sexta-feira, 31 de março de 2017

“Caros amigos e leitores…”

Durante alguns dias, a nossa publicação irá ser suspensa, uma cirurgia que irei realizar este sábado dia 1 de abril há minha mão, vai dar origem a essa paragem, o qual espero que seja breve esta paragem forçada, assim desejo a continuação de bons passeios, boas pedaladas.

José Morais 

“Nova edição da Revista Notícias do Pedal”

Já está on-line mais uma edição da “Revista Notícias do Pedal”, a edição de março, a número 259, contém uma grande diversidade de notícias, nas mais diversas modalidades, agora com novo visual e grafismo, pode mensalmente ser visualizada em: www.noticiasdopedal.com descubra ainda outras novidades, conheça e esteja por dentro de todos os nossos projecto, boas leituras…

“Ranking Ciclista do Ano”

Rinaldo Nocentini mantém-se na frente

O italiano Rinaldo Nocentini (Sporting-Tavira) é, pelo segundo mês consecutivo, o comandante do Ranking Ciclista do Ano, que certifica a regularidade nas provas disputadas em Portugal.

Rinaldo Nocentini terminara fevereiro na dianteira, com 370 pontos, consolidando a posição durante o mês de março, que encerra com 448 pontos. O algarvio Amaro Antunes (W52-FC Porto) continua no segundo lugar, mas agora mais perto da posição cimeira, pois soma 425 pontos. O terceiro é Vicente García de Mateos (Louletano-Hospital de Loulé), com 260.

Francisco Campos (Miranda/Mortágua) também permanece com estatuto de melhor sub-23, ocupando a sexta posição da geral, graças aos 80 pontos amealhados até ao momento.

Num mês que não teve qualquer mudança no comando dos rankings, o Sporting-Tavira o primeiro lugar coletivo ao individual. Os sportinguistas chegam ao final de março com 636 pontos, mais 118 do que os concorrentes mais diretos, os homens da W52-FC Porto. O Louletano-Hospital de Loulé ascendeu à terceira posição, com 319 pontos

Ranking Ciclista do Ano

1.º Rinaldo Nocentini (Sporting-Tavira), 448 pontos

2.º Amaro Antunes (W52-FC Porto), 425

3.º Vicente García de Mateos (Louletano-Hospital de Loulé), 260

4.º Sérgio Paulinho (Efapel), 165

5.º Edgar Pinto (LA Alumínios-Metalusa BlackJack), 158

6.º Francisco Campos (Miranda/Mortágua), 80

7.º Alejandro Marque (Sporting-Tavira), 75

8.º Gustavo César Veloso (W52-FC Porto), 70

9.º Joni Brandão (Sporting-Tavira), 60

10.º César Martingil (Liberty Seguros/Carglass), 55

Ranking Equipa do Ano

1.ª Sporting-Tavira, 636

2.ª W52-FC Porto, 518

3.ª Louletano-Hospital de Loulé, 319

4.º Efapel, 213

5.ª LA Alumínios-Metalusa BlackJack, 178

Fonte: FPC

“Desporto Escolar e Programa Nacional Ciclismo”

Federação e Direção-Geral da Educação assinam protocolo

O Diretor-Geral da Direção-Geral da Educação (DGE), José Vítor Pedroso, e o presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo (FPC), Delmino Pereira, vão assinar um protocolo de cooperação institucional entre as duas entidades, sob a égide do ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, e do secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo, que assistirão à cerimónia, na próxima segunda-feira, 3 de abril, às 10h30, na Escola Básica Pedro de Santarém (Estrada de Benfica, 535, Lisboa), do Agrupamento de Escolas de Benfica.

O acordo a celebrar entre a DGE e a FPC visa a implementação do Programa Nacional Ciclismo para Todos nas escolas e o desenvolvimento da modalidade BTT-XCO no âmbito do Desporto Escolar.

Esta parceria pretende “contribuir para a sustentabilidade ambiental e humanização das localidades, potenciando o uso da bicicleta em contexto escolar e, consequentemente, fomentar padrões de mobilidade mais seguros, saudáveis e empoderadores”, estabelece o protocolo.

