segunda-feira, 18 de setembro de 2017

“Proselo (Arcos de Valdevez) recebe o Campeonato do Minho de BTT XCO - MAPFRE | Seguros”

A freguesia de Proselo (Arcos de Valdevez) acolhe no dia 24 de setembro a penúltima etapa do Campeonato do Minho de BTT XCO - MAPFRE | Seguros. O 19º BTT XCO - ACRAP será disputado nas imediações do Campo de Futebol da ACRAP, em Proselo, Arcos de Valdevez.

Numa organização conjunta da Associação de Ciclismo do Minho e da ACRAP - Associação Cultural e Recreativa Amadora Proselense, o 19º BTT Cross Country é aberto à participação (além das categorias de competição) de todos os interessados que poderão participar integrados na categoria de promoção.

Depois de um período para treinos entre as entre as 9 e as 12h00, realizam-se a partir dessa hora as atividades para pupilos, benjamins e iniciados. Pelas 14 horas começará a prova para infantis, juvenis, cadetes, femininos (sub 23/elites e master), paraciclismo e promoção e às 15h30 a corrida de juniores, elites/sub 23 e masters. A cerimónia protocolar está prevista para as 17h30. A participação na prova é gratuita para atletas federados sendo também aberta à participação na vertente de promoção (custo de inscrição inclui seguro de acidentes pessoais). O secretariado para confirmação de inscrições abrirá às 9 horas e as inscrições devem ser efetuadas através do email geral@acm.pt.

O 19º BTT XCO - ACRAP tem o apoio da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, Junta de Freguesia de Proselo, Instituto Português da Juventude, Federação Portuguesa de Ciclismo, MAPFRE | Seguros, Cision, Arrecadações da Quintã, Raiz Carisma, POPP Design, Salvaggio, Controlsafe, AFAcycles e Bike Magazine (revista oficial).

Fonte: ACM

“Mesão Frio (Guimarães) recebe a última prova da Taça do Minho de Ciclismo de Estrada”

Realiza-se no dia 23 de setembro o Prémio de Ciclismo Junta de Freguesia de Mesão Frio, última e decisiva prova da Taça do Minho de Ciclismo de Estrada - Arrecadações da Quintã (2017). Organizada pela Associação de Ciclismo do Minho, a iniciativa decorrerá nas imediações da Escola Santos Simões (Guimarães) e incluirá provas para os escalões de pupilos, benjamins, iniciados, infantis, juvenis, cadetes e juniores.

Decisiva para a definição das classificações finais da Taça do Minho de Ciclismo de Estrada - Arrecadações da Quintã (2017), as diversas provas do Prémio de Ciclismo Junta de Freguesia de Mesão Frio serão realizadas nos arruamentos junto à Escola Santos Simões, nomeadamente na Avenida Rio de Janeiro e Rua Jaime Martins.

Numa organização da Associação de Ciclismo do Minho, as atividades decorrerão entre as 15 e as 18h30, altura em que se realizará a cerimónia protocolar e de entrega de prémios.

A última prova da Taça do Minho de Ciclismo de Estrada - Arrecadações da Quintã (2017) conta com o apoio da Junta de Freguesia de Mesão Frio, Agrupamento de Escolas Santos Simões, Federação Portuguesa de Ciclismo, Tempo Livre / Centro de Medicina Desportiva de Guimarães, Arrecadações da Quintã, Cision, Raiz Carisma - Soluções de Publicidade, POPP Design, Salvaggio, MAPFRE | Seguros, AFAcycles, Guimarpeixe e Ciclismo a fundo (revista oficial).

No ano passado, cerca de duas centenas de jovens participaram no Prémio de Ciclismo Junta de Freguesia de Mesão Frio, última prova da Taça do Minho de Ciclismo de Estrada - Arrecadações da Quintã (2016). Na iniciativa que decorreu nas imediações da Escola Santos Simões (Guimarães) venceram Fábio Silva e Patrícia Viana (juniores), Maria Jesus Barros (elite femininas), João Lopes e Mariana Almeida (cadetes), Lucas Braga e Beatriz Martins (juvenis), João Cunha e Ana Monteiro (infantis), David Ferreira e Milza Gonçalves (iniciados) e Rui Sabino e Jéssica Oliveira (pupilos/benjamins).

