atletas torrejanos envolvidos nesta competição. Mateus Nascimento foi 11ºclassificado, Miguel Gameiro 17º, Simão Vieira 27º e Diogo Viegas 42º, e em femininos, de regresso à competição, Francisca Leirião foi 15ºclassificada.

Em Infantis femininos, Ana Júlia Marques terminou na 22ªposição, Margarida Inácio na 29ª e Bruna Barros na 32ª, enquanto em masculinos, Guilherme Neves concluiu no 20ºlugar, Francisco Carvalho no 26º, e Rodrigo Viegas no 59ºlugar.

Nos Iniciados, o escalão aonde participarem mais atletas torrejanos, num total de 12, João Nuno Batista terminou na 15ªposição, Pedro Afonso Silva na 17ª, Martim Salvador na 31ª, Vasco Santos na 43ª, Francisco Borges na 54ª e André Neves na 56ª, e em femininos, Joana Silva foi a melhor torrejana ao terminar a sua prova na 19ªposição, Constança Martins foi 23ªclassificada, Maria Pedrogão 28ª e Natércia Carvalho 35ª.

Esta 4ªetapa do Campeonato Nacional Jovem, terminou com a realização das provas dos Juvenis, e as classificações dos atletas torrejanos foram as seguintes, em masculinos Guilherme Marques concluiu a sua prova no 24ºlugar, Francisco Gonçalves no 59º e Bruno Proença no 60º, e em femininos, Ana Margarida Silva terminou no 19ºlugar, Matilde Ferreira, Beatriz Neves, Carlota Martins e Joana Alves foram respectivamente, 33ª, 36ª, 37ª e 39ªclassificadas.

Participou ainda na Prova Aberta do Duatlo de Fátima, uma competição aberta a atletas federados e não federados acima do escalão de Juvenis, Paulo Leirião que concluiu a sua prova no 20ºlugar.

1ª Edição do Setúbal Triathlon

3ºlugar para MARCO SOUSA

Numa organização conjunta da HMS Sports, e da Câmara Municipal de Setúbal, realizou-se no domingo de manhã, dia 9 de Abril, a 1ª edição do Setúbal Triathlon. Uma prova disputada em distância longa (Half Ironman), que desafiou os triatletas para 1,9 kms. de natação, 90 kms. de ciclismo e 21,1 kms de corrida, com início do segmento de natação nas águas do Rio Sado, e os segmentos de ciclismo e corrida com passagens pela desafiante Serra da Arrábida e centro da cidade de Setúbal.

Pelo Triatlo do Clube de Natação de Torres Novas participaram 2 atletas, Marco Sousa e Pedro Razões Silva em Veteranos I.

MARCO SOUSA realizou uma excelente prova, com um tempo total de 4h43m12s, e subiu ao pódio no 3ºlugar do seu escalão de Veteranos I (40-44 anos), sendo 12º à geral, numa prova que foi ganha por Bruno Pais, atleta olímpico do Estoril Praia.

Pedro Razões Silva foi 69ºclassificado.

Fonte: Escola de Triatlo e da Federação de Triatlo de Portugal









 

“Maia cria dez parques para 57 bicicletas, e investe 38 mil euros”

Por: Miguel Pedras

A Câmara Municipal da Maia criou dez novos parques para bicicletas, no âmbito do programa municipal de mobilidade sustentável, avança o Jornal de Notícias. Os novos parques irão permitir estacionar 57 bicicletas, havendo, atualmente, apenas 15 lugares para quem quisesse parar a sua bicicleta. As dez infraestruturas representam um investimento de cerca de 38 mil euros e deverão estar próximas de estações do Metro, estações ferroviárias, ciclovias e junto às principais zonas de emprego do município. De acordo com a mesma fonte, os apoios para as bicicletas serão em aço inoxidável para que resistam as diferentes condições climatéricas e também a tentativas de furto.

Fonte: Transporte em Revista On-line