quinta-feira, 29 de novembro de 2018

“Equipa Portugal/Dezembro preenchido para a Seleção Nacional de pista"

Por: José Carlos Gomes

A Equipa Portugal de pista começa no sábado, em Berlim, uma série de três fins de semana consecutivos de competição, visando somar o máximo de pontos, num trabalho de longo alcança, cujo objetivo final é o apuramento para os Jogos Olímpicos de Tóquio.

O périplo internacional começa em Berlim, na terceira etapa da Taça do Mundo 2018/2019. A Equipa Portugal estará representada por João Matias (Vito-Feirense-BlackJack) e por Rui Oliveira (Hagens Berman Axeon).

Os dois corredores fazem dupla na disciplina olímpica de madison, às 17h30 de sábado. Rui Oliveira foi escalado para o concurso olímpico de omnium, disputando as provas de scratch (10h50), corrida tempo (12h15), eliminação (14h40) e corrida por pontos (15h50).

Segue-se, entre 7 e 9 de dezembro, o Troféu Internacional Município de Anadia, no Velódromo Nacional, em Sangalhos. Numa competição em que participam seleções nacionais e equipas, o coletivo nacional de pista será formado por César Martingil (Liberty Seguros-Carglass), Maria Martins (Sopela Women Team) e Miguel do Rego (CM Aubervilliers 93). Os gémeos Oliveira e João Matias irão representar as respetivas equipas.

Nos dias 15 e 16 de dezembro a Equipa Portugal ruma a Londres para a quarta ronda da Taça do Mundo. Estão pré-convocados César Martingil, João Matias e Miguel do Rego, que irão distribuir-se pelas disciplinas de madison e de omnium.

O objetivo em todas estas competições é o mesmo: amealhar bons resultados e pontos para construir a possibilidade real de o ciclismo de pista português estrear-se em palcos olímpicos já em 2020.

Fonte: FPC

“Bicicleta vencedora da Volta a Portugal entregue na RTP”

Recordista do Leilão Solidário
A bicicleta usada pelo vencedor da 80ª Volta a Portugal Santander, Raúl Alarcón, e leiloada após a competição foi entregue esta quinta-feira, 29 de novembro, durante o programa “Agora Nós”, da RTP.
A Podium Events, organizadora da prova, adquiriu a bicicleta para a leiloar a favor da Associação Salvador, instituição que combate a exclusão social de pessoas com deficiência motora. Os fundos angariados, 1.952€, revertem na íntegra a favor da associação que vai os vai aplicar no apoio ao desporto adaptado. Esta iniciativa, pelo quarto ano consecutivo, está inserida no âmbito das ações de solidariedade em que a Volta a Portugal se envolve antes, durante e depois da competição.
Henrique Delgado, um fervoroso amante das duas rodas, foi, mais uma vez, quem fez a licitação mais alta no Leilão Solidário. Filho de emigrantes portugueses, vive em França e deslocou-se propositadamente a Lisboa para receber a terceira bicicleta campeã da Volta. Henrique Delgado é um recordista solidário que se estreou nos leilões em 2015 com a bicicleta de Gustavo Veloso, no ano passado conseguiu a segunda e este ano aumentou a frota com mais uma máquina de Raúl Alarcón.
A entrega da bicicleta do bi-campeão da Volta a Portugal aconteceu, em direto, dos estúdios da RTP durante o programa conduzido por Tânia Ribas de Oliveira e José Pedro Vasconcelos. Para além de Henrique Delgado (vencedor do Leilão Solidário em 2015, 2017 e 2018), também estiveram presentes no “Agora Nós”, o diretor da prova, Joaquim Gomes, Salvador Mendes de Almeida da Associação Salvador e Nuno Ribeiro, o Diretor Desportivo da W52-FCPorto, equipa do espanhol Raúl Alarcón.
Legenda da foto (esquerda para direita)
Salvador Mendes de Almeida (Associação Salvador), Tânia Ribas de Oliveira (RTP), Henrique Delgado (vencedor do Leilão Solidário em 2015, 2017 e 2018), José Pedro Vasconcelos (RTP) e Luís Rodrigues (Associação Salvador).
Fonte: Podium