sexta-feira, 27 de abril de 2018

“GIRO: FROOME VAI LIDERAR A SKY AINDA SOB SUSPEITAS DE DOPING”

Britânico tentar vencer a terceira grande volta consecutiva

Por: Lusa

Foto: EPA

O britânico Chris Froome vai liderar a Sky na Volta a Itália, de 4 a 27 de maio, apesar de estar ainda a ser investigado por um controlo antidoping positivo na Volta a Espanha de 2017.

Na lista de inscritos divulgada esta sexta-feira pela equipa britânica, Froome surge como chefe de fila para tentar vencer a terceira grande volta consecutiva, depois de em 2017 ter vencido pela quarta vez a Volta a França e a Vuelta.

"Tive um início diferente de temporada para tentar obviamente ter o meu pico de forma um pouco mais cedo do que habitual. Mas o objetivo de tentar uma terceira vitória consecutiva numa grande volta deu-me uma nova motivação", disse Froome.

Reconhecendo que sempre gostou de correr em Itália, onde já participou na Volta aos Alpes e no Tirreno-Adriático este ano, Froome, que regressa ao Giro oito anos depois, assume que "há um risco" de fazer a 'corsa rosa' antes do Tour.

"Mas penso que me iria arrepender para o resto da minha vida se não fizesse esta corrida", assumiu.

Froome está a ser investigado por um controlo antidoping positivo, na 18.ª etapa da Vuelta de 2017, que acusou a presença do broncodilatador salbutamol em níveis superiores aos permitidos pela Agência Mundial Antidopagem (AMA), com a sua defesa do corredor a alegar que o britânico sofreu uma disfunção renal.

"Reconheço as questões paralelas e, como disse antes, estou a fazer tudo o que posso, juntamente com a equipa, para tentar resolvê-las o mais rapidamente possível. Entretanto estou concentrado nas corridas. Adorava vencer a camisola rosa [símbolo da liderança do Giro], mas não tenho ilusões sobre o quão dura vai ser esta prova", afirmou.

Na 101.ª edição do Giro, que começa em 04 de maio em Jerusalém e termina em 27 em Roma, Froome terá a companhia do espanhol David de la Cruz, do francês Kenny Elissonde, do colombiano Sergio Henao, do bielorrusso Vasil Kiryenka, do alemão Christian Knees, do holandês Wout Poels e do francês Salvatore Puccio.

Fonte: Record on-line

“GIRO: JOSÉ GONÇALVES CONFIRMADO NA EQUIPA DA KATUSHA-ALPECIN”

Português vai participar pela segunda vez na prova

Por: Lusa

Foto: Filipe Farinha

José Gonçalves foi esta sexta-feira confirmado na equipa da que vai disputar a Volta a Itália que se corre de 4 a 27 de maio, anunciou o conjunto suíço.

O ciclista de Barcelos vai participar pela segunda vez no Giro, depois de em 2017 ter terminado a prova italiana na 60.ª posição, sendo que esta será a quinta grande volta de Gonçalves, depois de três presenças na Volta a Espanha.

José Gonçalves, que deverá ser o único português na 'corsa rosa', terá a companhia dos russos Maxim Belkov e Viacheslav Kuznetsov, o britânico Alex Dowsett, o holandês Maurits Lammertink, o belga Baptiste Planckaert, o dinamarquês Mads Wurtz Schmidt e o alemão Tony Martin, quatro vezes campeão do mundo de contrarrelógio.

A 101.ª edição da Volta a Itália começa em 04 de maio em Jerusalém, com as três primeiras etapas a disputarem-se em Israel, sendo a 21.ª e última etapa disputada em Roma, em 27 de maio.

Fonte: Record on-line

“7 RESISTÊNCIA URBANA NOTURNA DE ABRANTES - RUNA 2018”

Centro Histórico da Cidade de Abrantes

 

PARTIDA - 20H

FINAL - 23H

 

Percurso

Aproximadamente 5,5km 115D+ por volta

 

Classificações

GERAL

 

FEMININA:

ELITES

MASTERS 30

MASTERS 40

 

MASCULINA:

JUNIORES

SUB-23/ELITES

MASTERS 30

MASTERS 35

MASTERS 40

MASTERS 45

MASTERS 50

MASTERS 55

 

Condições

13 Euros

SEGURO

DORSAL

CRONOMETRAGEM POR CHIP

BRINDES

ABASTECIMENTO LIQUIDO E SOLIDO DA ORGANIZAÇÃO

CALDO VERDE

PAO COM CHOURIÇO

 

NIB

0045 5390 4027072910957

IBAN

CCA

PT 500 04553904027072910957

 

Inscrições:

http://portalbtt.ptservidor.net/sistema/fojo/

 

Lista de Inscritos:


 

Toda a Informação:

http//acbttfojo.blogspot.pt

 Fonte: ASSOCIAÇÃO DE CICLOTURISMO E BTT DO FÔJO

“#Estrada Para Todos sensibiliza estudantes em Almodôvar”

           Daniel Mestre e Henrique Casimiro deram formação a alunos

          Acão realizou-se na Escola Secundária de Almodôvar

Gincanas, formação, divertimento e aprendizagem. Estas foram as chaves de um dia muito especial na Escola Secundária de Almodôvar. Os alunos deste estabelecimento de ensino tiveram uma “aula” dos ciclistas profissionais da terra, Daniel Mestre e Henrique Casimiro. Os corredores alentejanos explicaram a importância do respeito e da tolerância entre todos na estrada para que esta seja, realmente, para todos.