Outra linha orientadora do acordo entre a FPC e a DGE é a promoção da “prática de ciclismo de forma abrangente, nos diferentes aspetos em que poderá contribuir positivamente para o desenvolvimento harmonioso das comunidades escolares e, em particular, dos alunos”.

No âmbito da cooperação institucional entre a DGE (Desporto Escolar) e a FPC, serão criados e desenvolvidos conteúdos e recursos pedagógicos, que contribuam para sistematizar os métodos para “ensinar a pedalar”, numa primeira fase, e “ensinar a pedalar/circular na via pública”, numa segunda fase e em idades mais avançadas.

O protocolo prevê também a criação de Núcleos de Ciclismo para Todos nos agrupamentos escolares, estando já previstos nos de Alapraia, Alcochete, Benfica e D. António Ataíde (Castanheira do Ribatejo), nos quais já se desenvolveu trabalho nesta área.

O acordo vai ainda permitir a participação em corridas dos calendários nacionais e regionais da Federação Portuguesa de Ciclismo aos jovens praticantes de BTT-XCO no Desporto Escolar.

A assinatura do protocolo proporcionará uma manhã de festa velocipédica na Escola Pedro de Santarém, na próxima segunda-feira. Entre as 10h00 e as 12h30, os alunos participarão em demonstrações e gincanas, entre as quais se incluem atividades com a unidade de multideficiência da Escola de 1.º Ciclo Arquiteto Ribeiro Telles.

Fonte: FPC

“Apenas uma candidatura para os direitos da Volta a Portugal”

Hoje terminava o prazo para a apresentação de candidaturas para a concessão dos direitos de exploração da Volta a Portugal por oito anos.
Foto: Lusa
A Federação Portuguesa de Ciclismo (FPC) recebeu, até ao momento, uma candidatura para a concessão dos direitos de exploração da Volta a Portugal entre 2018 e 2025, revelou hoje Delmino Pereira à Agência Lusa.
"Neste momento, recebemos uma candidatura, que nos foi apresentada ontem (quinta-feira). É possível que possam ter chegado mais pelo correio, mas hoje não tínhamos nenhum diretor na sede da FPC [em Lisboa], pelo que só na segunda ou na terça-feira é que poderemos confirmar se haverá mais candidatos ou não”, esclareceu o presidente da FPC à Lusa.
Hoje terminava o prazo para a apresentação de candidaturas para a concessão dos direitos de exploração da Volta a Portugal por oito anos, sendo expectável que o novo organizador seja conhecido até 30 de abril.
Na lista de encargos para a concessão da organização da Volta a Portugal por um período de oito anos, a partir de 2018, a FPC apresenta uma cláusula, incluída na “Reserva de Direitos”, que permite à entidade “impedir a participação de equipas na Volta a Portugal que não representem os valores do ‘novo ciclismo’”, ou seja, um ciclismo de “fomento e desenvolvimento, cada vez mais internacional, irrepreensível ao nível da ética desportiva”.
O concurso estipula que os interessados em adquirir os direitos da prova rainha do calendário nacional terão de pagar, anualmente, 450.000 euros (atualização anual indexada à inflação) à FPC, sendo obrigatória a apresentação de garantia financeira de montante igual a metade do preço anual, e que, para além da Volta a Portugal, terão de organizar a Volta a Portugal do Futuro e outra prova internacional de categoria igual ou superior a 2.2 da União Ciclista Internacional.
Na escolha do organizador, a entidade que tutela o ciclismo nacional vai privilegiar “um programa desportivo que seja capaz de estimular as equipas internacionais a participarem e ao mesmo tempo defenda os interesses das equipas e dos ciclistas nacionais”.
Assim, serão fatores preferenciais de seleção o enquadramento internacional da Volta numa lógica desportiva do ‘novo ciclismo’, a defesa do interesse e desenvolvimento do ciclismo nacional das equipas e dos ciclistas nacionais e a postura irrepreensível e colaboradora na luta antidoping, que inclui a imposição junto das equipas nacionais e ‘staff’ organizativo de regras de exclusão de elementos com postura pública e histórico de permissividade face ao doping e à fraude desportiva.
Considerar a tradição da Volta a Portugal, defender uma lógica de cobertura territorial e promover o ‘fair play’ e desportivismo são os outros vetores de seleção do projeto desportivo.
Fonte: SAPO Desporto c/ Lusa

quinta-feira, 30 de março de 2017

“CN Jovem desloca-se até Fátima”

