domingo, 25 de dezembro de 2016

“A 11ª edição de BTT Rota dos Besouros está a chegar”

29 Janeiro 2017

Pelo 11º ano consecutivo, a vamos levar a cabo a "Rota dos Besouros". Uma vez mais, o grupo pretende mostrar aos muitos participantes esperados as paisagens e trilhos que habitualmente percorre.

Conseguimos melhorar as condições de banhos, duplicamos a capacidade da água quente e disponibilizamos 5 balneários.

Voltamos a oferecer a opção de Meia Maratona (Apro. 30 Km) com classificação geral e Maratona (máximo 50KM) com classificação por escalões.

Podem ainda optar pelo passeio marcado sem classificação.

Estamos sensíveis aos custos de participação pelo que lançamos o desconto de “grupo” com oferta de 1 inscrição para grupos de 11 elementos.

Organização: Rota dos Besouros

Local do evento: Sepins - Junto à saída da A1 na Mealhada / Cantanhede

Concentração: Campo de Futebol

Encerramento das inscrições a 25/01/2017

Almoço: Leitão á Bairrada.

Passeio Marcado    20kms                       

XCM 50Km   50kms            Dific. Média 

 Meia Maratona        30kms            Dific. Média 


Pagamento por transferência bancária:

NIB - 0045 3400 4028 5157 4732 5 – Rota dos Besouros

Mais informações em: https://www.facebook.com/bttbesouros

“Ciclismo: Calendários do Minho para 2017”

No ano de 2017, a Associação de Ciclismo do Minho promoverá mais de 40 provas das diversas vertentes de ciclismo, BTT e Ciclismo de Estrada.

O regresso do Grande Prémio do Minho para a categoria de juniores, a organização de seis provas da Taça de Portugal (Ciclocrosse, Maratonas, Cross Country e de ciclismo de estrada para Cadetes, Juniores e paraciclismo) e um Encontro Inter-Regional de Escolas de Ciclismo são algumas novidades do calendário desportivo da Associação de Ciclismo do Minho (ACM) para a época de 2017.

A Associação de Ciclismo do Minho (Instituição de Utilidade Pública e abrangida pelo Estatuto do Mecenato) é a maior associação regional de ciclismo do País em termos de praticantes clubes e atletas, representando nos distritos de Braga e Viana do Castelo a Federação Portuguesa de Ciclismo.

Além dos Campeonatos do Minho de BTT (Cross Country, Down Hill e Maratonas) e da Taça do Minho de Ciclismo de Estrada e de BTT Cross Country, os calendários de btt e estrada também surgem com novidades. A ACM dedicará também especial atenção em 2017 à preparação dos Campeonatos do Mundo de Ciclismo Universitário de 2018, à criação do Centro de BTT de Souto Santa Maria (Guimarães) e a temas como o dirigismo desportivo voluntário, combate ao doping, policiamento de atividades desportivas na via pública, arbitragem, formação, promoção da utilização da bicicleta como opção de prática desportiva e de mobilidade sustentável e ainda a promoção, implementação e homologação de percursos cicláveis e centros de BTT.

Os principais palcos das atividades de 2017 serão os concelhos de Amares, Arcos de Valdevez, Barcelos, Braga, Fafe, Felgueiras, Guimarães, Melgaço, Monção, Paredes de Coura, Ponte de Lima, Póvoa de Lanhoso, Viana do Castelo, Vila Nova de Famalicão e as localidades de Armil e Golães (Fafe), Creixomil (Barcelos), Padim da Graça e Palmeira (Braga), Pousada de Saramagos e Avidos (Vila Nova de Famalicão), Rendufe (Amares), Roriz e Fragoso (Barcelos), Santa Marta de Portuzelo e Vila Franca (Viana do Castelo), Sendim (Felgueiras), Souto Santa Maria, Mesão Frio, Gondar, São Torcato e Penha (Guimarães).

A época desportiva arrancará no dia 22 de janeiro, em Melgaço, com a realização da última e decisiva prova da Taça de Portugal de Ciclocrosse que também atribuirá os títulos de Campeões do Minho desta vertente do ciclismo.

Com créditos firmados no panorama nacional do BTT, o Campeonato do Minho de BTT XCO - MAPFRE | Seguros, o Campeonato do Minho BTT XCM - Raiz Carisma e o Campeonato do Minho de BTT DHI – Cision assumirão em 2017 figurino idêntico aos anos anteriores, com a realização de 21 competições. O calendário de XCO, destinado a todas as categorias e incluindo a “Taça do Minho” para os escalões mais jovens, integrará dez provas, o calendário de DHI contemplará seis e o de Maratonas cinco.

