quarta-feira, 20 de maio de 2020

“Jarlinson Pantano suspenso quatro anos por doping”

Na sequência de um positivo por eritropoetina (EPO) em fevereiro de 2019

Por: Lusa

O ciclista colombiano Jarlinson Pantano foi esta quarta-feira suspenso por quatro anos pela União Ciclista Internacional (UCI), na sequência de um positivo por eritropoetina (EPO) em fevereiro de 2019.

O Tribunal Antidoping da UCI considerou o corredor "culpado de uma violação das regras antidoping (presença de eritropoetina recombinante)", impondo ao colombiano uma sanção de quatro anos.

Jarlinson Pantano estava suspenso de forma provisória desde 15 de abril de 2019, devido a um controlo positivo por EPO, realizado fora de competição, em 26 de fevereiro.

À data, o ciclista colombiano, agora com 31 anos, representava a Trek-Segrafedo, que suspendeu de imediato o corredor, enquanto aguardava pela decisão da UCI.

Pantano, que tem como principal resultado na carreira a conquista de uma etapa na Volta a França de 2016 e que se destacou como um 'animador' de etapas no Tour, afirmou-se inocente, mas optou por não se defender, anunciando a retirada do ciclismo em junho do ano passado.

"Nunca usei EPO. Não tinha qualquer motivo para fazer tal coisa nesta fase da minha carreira. Tinha dois anos de contrato e estava a viver os meus melhores anos no pelotão. Além disso, tenho uma fundação de crianças e sempre os alertei contra a dopagem", argumentou então o campeão nacional colombiano de contrarrelógio de 2017.

Fonte: Record on-line

“Contador aponta Egan Bernal como favorito ao Tour mas não esquece Nairo Quintana”

Volta a França foi adiada para agosto devido à pandemia de covid-19

Por: Lusa

O ex-ciclista espanhol Alberto Contador apontou esta quarta-feira o colombiano Egan Bernal (Ineos) como o principal candidato à Volta à França, adiada para agosto devido à pandemia de covid-19, e revelou confiança no também colombiano Nairo Quintana (Arkéa-Samsic).

"Ainda acredito em Quintana. Muitos já não acreditam, mas ele começou a temporada muito bem. Ninguém conseguiu segui-lo na montanha. Ele ainda pode vencer o Tour", afirmou Alberto Contador em declarações à plataforma holandesa 'WielerFlits'.

Alberto Contador, de 37 anos, único espanhol a vencer as três maiores provas velocipédicas, o Tour (França), o Giro (Itália) e a Vuelta (Espanha), considera que a edição de 2020, prevista para decorrer de 29 de agosto a 20 de setembro, "promete ser emocionante".

"O candidato número um é, sem dúvida, Egan Bernal. Ele é um ciclista muito maduro, dentro e fora da bicicleta", considerou Alberto Contador, apontando as declarações do colombiano sobre os colegas de equipa Chris Froome e Geraint Thomas como "dignas de um campeão".

Egan Bernal, de 23 anos, vencedor do Tour em 2019, afirmou que não se sacrificaria pelos ingleses Chris Froome, vencedor em 2013, 2015, 2016 e 2017, e Geraint Thomas, de 33, que triunfo em 2018, se se encontrar em melhores condições.

Alberto Contador disse que a dupla Egan Bernal/Chris Froome, da Ineos, tem "um grande potencial" e os ciclistas "sabem como vencer o Tour", mas lembrou que também outros corredores podem ter hipóteses, como o esloveno Primoz Roglic e o holandês Tom Dumoulin, da Jumbo-Visma.

Fonte: Record on-line