O IV Duatlo Jovem de Fátima irá marcar o próximo dia 8 de Abril numa organização conjunta do Fátima Escola de Triatlo e da Federação de Triatlo de Portugal. O evento será constituído por uma Prova Jovem, pontuável para o Campeonato Nacional Jovem e por uma Prova Aberta, igualmente disputada na distância Super-Sprint.

Desta forma o Campeonato Nacional Jovem volta a ser disputado no formato de Duatlo BTT. Um teste às capacidades técnicas dos jovens atletas que procurarão em Fátima a conquista de pontos para a competição Nacional. Consequentemente, os jovens atletas que aceitarem o desafio e assumirem a representação dos seus clubes, deverão cumprir distâncias que serão alinhas com o seu escalão etário. Nesse sentido, serão dadas partidas com diferentes formatos que se cumprirão entre os 400m de corrida, 1km de ciclismo e 200m de corrida, e os 1,9km de corrida, 8km de ciclismo e 1km de corrida.

No mesmo dia será realizada uma prova aberta destinada a todos os interessados em participar. A prova, que se apresenta como uma ótima oportunidade para quem procura iniciar a modalidade, totalizará 1,9km de corrida, 8km de ciclismo e 1km de corrida final.

Fátima receberá um evento com provas para todas as idades que procurará marcar da melhor forma mais um dia no nosso calendário competitivo.

Fonte: FTP

“Três equipas portuguesas em Espanha”

Grande Prémio Miguel Indurain e Volta a Rioja com presença nacional

Foto:  LUSA

As equipas do Sporting-Tavira, W52-FC Porto e Radio Popular-Boavista participam, no fim-de-semana, em duas provas em Espanha: no sábado, no Grande Prémio Miguel Indurain, no domingo, na Volta a Rioja.

Tiago Machado (Katusha) está também entre os inscritos do GP Miguel Indurain, tal como o recente vencedor da Volta à Catalunha, o espanhol Miguel Indurain. Já no domingo, Nelson Oliveira e Nuno Bico (Movistar) estão na equipa para a Volta a Flandres.

Fonte: Record on-line

“Taça das Nações”

Equipa Portugal a caminho das Clássicas

Abril é o mês das Clássicas do Norte e a Equipa Portugal vai competir em duas das mais importantes provas de um dia para sub-23, o Tour de Flandres e o ZLM Tour, na Bélgica e na Holanda, respetivamente.

O périplo pelas clássicas do Norte da Europa arranca no dia 8 de abril, com a versão sub-23 do Tour de Flandres, competição pontuável para a Taça das Nações. À semelhança do Tour de Flandres de elite, esta corrida é marcada pelos “muros” em empedrado.

Ao longo dos 168,1 quilómetros, com partida e chegada em Oudenaard, os corredores vão atravessar 18 muros, o último a 6,2 quilómetros da meta. Entre as dificuldades contam-se as famosas subidas de Kapelmuur, Oude Kwaremont e Paterberg.

A Equipa Portugal vai apresentar-se no Tour de Flandres com André Crispim, César Martingil e Gaspar Gonçalves (Liberty Seguros/Carglass), André Carvalho (Team Cipollini Iseo Rime), Francisco Campos (Miranda/Mortágua) e Marcelo Salvador (Sicasal/Constantinos/Delta Cafés).

Após o Tour de Flandres, a Equipa Portugal desloca-se para a Holanda, onde, no dia 15 de abril, alinha em mais uma clássica da Taça das Nações, o ZLM Tour. Num terreno mais plano do que o da prova belga, os corredores terão mais uma tarefa árdua pela frente. A alta velocidade e as “bordures” que aproveitam o terreno muito exposto ao vento são as principais dificuldades, numa prova em que os velocistas costumam ter vantagem. O traçado conta com 181,3 quilómetros.