Com ligeiras novidades em termos regulamentares, nomeadamente, quanto às formas de pontuação, o Campeonato do Minho de BTT XCO - MAPFRE | Seguros começará com a realização do 5º BTT XCO de Fragoso (26 de fevereiro), disputando-se de seguida o 1º BTT XCO Tesouros do Ave (Póvoa de Lanhoso, 26 de março). Em abril o Minho acolherá uma etapa da Taça de Portugal de Cross Country Olímpico (XCO Vila Franca - Viana do Castelo, 9 de abril) prosseguindo o Campeonato do Minho com o 3º BTT XCO de Melgaço (23 de abril) e o 6º BTT XCO Paredes Coura (30 de abril).

No dia 6 de maio será a vez do 20º BTT XCO CNE - Gondar Jovem, integrando ainda o calendário do Campeonato do Minho de BTT XCO - MAPFRE | Seguros as seguintes provas: 11º BTT XCO de Felgueiras (16 de julho), 6º BTT XCO OS Braguinhas - Troféu Manuel Ferreira (3 de setembro), 14º BTT XCO de Creixomil (10 de setembro), 19º BTT XCO ACRAP (24 de setembro) e o 3º BTT XCO de Souto Santa Maria (15 de outubro).

O Campeonato do Minho BTT XCM - Raiz Carisma começará com o 8º Raid do Facho BTT - Maratona XCM (19 de fevereiro), seguindo-se a 4º Maratona Limiana (5 de março) e a 2º Maratona BTT Vila de Melgaço (19 de março), esta última pontuável para a Taça de Portugal. Para o dia 4 junho está agendada a 3ª Maratona BTT Paredes de Coura, disputando-se a última prova desta vertente no dia 8 de outubro com a realização da 4ª Maratona BTT Berço do Alvarinho.

A competição de Down Hill, o Campeonato do Minho de BTT DHI – Cision, inicia-se em Armil no dia 12 de março com a disputa do 16º BTT DHI Freguesia de Armil – Fafe, prosseguindo a competição com o 4º BTT DHI Vila de São Torcato – Guimarães (14 de maio), 3º BTT DHI Moto Galos (18 de junho), 18º BTT DHI ACRAP (9 de julho), 8º BTT DHI da Penha (17 de setembro) e o 5º BTT DHI de Sendim (1 de outubro). Para o dia 2 de julho está agendado o 2º BTT DHU Paredes de Coura.

O calendário de ciclismo de estrada, para todos os escalões etários, arrancará a 11 de março, em Fafe, com um Prémio para o escalão de juniores, prova de Abertura - Zona A pontuável para a Taça do Minho de Ciclismo de Estrada - Arrecadações da Quintã. No dia 25 de abril, em Barcelos, será disputado o 15º Prémio ACR de Roriz pelos escalões de escolas, cadetes e juniores, estando o dia 29 de abril reservado para o 1º Grande Prémio Manuel Abreu – RSBikes (cadetes e juniores).

Em maio serão organizadas provas da Taça de Portugal de Cadetes (Prémio Junta de Freguesia de Golães - Troféu José Martins no dia 6 de maio) de juniores (15º Circuito de Palmeira - Prémio Peixoto Alves no dia 21 de maio) e o Encontro Regional de Escolas de Ciclismo / 20º Prémio Viana do Castelo Fica no Coração (28 de maio) que também integra a Taça de Portugal de Paraciclismo.

O 29º Circuito de Avidos está agendado para o dia 10 de junho, realizando-se também nesse mês o 61º Circuito de Santo António - Amares (dia 11) e o 10º Troféu Carlos Carvalho (dia 17).

Em Julho, antes do Grande Prémio do Minho, a ACM organizará o Prémio Festas da Cidade de Fafe no dia 8, para as categorias de cadetes e juniores. Em 2017, o Grande Prémio do Minho assumirá um modelo organizativo que se afigura mais adequado à realidade da ACM, dos seus clubes e atletas, destinando-se à categoria de juniores. A competição por etapas decorrerá de 28 a 30 de julho, estando confirmado que a o final será em Melgaço.

O 16º Prémio de Ciclismo de Rendufe dará continuidade ao calendário de ciclismo de estrada no dia 12 de agosto, enquanto o 32º Prémio Cidade de Barcelos e o 42º Circuito de Santa Marta de Portuzelo estão marcados, respetivamente, para 13 e 15 de agosto.