Fonte: ACM

“Campeonato do Mundo de Estrada”

Ivo Oliveira supera expectativas no contrarrelógio de sub-23

Por: José Carlos Gomes

Ivo Oliveira abriu hoje a participação da Equipa Portugal no Campeonato do Mundo de Estrada, em Bergen, Noruega, com o 21.º lugar no contrarrelógio individual de sub-23, ganho pelo dinamarquês Mikkel Bierg.

O ciclista gaiense fez uma correta gestão do esforço, melhorando de posição em cada um dos pontos intermédios, terminando a corrida de 37,5 quilómetros com 49m45,58s, mais 2m39,14s do que o surpreendente vencedor, Mikkel Bierg. O dinamarquês gastou apenas 47m06,48s, menos 1m05,92s do que o estadunidense Brandon McNulty e menos 1m16,65s do que o francês Corentin Ermenault, segundo e terceiro.

Ivo Oliveira cumpriu o principal objetivo, pois melhorou face ao 36.º lugar de 2016, terminando claramente na primeira metade da classificação, entre 56 participantes, um resultado que surpreendeu o próprio ciclista, cuja lesão na Volta a Itália de sub-23, em junho, condicionou a preparação.

"Foi um contrarrelógio duro e superei as minhas expectativas. Senti-me bem e estou satisfeito, porque tive boas sensações, mesmo que não corresse há muito. Tentei gerir as forças ao máximo. Era um contrarrelógio em que não teríamos força no final se gastássemos demasiado de início, porque os últimos 10 quilómetros eram muito penosos. Quando cheguei à Noruega estava com más sensações, mas hoje tive boas pernas, o que me deixa mais confiante para a prova de fundo”, afirma Ivo Oliveira.

O selecionador nacional, José Poeira, também se mostrou satisfeito com a prestação do ciclista, especialmente num percurso muito exigente, em termos físicos e técnicos, marcado por um sobe e desce constante e por várias viragens e curvas apertadas.

“O Ivo esteve muito bem, sabendo gerir o esforço. Além disso, tecnicamente teve um desempenho de alto nível, fazendo trajetórias perfeitas nas curvas e nas viragens. Este contrarrelógio era de resistência e não de explosão, pelo que poderia ainda ter conseguido um melhor tempo, não fosse a paragem a que esteve sujeito, devido a lesão”, considera o selecionador nacional, José Poeira.

A Equipa Portugal não compete nesta terça-feira, voltando à ação no dia seguinte, no contrarrelógio de elite, por intermédio de Rui Costa, que parte às 12h51m30s, e de Nelson Oliveira, que sai para a estrada às 15h12m30s (hora portuguesa.

Fonte: FPC

“Rota do Cuco”

Decorreu no passado dia 17 de Setembro em Cucujães, mais uma edição da Rota do Cuco, organizada pelo NAC de Cucujães, com arranque pelas 9.30h, onde se juntaram cerca de 150 atletas.

A organização brindou os betetistas com um circuito bem preparado, com algumas valentes subidas e um serrote de sobe e desce para derreter as pernas, além das descidas que levaram os participantes a debitar muita adrenalina.

Marcações bem colocadas e cruzamentos bem sinalizados, e os reforços bem estruturados.

Os atletas Intercaimabike, Marcelo Almeida, Sérgio Pinto, Nuno Almeida e Laura Bastos (nesta prova a representar a equipa Saertex), concluíram com êxito a totalidade do percurso, sendo a classificação a seguinte:

Marcelo Almeida - 24º geral - 3º Sub-23 com pódio

Nuno Almeida - 26º geral - 7º M40

Sérgio Pinto - 96º geral e 34º M30

Laura Bastos - 95ª geral e 2ª Feminina com pódio

Parabéns à Organização do evento.

Aos apoiantes e patrocinadores, pela confiança e por acreditarem no nosso projeto INTERCAIMABIKE 2017/2018, o nosso muito obrigado;

#LojasdaVisão, #Tavares auto, #Polisport, #Leirinox, #Polivale, #Crédito Agrícola Vale de Cambra, #Município de Vale de Cambra, #Freguesia São Pedro Castelões, #Associação Inter Caima Pinheiro Manso.
 