A Equipa Portugal apresentará praticamente o mesmo conjunto com que alinhará no Tour de Flandres, apenas com a troca de Marcelo Salvador por Rui Oliveira (Axeon Hagens Berman).

“São duas provas com muita intensidade e com grande exigência técnica. Por isso, são corridas fundamentais para a formação dos corredores com vista ao futuro. Entre os ciclistas convocados temos corredores que já fizeram este tipo de clássicas e que sabemos possuir qualidade para estar junto dos melhores”, afirma o selecionador nacional, José Poeira.

Fonte: FPC

quarta-feira, 29 de março de 2017

“Arca Challenge, Barcelos”

A equipa do IntercaimaBike esteve representada no Arca Challenge, Barcelos, pelos atletas Filipe Tavares e José Tavares. Evento peculiar, albergando na mesma manhã as provas de Trail, BTT, e a prova principal do cartaz que conjugava as duas modalidades anteriores, ou seja, um duatlo de BTT/Trail, que poderia ser realizado a solo ou em estafeta. Assim, Filipe Tavares cumpriu os 39 Km do segmento de BTT, enquanto José Tavares cumpriu os 18 Km do segmento de trail.

Chuva, vento e frio. Tudo fatores que fazem antever trilhos com muita lama e adrenalina. De fato, apesar de a organização ter garantido que as cotas estavam em dia com o São Pedro, a primeira hora e meia de prova foi realizada debaixo de uma chuva persistente, que se somou a do dia anterior, elevando a dificuldade da prova e alertando os atletas para a necessidade de cuidados redobrados nas zonas mais técnicas do percurso.

Em relação a organização do evento, Associação Recreativa e Cultural de Arcozelo – ARCA, de salientar o profissionalismo e simpatia, as boas condições fornecidas aos atletas ao nível de paddock, abastecimentos, segurança nos cruzamentos e reforço final. Nota menos positiva para a exatidão das distâncias e alguns reparos a ter em conta ao nível das marcações.

O IntercaimaBike continuará ativo, BTT, trail, duatlo, esperando continuar a divulgar e incentivar a pratica de desporto, assim como a divulgação do nome da nossa região.

Classificações

Filipe Tavares/José Tavares – 16º - 4h:28min

Aos apoiantes e patrocinadores, pela confiança e por acreditarem no nosso projeto INTERCAIMABIKE 2017/2018, o nosso muito obrigado; LojasdaVisão, Tavares auto, Polisport, Leirinox, Polivale, Crédito Agrícola Vale de Cambra, Município de Vale de Cambra, Freguesia São Pedro Castelões, Associação Inter Caima Pinheiro Manso.

Fonte. IntercaimaBike










“3º Desfile Histórico de Bicicletas Antigas da Bairrada”

No dia 7 de Maio venha pedalar no tempo e apreciar algumas das mais belas e raras bicicletas de outros tempos. Aqui vai poder confraternizar e apreciar tudo o que mais gosta. Trata-se de um Desfile Histórico, por isso os participantes devem vir vestidos a rigor, pois a organização pretende realizar um desfile etnográfico para mostrar a beleza até à década de 40 (apenas são aceites bicicletas até esta década).
No local estará um fotógrafo para memorizar todos os momentos, dando assim a oportunidade de um dia poder recordar este fantástico e diferente dia.
Os interessados ainda poderão participar na Feirinha à Moda Antiga, onde podem comprar artigos da época e deliciarem-se com alguns dos produtos da região da Bairrada.
Para mais informações contactar Vítor Ferreira pelo tel. 939322356 ou 915946556.
Fonte: Jornal Clássicos

“Nacer Bouhanni renovou por dois anos com a Cofidis”

Francês venceu duas etapas esta temporada ao serviço da equipa

Por: Lusa

Foto: EPA

O ciclista francês Nacer Bouhanni, de 26 anos, renovou até 2019 o contrato que o liga à Cofidis, anunciou esta quarta-feira a equipa francesa.

O sprinter, que chegou à Cofidis em 2015, tem 55 vitórias na sua carreira, duas esta temporada, destacando-se os triunfos em etapas na Volta a Itália e na Volta a Espanha.