Para Setembro está previsto o Prémio “Fafe - Sala de Visitas do Minho” (dia 9) e o Prémio Junta de Freguesia de Mesão Frio (23 de setembro).

A 9ª edição do Passeio de Bicicleta Dia Um de Portugal – a grande festa do ciclismo de lazer do Minho – será realizada como habitualmente em Guimarães no dia 24 de junho, destacando-se ainda no calendário de lazer o Passeio de Bicicleta da Família (14 de maio), o Passeio de Bicicleta "Guimarães à noite", o 3º José Mendes Bike Day e o VIII Bike Tour Tiago Machado, estes últimos em datas a indicar.

A Gala de Encerramento da Época Desportiva de 2017 será realizada no dia 25 de novembro, em local a indicar.

A ACM representa nos distritos de Braga e Viana do Castelo a Federação Portuguesa de Ciclismo (única entidade detentora do Estatuto de Utilidade Pública Desportiva), competindo-lhe, nos termos da legislação, regular, organizar e fiscalizar a realização de eventos desportivos da respetiva modalidade, exercendo, em exclusivo, os poderes regulamentares, disciplinares e outros de natureza pública, estando assim incumbida de averiguar/fiscalizar se, em acontecimentos desportivos de ciclismo organizados por entidades independentes, se cumprem, entre outras, as regras de segurança mínimas e são respeitadas a verdade e a éticas desportivas.

De igual modo, em eventos realizados na via pública (no todo ou em parte) devem ser tidas em consideração as normas em vigor, entre as quais aquelas em que as federações desportivas devem emitir parecer sobre as atividades para efeitos, por exemplo, da emissão da autorização pelas autarquias.

As competências e poderes que, por força da lei e do estatuto de utilidade pública desportiva, assistem à FPC, impõem a esta instituição o dever, e não apenas o direito, de atuar em relação a eventos desportivos que não cumpram os normativos legais, tratando-se, portanto, do exercício dos poderes públicos que a lei reconhece às federações com estatuto de utilidade pública desportiva. Acresce que a entidade que promover eventos desportivos sem o cumprimento, entre outros, dos citados requisitos, incorre em sanções previstas na legislação.

Os organizadores de atividades de ciclismo de competição nos distritos de Braga e Viana do Castelo deverão assim contatar a Associação de Ciclismo do Minho para proceder à oficialização das suas atividades.

Fonte: ACM

“Quintana confirma que vai disputar o Giro e o Tour”

O ciclista colombiano sonha em vencer as duas míticas provas
Em entrevista ao 'El Tiempo', Nairo Quintana, líder da Movistar confirmou que vai disputar duas das provas mais importantes por equipas em todo o mundo: O Giro e o Tour.
O ciclista colombiano quer fazer a dobradinha, no entanto, a prioridade é vencer a prova francesa.
"O objetivo é o Tour, mas vamos disputar o Giro com muito caráter e com uma grande equipa. Vamos tentar fazer uma boa prova, mas o objetivo é sair em boas condições na prova francesa".
Confirmada a presença do ciclista colombiano, a 100ª edição do Giro conta com um contingente de peso: Vinzenzo Nibali, Fabio Aru, Mikel Landa, Esteban Chaves, Steven Kruikswijk e o francês Thibout Pinot.

Fonte: SAPO Desporto

“43.ª Volta ao Algarve”

FDJ na máxima força

A FDJ, equipa francesa de categoria WorldTour, promete ser protagonista na 43.ª Volta ao Algarve, que vai disputar-se entre 15 e 19 de fevereiro de 2017, tendo em conta os oito corredores que inscreveu para a corrida portuguesa.

É de esperar que a equipa possa discutir a camisola amarela com o atual campeão francês de contrarrelógio, terceiro no Tour de 2014 e quarto classificado na Volta ao Algarve de 2016, Thibaut Pinot. O chefe-de-fila da FDJ tem na prova lusa um importante teste no início de uma época em que mudará de objetivo principal, apostando na luta pela classificação geral na Volta a Itália.

O suíço Sébastien Reichenbach, lugar-tenente de Pinot nas provas por etapas – em 2016 foi quarto no Tirreno – Adriático e ficou no topo 15 no Tour, na Romandia, no País Basco e no Algarve – será a outra referência da equipa para a classificação geral.