 

Fonte: Intercaimabike

“Rui Teixeira e Ana Leite vitoriosos no 8º BTT DHI Penha (Campeonato do Minho - CISION)”

Rui Teixeira e Ana Leite venceram em elites o 8º BTT DHI Penha, quarta etapa do Campeonato do Minho de BTT DHI - CISION de 2017. Na pista vimaranense, com um traçado renovado, também saíram venceram Vítor Ferreira (juniores), João Batista (cadetes), Manuel Bessa (master 30), Antero Oliveira (master 40), António Freitas (master 50), Luís Costa (promoção) e Getpro / Linhas Afemar / Torcatense (equipas).

Promovido pela Associação de Ciclismo do Minho, o 8º BTT DHI Penha foi a quarta prova pontuável para o Campeonato do Minho de BTT DHI - CISION. A competição, disputada na presença de muito público, teve início junto ao Mini Golfe da Penha, numa pista de Down Hill onde se destaca a paisagem verdejante, fortemente pontuada pela imponência do granito e recantos singulares.

A pista de Down Hill da montanha da Penha sofreu algumas alterações para receber a quarta etapa do Campeonato do Minho BTT DHI – CISION, em que participou cerca de uma centena de pilotos portugueses e espanhóis.

Rui Teixeira (Getpro / Linhas Afemar / Torcatense) não deu hipóteses à concorrência, realizando os melhores tempos nas mangas de qualificação e de classificação. O Vice-Campeão do Minho em título deixou Bruno Almeida (MS Racing Portugal) na segunda posição em elites, enquanto José Pereira (Getpro / Linhas Afemar / Torcatense) obteve o terceiro melhor registo de tempo. Ana Leite (Enduro BTT Braga) venceu em elites femininas.

Em juniores o vencedor foi o espanhol Victor Ferreira (C. C. Xtremebike), terminando nas posições seguintes do pódio André Ferreira (Individual) e João Pereira (Getpro / Linhas Afemar / Torcatense).

O pódio de cadetes foi preenchido pelos atletas da Getpro / Linhas Afemar / Torcatense João Baptista e Pedro Fernandes.

No escalão de master 30, Manuel Bessa (Desportivo Jorge Antunes) voltou a ser o mais rápidom, superiorizando-se a Jorge Afonseca (Motogalos / A C R Roriz / WTG) e a Rui Silva (Getpro / Linhas Afemar / Torcatense), respetivamente, segundo e terceiro classificados.

Antero Oliveira (Getpro / Linhas Afemar / Torcatense), Campeão do Minho em título, venceu em master 40, tendo André Conceição (Individual) alcançado o segundo lugar e  Nuno Almeida (Desportivo Jorge Antunes) o terceiro.

Em master 50, o triunfo foi de António Freitas (Getpro / Linhas Afemar / Torcatense) que deixou Augusto Pedrosa (Desportivo Jorge Antunes) na segunda posição.

Luís Costa foi o melhor piloto da promoção na descida da pista da montanha da Penha.

A formação Getpro / Linhas Afemar / Torcatense foi a equipa vencedora, secundada pelo Desportivo Jorge Antunes e pelo Motogalos / A C R Roriz / WTG.

O 8º BTT DHI Penha teve o apoio das seguintes entidades: Federação Portuguesa de Ciclismo, Cision, Arrecadações da Quintã, Raiz Carisma - Soluções de Publicidade, POPP Design, Salvaggio, AFAcycles, Controlsafe, Hotel ibis - Guimarães e  Bike Magazine (revista oficial).

Fonte: ACM

"TRIATLO DE VILA NOVA DE CERVEIRA"

JOSÉ PEDRO VIEIRA VENCEU TRIATLO DE VILA NOVA DE CERVEIRA

JOSÉ PEDRO VIEIRA venceu o Triatlo de Vila Nova de Cerveira, realizado no domingo à tarde, dia 17 de Setembro, e designado também como Triatlo da Amizade, uma vez que se trata de uma organização conjunta entre o Município de Vila Nova de Cerveira, o Concelho de Tomiño (Espanha), e as duas federações responsáveis pela modalidade, a Federação de Triatlo de Portugal e a Federação Galega de Triatlo.