Centenas de estudantes no Ensino Secundário tiveram uma ação de formação com dois ciclistas profissionais. Ao longo do dia de ontem (quinta-feira, dia 26), os alunos de Almodôvar não só aprenderam regras essenciais de bom comportamento na estrada, como realizaram várias actividades para melhor utilizarem as bicicletas.

A campanha de sensibilização #Estrada Para Todos pretende contribuir para que haja mais respeito e tolerância entre todos os utilizadores das vias rodoviárias no sentido que estas estejam acessíveis a todos. Durante esta ação de formação em Almodôvar, os alunos da escola secundária ainda aprenderam, com o acompanhamento dos profissionais da Equipa EFAPEL, a tirar o melhor proveito das suas bicicletas.

Concluída esta iniciativa, a caravana #Estrada Para Todos vai estar hoje em Manique com mais ciclistas da Equipa EFAPEL presentes, nomeadamente os irmãos Sérgio e Pedro Paulinho.

Fonte: Efapel

 

“CÉSAR FONTE 8.º NA ABERTURA DA VOLTA ÀS ASTÚRIAS”

Dmitry Strakhov ganhou a etapa e assumiu a liderança da geral

Por: Lusa

Foto: Filipe Farinha

O ciclista português César Fonte (W52-FC Porto) foi esta sexta-feira oitavo classificado na primeira etapa da Volta às Astúrias, ganha pelo russo Dmitry Strakhov (Lokosphinx), primeiro líder da classificação geral.

Strakhov cumpriu os 177 quilómetros entre Oviedo e Pola de Lena em 4:17.06 horas, batendo ao sprint o equatoriano Jonathan Caicedo (Medellín), segundo, e o colombiano Sergio Higuita (Manzana Postobon), terceiro.

Fonte cortou a meta em oitavo, com o mesmo tempo do vencedor, um lugar acima do compatriota Domingos Gonçalves (Rádio Popular Boavista), outro português no top 10.

Strakhov, de 22 anos, continua a boa forma na Península Ibérica depois da vitória no Grande Prémio das Beiras, da Clássica da Arrábida e da classificação por pontos da Volta ao Alentejo, onde venceu duas etapas.

Em 11.º chegou o vencedor da Volta a Portugal em 2016, Rui Vinhas (W52-FC Porto), enquanto Joaquim Silva (Caja Rural-Seguros RGA) fechou em 14.º, dois lugares à frente do dragão Ricardo Mestre.

O melhor homem da Aviludo-Louletano foi o espanhol David de La Fuente, em 42.º, cinco lugares à frente do luso Luís Fernandes, no 47.º posto, já a 43 segundos do vencedor.

Nuno Bico (Movistar) fechou a prova no 85.º posto, a 4.21 minutos do vencedor.

No sábado, a segunda de três etapas apresenta 171 quilómetros entre Soto de Ribera e El Acebo, com perfil acidentado e chegada em alto.

Fonte: Record on-line

“RUI COSTA FOI 5.º NA TERCEIRA ETAPA DA VOLTA À ROMANDIA”

Colombiano Egan Bernal foi o vencedor do contrarrelógio

Por: Lusa

Foto: EPA

O ciclista colombiano Egan Bernal (Sky) venceu esta sexta-feira o contrarrelógio da terceira etapa da Volta à Romandia, com o português Rui Costa (UAE Team Emirates) em quinto lugar.

Bernal, de 21 anos, cumpriu os 9,9 quilómetros da 'cronoescalada' em 25.10 minutos, quatro segundos mais rápido que o esloveno Primoz Roglic (LottoNL-Jumbo), segundo, e 18 a menos que o tempo do australiano Richie Porte (BMC), terceiro.

Rui Costa cortou a meta a 1.06 minutos do vencedor, no quinto posto na etapa, atrás do holandês Steven Kruiswijk (LottoNL-Jumbo), quarto e último ciclista a cortar a meta com um tempo abaixo dos 26 minutos.

A boa prestação do campeão do mundo de 2013 valeu-lhe uma subida de dez lugares, para quinto, a 1.17 do novo líder, Roglic.

O ciclista português corre a prova WorldTour pela sétima vez, sendo que fechou no 'top 10' em quatro dessas participações, incluindo um sexto lugar na última passagem pela Romandia, em 2016, e três terceiros lugares consecutivos, entre 2012 e 2014.

Atrás do novo líder Roglic, no pódio da geral, está o vencedor do dia, o jovem Bernal, líder da classificação jovem, com Richie Porte, vencedor em 2017, em terceiro, Kruiswijk em quarto e o luso em quinto, com o 'crono' a revelar-se decisivo para definir a classificação.

O outro português em prova, José Gonçalves (Katusha-Alpecin), também esteve em bom plano, cortando a meta em 12.º, a 1.47 de Bernal, segurando o 11.º lugar na geral, a 1.56 do líder e a um segundo do 'top 10'.

No sábado, a quarta etapa disputa-se em Sion, num traçado de 149,2 quilómetros de perfil acidentado, com duas contagens de montanha de segunda categoria e três de primeira categoria a testarem as pretensões à vitória final dos principais favoritos.

Fonte: Record on-line