sábado, 16 de julho de 2016

“Colombiano Gaviria ganha etapa na Volta à Polónia”

Foto: LUCA ZENNARO

Ciclista da Etixx-QuickStep reforça liderança da geral, Colombiano Gaviria ganha etapa e lidera Volta à Polónia

O colombiano Fernando Gaviria (Etixx-QuickStep) ganhou hoje ao 'sprint' a quarta etapa da Volta à Polónia em bicicleta, reforçando a liderança da competição, graças às bonificações.

Gaviria fez a ligação Nowy Sacz - Rzeszów/Podkarpackie, de 218 quilómetros, em 5:12.56 horas, à frente de um pelotão em que também vinham os portugueses André Cardodo, da Cannondale (59.º), e Sérgio Paulinho, da Tinkoff (104.º).

Na classificação geral, Gaviria comanda agora com 19 segundos de avanço sobre o polaco da Sky Michal Kwiatowski, antigo campeão do mundo.

André Cardoso subiu cinco lugares, para 50.º, a 35 segundos, e Paulinho melhorou dez lugares, para 91.º, a 1.36.

Mário Costa (Lampre) perdeu tempo na jornada, ao ser 157º, com 7.38 de atraso. Na classificação geral, ainda assim subiu três lugares, para 175.º, a 31.09.

Fonte: SAPO Desporto c/Lusa

“Tour/Mark Cavendish vence ao 'sprint' pela quarta vez”

Foto: EPA/KIM LUDBROOK

O seu compatriota Chris Froome (Sky) chegou integrado no pelotão e mantém a camisola amarela, Cavendish festeja vitória na 14ª etapa da Volta a França

O ciclista britânico Mark Cavendish somou hoje a sua quarta vitória na 103.ª Volta a França, ao impor-se ao ‘sprint’ em Parc des Oiseaux, no final da 14.ª etapa.

Cavendish, que cumpriu a tirada em 05:43.49 horas, voltou a provar que é o melhor ‘sprinter’ desta edição, batendo o norueguês Alexander Kristoff (Katusha) e o camisola verde, o eslovaco Peter Sagan (Tinkoff), no final dos 208,5 quilómetros entre Montélimar e Parc des Oiseaux.

O seu compatriota Chris Froome (Sky) chegou integrado no pelotão e mantém a camisola amarela, com 1.47 minutos de vantagem sobre o holandês Bauke Mollema (Trek-Segafredo) e 2.45 sobre o também britânico Adam Yates (Orica-BikeExchange).

No domingo, o pelotão vai voltar a enfrentar uma jornada montanhosa, com a 15.ª etapa a ligar Bourg-en-Bresse e Culoz, num total de 159 quilómetros.

Fonte: SAPO Desporto c/Lusa  

“Domínio colombiano na Volta do Futuro”

Miguel Florez venceu, este sábado, em Boticas, a terceira etapa da 24ª Volta a Portugal do Futuro Liberty Seguros e tornou-se o novo líder da competição Sub 23. O colombiano da Boyaca – Raza de Campeones ganhou vantagem na subida para o último Prémio de Montanha de 1ª categoria, a pouco mais de 16 quilómetros da meta, sendo acompanhado pelo companheiro de equipa Enrique Rodriguez que foi segundo na etapa. Os dois primeiros terminaram, em Boticas, 56 segundos à frente de um primeiro grupo. O pelotão com o anterior Camisola Amarela, Luís Gomes (Liberty Seguros/Carglass), chegou com atraso de quase minuto e meio.

Os colombianos dominaram esta penúltima etapa colocando homens nos lugares chave sobretudo na parte final. “Tínhamos estabelecido que iríamos trabalhar para pressionar a Liberty Seguros e obriga-los a perseguir a fuga. Eu e o meu colega, Enrique Rodriguez, aproveitámos a última subida para testar as capacidades do líder (Luís Gomes) e de outros corredores. Conseguimos ganhar diferença e chegar isolados à meta para ganhar a Camisola Amarela”, explicou Miguel Florez, o novo comandante de 19 anos, natural do estado colombiano de Boyaca que dá nome à equipa. Além de chegar à Amarela, Florez passou a liderar também o Prémio da Juventude, Camisola Branca RTP.

A faltar um dia para finalizar a competição, o líder acredita que ele ou algum dos seus companheiros vai conseguir vencer a 24ª Volta a Portugal do Futuro Liberty Seguros, uma vez que há muitos trepadores na equipa e a derradeira etapa é particularmente difícil. O domínio colombiano na etapa ficou traduzido, para além da conquista da Amarela, na Camisola Castanha Cafés Delta do Prémio da Montanha que passou a pertencer a Armando Ortega. A Camisola Vermelha KIA dos Pontos é a única que sai da posse dos jovens colombianos e é envergada pelo espanhol Juan Lopez (Café Baque).