A formação francesa será ainda, certamente, protagonista nas etapas ao sprint. Para isso conta com Arnaud Démare, vencedor do “monumento” Milão-Sanremo, em 2016. O velocista estará acolitado na Volta ao Algarve por três dos seus lançadores de confiança, o compatriota Marc Sarreau, o italiano Jacopo Guarnieri e o campeão lituano de contrarrelógio, Ignatas Konovalovas. O coletivo da FDJ para a Volta ao Algarve completa-se com o francês William Bonnet e com o sueco Tobias Ludvigsson.

A forte representação da FDJ junta-se ao bloco da Katusha-Alpecin, que inscreveu um coletivo em que se destacam o alemão Tony Martin, os portugueses José Gonçalves e Tiago Machado e o esloveno Simon Spilak.

Equipas presentes

WorldTour: Astana (CAZ), Bora-hansgrohe (GER), Cannondale-Drapac (EUA), Dimension Data (RSA), FDJ (FRA), Katusha-Alpecin (SUI), Lotto NL-Jumbo (NED), Lotto Soudal (BEL), Movistar (ESP), Quick-Step Floors (BEL) e Team Sky (GBR).

Continental Profissonal: Caja Rural-Seguros RGA (ESP), Cofidis (FRA), Gazprom-RusVelo (RUS), Manzana Postobón (COL), Roompot-Nederlandse Loterij (NED) e Wanty-Groupe Gobert (BEL)

Continental: Efapel, LA Alumínios-Metalusa, Louletano-Hospital de Loulé, RP-Boavista, Sporting-Tavira e W52-FC Porto (POR), e Rally Cycling (EUA)

Percurso

15 de fevereiro – 1.ª Etapa: Albufeira – Lagos, 180,3 km

16 de fevereiro – 2.ª Etapa: Lagoa – Fóia (Monchique), 189,3 km

17 de fevereiro – 3.ª Etapa: Sagres – Sagres (C/R Individual), 18 km

18 de fevereiro – 4.ª Etapa: Almodôvar – Tavira, 203,4 km

19 de fevereiro – 5.ª Etapa: Loulé – Malhão, 179,2 km

Fonte: FPC

“Melanie Bronze dos Santos assina pelo Benfica”

Jovem, de 21 anos, vincula-se às águias por quatro temporadas

Por: Fábio Lima

O Benfica anunciou através do seu site oficial, ter assinado com a jovem Melanie Bronze dos Santos um contrato válido para as próximas quatro temporadas, que visará, naturalmente, o próximo ciclo olímpico para os Jogos de Tóquio'2020. Uma nova aventura para a jovem, de 21 anos, que até agora representava o Alhandra Sporting Club.
"É um grande desafio. Ainda por cima, o Benfica é um grande clube e será uma responsabilidade não o deixar ficar mal. Será um desafio conseguir atingir os meus objetivos e ao mesmo tempo representar bem o Benfica", começou por dizer, em declarações à BTV, reproduzidas pelo site oficial das águias.

"Este último ano tem corrido muito bem, tenho alcançado os meus objetivos e subido na minha carreira. Tenho conquistado novos lugares no estrangeiro e isso traz uma enorme responsabilidade e um grande orgulho ao mesmo tempo, por ter conseguido atingir os meus objetivos. Espero que estes quatro anos sejam ainda mais desafiantes", desejou a triatleta, que olha com otimismo para o futuro, nomeadamente para a presença nos Jogos de 2020.
"Há uns anos tinha esse sonho, hoje tenho essa ambição. Quero mesmo chegar lá e, quem sabe, daqui a quatro anos não conseguirei", acrescentou.

Fernando Tavares recorda Vanessa

Destacando a aposta feita em Melanie Santos, Fernando Tavares, o vicepresidente encarnado para as modalidades, aproveitou o momento para recordar a aposta que as águias têm feito no triatlo, lembrando Vanessa Fernandes.
"É uma aposta que já não é recente, e a aposta na Melanie é uma aposta no talento e no futuro. É uma jovem atleta com 21 anos, mas já medalhada em termos europeus. Depositamos imensa esperança no seu desempenho neste ciclo olímpico. O que fizemos com a Vanessa Fernandes há 12 anos, estamos agora a fazer com a Melanie. É a nº1 do ranking feminino em Portugal e uma das melhores do mundo. É uma enorme satisfação poder contar com este enorme talento, que nos próximos quatro anos vai vestir a camisola do Benfica", enalteceu.

Fonte: Record on-line