O TRIATLO DO CLUBE DE NATAÇÃO DE TORRES NOVAS esteve presente com os atletas cadetes JOSÉ PEDRO VIEIRA, DIOGO MENDES e com o veterano MARCO SOUSA, numa prova que foi a 10ªetapa da Taça Portugal de Triatlo, com a equipa torrejana a alcançar um excelente 3ºlugar coletivamente, mantendo assim o 5ºlugar nesta competição, faltando apenas disputar uma etapa no próximo fim-de-semana no Funchal.

José Pedro Vieira, iniciou este triatlo em Goian-Tomiño com mais 130 atletas portugueses e espanhóis, atravessou o rio Minho nadando 750m e saiu da água na frente para o segmento de ciclismo que foi efetuado na zona de Vila Nova de Cerveira, num percurso de 3 voltas que totalizaram 20km. Os 5km do segmento da corrida foram percorridos entre Portugal e Espanha, e José Pedro Vieira cortou a meta instalada em Goian-Tomiño destacado na 1ªposição da geral, vencendo também o seu escalão de Cadetes.

Diogo Mendes, juntou-se no pódio a José Pedro Vieira, conseguindo o 3º lugar no escalão de cadetes, enquanto Marco Sousa venceu no seu escalão de Veteranos.

CAMPEONATO DO MUNDO DE TRIATLO EM ROTERDÃO (HOLANDA)

RICARDO BATISTA esteve presente no Campeonato do Mundo de Triatlo em Juniores que se realizou em Roterdão na Holanda, no passado sábado, dia 16 de Setembro, em representação da Selecção Nacional de Triatlo pela 7ªvez nesta época de 2017. Infelizmente, esta participação de Ricardo Batista no Campeonato do Mundo de Triatlo não correu bem, uma vez que foi forçado a abandonar a competição, após ter sofrido uma queda no início da 1ªvolta do segmento de ciclismo, que o impossibilitou de prosseguir em prova.

No entanto, Portugal conseguiu trazer 2 medalhas de prata desta competição, Vasco Vilaça em Juniores e Melanie Santos em SUB-23, ambos triatletas do Benfica, alcançaram a medalha de prata sagrando-se Vice-campeões do Mundo, e demonstrando que o triatlo português caminha na direção certa.

No próximo fim-de-semana, dias 23 e 24 de Setembro, vários atletas torrejanos participam em 2 competições internacionais. Na Taça da Europa de Triatlo, categoria de Elite, que se realiza no Funchal, no dia 23 de Setembro (sábado à tarde), estarão presentes Ricardo Batista, José Pedro Vieira e Carolina Serra, enquanto no domingo, dia 24 de Setembro, Margarida Inácio em SUB11, João Nuno Batista e Pedro Afonso Silva em SUB13, Ana Margarida Silva em SUB17, Joana Miranda e Mariana Correia em SUB19, Ricardo Rego em Séniores e Marco Sousa em M40+, deslocam-se a Viveiro localidade situada no norte da Galiza em Espanha, para disputarem o Campeonato do Mundo de Biatle.

Entretanto, a nova época está a começar, e já estão abertas as inscrições para a ESCOLA DE TRIATLO DO CLUBE DE NATAÇÃO DE TORRES NOVAS.

Basta saber nadar e aparecer nas Piscinas Municipais de Torres Novas, às Terças e Sextas a partir das 18 horas.

Fonte: TRIATLO DO CLUBE DE NATAÇÃO DE TORRES NOVAS

“Reportagem no “Jornal de Ciclismo” do evento: “Bicla Fest.2017”

OJornal de Ciclismo”, publicou a reportagem do evento: “Bicla Fest.2017” este domingo em Lisboa, a mesma pode ser visualizada em: http://jornalciclismo.com/?p=46319 ou em: http://jornalciclismo.com  onde pode ainda visualizar outras notícias.