4ª Etapa || 17 julho 2016
Boticas – Montalegre (Serra do Larouco) | 119,4 Km

Os últimos 119,4 quilómetros da 24ª Volta a Portugal do Futuro Liberty Seguros vão começar no Nordeste Transmontano, este domingo, às 12h20, em Boticas, com destino à Serra do Larouco, em Montalegre. A chegada vai coincidir com um Prémio de Montanha de 1ª categoria, repetindo a meta ali instalada em 2014. Até atingir o cume dos 1525 metros da Serra do Larouco, o segundo ponto mais alto de Portugal Continental, o pelotão vai enfrentar um Prémio de Montanha de 3ª categoria em Alturas do Barroso, e mais dois de 2ª categoria em Fafião e Xertelo. As Metas Volantes estão instaladas em Salamonde e na vila de Montalegre, antes do início da subida final. Pouco antes das 16 h, as atenções estarão voltadas para a Serra do Larouco, trono onde será coroado o vencedor 2016 da Volta a Portugal do Futuro Liberty Seguros.

A 24ª Volta Portugal do Futuro Liberty Seguros tem o apoio da Associação de Desenvolvimento Terras de Sicó e das autarquias de Soure, Condeixa-a-Nova, Penela, Oliveira de Azeméis, Lousada, Boticas e Montalegre. São patrocinadores: Liberty Seguros, RTP, KIA, Delta Cafés, Vitalis, Pacto, Dietsport, Classificações.net, Centro de Informação Geoespacial do Exército, Infraestruturas de Portugal, Jornal de Notícias, Antena 1, KTM Bikes e Shimano.

Fonte: Podium

“9.ª Volta a Portugal de Cadetes Liberty Seguros”

João Carvalho vence etapa e João Afonso comanda

A segunda etapa da Volta a Portugal de Cadetes Liberty Seguros, hoje disputada ao longo de 82,7 quilómetros, entre a Figueira da Foz e Alcobaça, foi ganha por João Carvalho (Viseu 2001/AM Póvoa das Quartas) e levou João Afonso (CC Barcelos/AFF/Orbea Onda) ao comando da geral individual.

O calor e o percurso com alguma ondulação selecionaram os melhores. Depois de constantes ataques e respostas do pelotão, foi já na fase final que nove corredores conseguiram destacar-se. Entraram adiantados nos últimos 5 quilómetros, mas o sobe e desce daí até à meta foi deixando alguns para trás.

O duro quilómetro final, que incluiu setores com dez por cento de inclinação, fez a última triagem. João Carvalho e Pedro Silva (Seissa MGB Bikes/Matias e Araújo Frulact) discutiram o triunfo ao sprint e cortaram a meta por aquela ordem. O terceiro, a 8 segundos, foi Rodrigo Silva (ACDC Trofa).

João Afonso foi o quarto classificado, com o mesmo tempo do terceiro. Este resultado levou-o o topo da geral individual. Vai partir amanhã para a terceira e última etapa – 59,3 quilómetros, entre as Caldas da Rainha e Torres Vedras – com 4 segundos de margem sobre o adversário mais direto, Pedro Silva. O terceiro, a 9 segundos, é Rodrigo Caixas (LA Alumínios/SGR Ambiente/CCA Paio Pires), anterior camisola amarela. Até ao décimo, as diferenças não ultrapassam os 20 segundos, esperando-se uma tirada emocionante para fechar a Volta.

Por equipas comanda o Mato Cheirinhos/Liberty Seguros/Vila Galé, Pedro Silva é o melhor jovem, o vencedor da tirada deste sábado comanda por pontos e António Ferreira (Moreira Congelados/Feira/Bicicletas Andrade) veste a camisola de melhor trepador.

As etapas da Volta a Portugal de Cadetes Liberty Seguros homenageiam personalidades do ciclismo da região onde decorre cada tirada. A primeira etapa foi designada Troféu Alves Barbosa, a segunda foi dedicada ao dinamizador do ciclismo alcobacense Timóteo de Matos e a terceira será o Troféu Joaquim Agostinho.

Classificação

2.ª Etapa: Figueira da Foz - Alcobaça, 82,7 km

1.º João Carvalho (Viseu 2001/AM Póvoa das Quartas), 2h03m52s

2.º Pedro Silva (Seissa/MGB Bikes/Matias e Araújo/Frulact), mt

3.º Rodrigo Silva (ACDC Trofa), a 8s

4.º João Afonso (CC Barcelos/AFF/Orbea/Onda), mt

5.º Luís Cabral (Seleção dos Açores), a 10s

Geral Individual

1.º João Afonso (CC Barcelos/AFF/Orbea/Onda), 3h47m36s

2.º Pedro Silva (Seissa/MGB Bikes/Matias e Araújo/Frulact), a 4s

3.º Rodrigo Caixas (LA Alumínios/SGR Ambiente/CCA Paio Pires), a 9s

4.º Guilherme Mota (Tormetais/Marrazes/Ecosprint), a 11s

5.º Wilson Esperança (Alcobaça CC/Crédito Agrícola), mt

Fonte: FPC