"Nós acreditamos no seu potencial e na sua vontade de vencer para reforçar ainda o seu palmarés e o da Cofidis. Nós confiamos em especial numa vitória numa etapa na Volta a França", disse o presidente da equipa, Thierry Vittu.

Apesar de estar numa equipa do segundo escalão, Bouhanni lembra que a Cofidis é das equipas mais vezes convidadas para provas do WorldTour.

"Isso permite-me ter um calendário que corresponde aos meus objetivos e que me permite estar nos eventos de que mais gosto", disse Bouhanni.

Fonte: Record on-line

“Ciclo-BTT de Grândola”

É grande a oferta de competições  e de Passeios, todos os fins-de-semana.

Mas, quantos são os eventos onde o atleta pode usar a sua bicicleta de estrada e a sua BTT, no mesmo dia e na mesma competição?

Somente o Ciclo-BTT de Grândola vos garante essa experiência tão singular, sob o lema: “Uma Prova. Dois Percursos. Duas Bicicletas”

Para todos os atletas ainda indecisos, informamos que alargamos o prazo de inscrições até ao dia 30 de março.

Teremos grandes marcas a apoiarem o evento e brindes interessantes para sortear entre todos os participantes.

Teremos o já conhecido Troféu para o atleta participante com mais idade e teremos, pela primeira vez, o Troféu para a equipa constituída com mais elementos.

Visitem o Facebook do Ciclo-BTT de Grândola e comprovem como decorreram as duas edições anteriores, pelas fotos, comentários e avaliação dos participantes.

Contamos com a vossa participação, no dia 2 de Abril, em Grândola, na “Vila Morena”.


Fonte: Câmara Municipal de Grândola

  

“Campeonato do Minho de BTT XCO - MAPFRE | Seguros”

João Rocha e Susana Santos venceram o 1º BTT XCO Tesouros do Ave

João Rocha e Susana Santos venceram em elites o 1º BTT XCO Tesouros do Ave, segunda prova do Campeonato do Minho de BTT XCO - MAPFRE | Seguros que contou com a participação de mais de duas centenas de atletas.

Promovido em conjunto pela Associação de Ciclismo do Minho e pela AETAD - Eventos Tesouros do Ave , o 1º BTT XCO Tesouros do Ave disputou-se no circuito de Cross Country Olímpico de Porto de Ave - Póvoa de Lanhoso, pista que recebeu em 2014 o Campeonato Nacional de BTT XCO.

Porto de Ave voltou agora à ribalta do Cross Country Olímpico com a realização da 1ª edição do Tesouros do Ave que se saldou num êxito organizativo e desportivo, com a pista a colher a unanimidade de todos quanto à sua seletividade.

João Rocha e Susana Santos venceram em elites, André Terroso e Jéssica Santos em juniores, o Campeão Nacional Rúben Nunes destacou-se em master 30 e Monserrat Alonso conquistou a prova em master feminina, enquanto em master 40 o vencedor foi José Magalhães e em master 50 Rodolfo Lopes. Tiago Sousa e Beatriz Faria venceram em cadetes, João Cruz e Mariana Líbano em juvenis, João Martins e Beatriz Silva em infantis, Rui Sabino e Helena Vasconcelos em iniciados, Diogo Maia e Leonor Silva em pupilos-benjamins e José Oliveira na categoria de promoção. Coletivamente triunfaram a ASC / Focus Team / Vila do Conde (competição) e a Escola BTT Matosinhos (escolas).

Na corrida de elites, João Rocha (Rodabike/ACRG/Gondomar) não deu hipóteses aos mais diretos adversários, deixando Fábio Ribeiro (ProRebordosa / Oforsep / RJ Group) na segunda posição e Francisco Azevedo (individual) na terceira.

Susana Santos (ASC / Focus Team / Vila do Conde) somou a segunda vitória da temporada, mas contou com a concorrência apertada de Daniela Pereira (Saertex Portugal | Edaetech), a 26 segundos, enquanto Leandra Gomes (Batotas/Ponte de Lima) subiu ao último lugar do pódio do 1º BTT XCO Tesouros do Ave.

