sábado, 17 de dezembro de 2016

"Troféu Internacional Litério Marques/Dia 2"

Cinco pódios para os lusos em Sangalhos

Os corredores portugueses conseguiram um total de cinco lugares no pódio na segunda jornada do Troféu Internacional Litério Marques, que neste sábado dia 17, 2º dia, se disputou no Velódromo Nacional, em Sangalhos, Anadia.

Ivo Oliveira foi o mais profícuo, alcançando dois terceiros lugares, mas os juniores João Dinis, Maria Martis e Soraia Silva também subiram ao pódio.

O dia começou da mesma forma como começara para Ivo Oliveira. O gaiense iniciou a jornada com a terceira posição na primeira final do dia, a corrida de scratch para sub-23. Foi batido pelo italiano Stefano Moro, vencedor, e pelo espanhol Xavier Canellas, segundo.

Na última prova do programa deste sábado, a competição olímpica de omnium, Ivo Oliveira mostrou toda a sua “raça”. O ciclista luso caiu duas vezes na decisiva corrida por pontos, mas teve a capacidade para levantar-se e para voltar a pontuar, de modo a segurar a medalha de bronze no omnium. Fechou o concurso com 115 pontos. A vitória foi para o comandante da Taça do Mundo desta disciplina, o polaco Szymon Sajnok, com 149 pontos, mais dez do que o suíço Frank Pasche.

A polaca Daria Pikulik ganhou o concurso feminino de omnium, terminando as quatro corridas pontuáveis com 121 pontos. Seguiu-se a francesa Laurie Berthon, com 114 pontos, e a italiana Maria Confalonieri, com 111.

Ainda na categoria de elite, o polaco Adrian Zielinski foi o melhor na disciplina de velocidade, sendo seguido pelo escocês Jonathan Mitchell e pelo espanhol José Moreno (Louletano-Hospital de Loulé. A espanhola Helena Casas (GN6 Track Team) impôs-se na velocidade feminina, superando a belga Nicky Degrendele e a francesa Melissandre Pain, que, por esta ordem, a acompanharam no pódio.

A seleção francesa fez o pleno nas provas de juniores. Valentin Tabellion ganhou a corrida por pontos e a prova de 1 km contrarrelógio. Na corrida em pelotão somou 43 pontos, mais sete do que o compatriota Remi Huens. O português João Dinis (Bairrada) esteve na discussão das primeiras posições, acabando no terceiro posto, a oito pontos do vencedor.

O domínio de Valentin Tabellion também foi evidente no contrarrelógio de 1 quilómetro, que cumpriu em 1’05’’782. O segundo classificado, com 1’06’’622, foi o polaco Bartosz Rudyk, ficando o degrau mais baixo do pódio para outro ciclista da seleção da Polónia, Patryk Pazik, com 1’08’’096.

No setor feminino de juniores, as corredoras portuguesas garantiram dois pódios. Maria Martins foi a terceira classificada nos 500 metros contrarrelógio, com um registo de 39’’749. Foi apenas batida pelos 38’’331 da francesa Valentine Fortin e pelos 39’’051 da polaca Wiktoria Pikulik.

Soraia Silva foi a terceira na corrida por pontos, uma prova em que as francesas foram autoritárias. Clara Copponi somou 20 pontos, deixando a compatriota Valentine Fortin a doze. Soraia Silva acompanhou-as no pódio, graças ao forte sprint final, que lhe deu seis pontos e a terceira posição.

O Troféu Internacional Litério Marques é uma prova de classe 1 internacional e termina neste domingo, estando agendadas provas entre as 9h15 e as 14h30.

Fonte: FPC

“Troféu Internacional Litério Marques/Dia 1”

João Matias e Ivo Oliveira no pódio

João Matias (Supermercados Froiz), segundo na corrida por pontos, e Ivo Oliveira (Seleção Nacional/Liberty Seguros), terceiro em perseguição individual, foram os portugueses em destaque, esta sexta-feira 16, 1º dia, no arranque do Troféu Internacional Litério Marques, prova de classe 1 mundial que se disputa no Velódromo Nacional, em Sangalhos, Anadia, até domingo.

João Matias fez uma corrida taticamente muito consistente, terminando a corrida por pontos no segundo posto, apenas batido pelo polaco Alan Banaszek. O vencedor somou 47 pontos, mais nove do que o luso. O francês Corentin Ermenault fechou o pódio, a 11 pontos do primeiro classificado.

Já Ivo Oliveira conseguiu o terceiro lugar na prova de perseguição individual, apesar de esta ser a primeira competição após o defeso e de ter a preparação atrasada. O corredor português apurou-se com o quarto tempo, chegando à medalha de bronze no duelo com o polaco Daniel Staniszewski. Foi a desforra de Ivo Oliveira, perante o adversário que, no Campeonato da Europa de Elite, impediu o luso de discutir as medalhas por apenas 4 milésimos de segundo.

A luta pelas duas primeiras posições colocou frente a frente o campeão da Europa, Corentin Ermenault, e o polaco Szymon Sajnok. A vitória foi para o corredor do Leste da Europa, que se superiorizou ao futuro ciclista do Team Wiggins por 498 milésimos de segundo.

No setor feminino, a britânica Neah Evans triunfou na corrida por pontos, com 26. A lituana Olivija Baleisyte foi a adversária mais próxima, com 19. Seguiu-se a polaca Justyna Kaczkowska, com 14. A polaca acusou o desgaste da prova de scratch, que venceu com autoridade, diante de Neah Evans e da francesa Laurie Berthon, segunda e terceira, respetivamente.

O Troféu Internacional Litério Marques decorre até domingo, sempre com entrada livre para o público. Neste sábado haverá corridas das 9h30 às 13h30 e das 16h00 às 21h00.

Fonte: FPC