No escalão de juniores, André Terroso (ASC / Focus Team / Vila do Conde) bisou os triunfos no Campeonato do Minho de BTT XCO - MAPFRE | Seguros, secundado mais uma vez pelo seu colega de equipa Pedro Costa, tendo Hélder Gonçalves (Seissa/KTM-BikeSeven/Matias & Araújo/Frulact) obtido o terceiro lugar do escalão.

Em femininos Jéssica Costa, também da ASC / Focus Team / Vila do Conde, repetiu em Porto de Ave a vitória da primeira prova do campeonato minhoto, relegando mais uma vez Celina Faria (JUM-Sanitop-KTM) para o segundo lugar e Ana Moreira (Tomatubikers / Toyota – Macedo & Macedo) para o terceiro.

Monserrat Alonso (Saertex Portugal | Edaetech) venceu a prova de master feminina, numa corrida a solo neste escalão.

José Magalhães (ASC / Focus Team / Vila do Conde) foi consolidando a vitória volta após volta, sendo o mais forte em master 40, ficando os restantes lugares do pódio ocupados por Hugo Castro (Rodabike/ACRG/Gondomar) e Marco Azevedo (JoaneBTT / Trilhos Bike / Porta 188), respetivamente segundo e terceiro classificados.

O melhor atleta de master 50 foi Rodolfo Lopes (ASC / Focus Team / Vila do Conde), secundado pela dupla da JUM-Sanitop-KTM, João Araújo e Mário Cruz.

Em cadetes masculinos a ASC/Focus Team/Vila do Conde fez dobradinha no pódio, com primeiro e segundo lugar a pertencerem a Tiago Sousa e Gonçalo Magalhães, primeiro e segundo respetivamente, enquanto César Costa (CRC / Garbo / Módulo 60) foi o terceiro classificado no 1º BTT XCO Tesouros do Ave. Em femininas nova dobradinha, só que desta feita para a formação de Esposende, com a dupla de “Beatrizes”, Faria e Abreu, a serem primeira e segunda, deixando Joana Santos (Tomatubikers ( Toyota – Macedo & Macedo) no último lugar do pódio.

Nos escalões de Escolas, Mariana Líbano (BMC/SRAM/Póvoa de Varzim) e João Cruz (ASC/Focus Team/Vila do Conde) foram os melhores em juvenis, enquanto em infantis se evidenciaram João Martins (Seissa/KTM-BikeSeven/Matias & Araújo/Frulact) e Beatriz Silva (BMC/SRAM/Póvoa de Varzim). Rui Sabino (CRC/Garbo/Módulo 60) e Helena Vasconcelos (Escola BTT Matosinhos) destacaram-se em iniciados enquanto em pupilos/benjamins se diferenciaram Diogo Maia (ASC/Focus Team/Vila do Conde) e Leonor Silva (Tomatubikers/Toyota – Macedo & Macedo).

Na categoria de promoção o vencedor foi José Oliveira com José Fernandes e José Meneses a completarem o pódio.

Coletivamente a ASC/Focus Team/Vila do Conde arrecadou a segunda vitória no Campeonato do Minho de BTT XCO - MAPFRE | Seguros na vertente de competição, classificando-se em segundo a JUM / Sanitop / KTM e em terceiro a Rodabike/ACRG/Gondomar. Em Escolas venceu a Escola BTT Matosinhos, classificando-se o Seissa/KTM-BikeSeven/Matias e Araújo/Frulact em segundo e o CRC/Garbo/Módulo60 em terceiro.

O 1º BTT XCO Tesouros do Ave contou com o apoio da Câmara Municipal de Póvoa de Lanhoso, Junta de Freguesia de Taíde, Real Confraria de Nossa Senhora de Porto de Ave, Federação Portuguesa de Ciclismo, MAPFRE | Seguros, Cision, Raiz Carisma - Soluções de Publicidade, Arrecadações da Quintã, POPP Design, Salvaggio, AFAcycles, Bike Magazine (revista oficial) e do comércio e industria local.

Recorde-se que Porto de Ave acolheu em 2014 o Campeonato Nacional de BTT XCO que consagrou David Rosa e Joana Barbosa como Campeões Nacionais de elites, assim como o 1º XCO - Marino Fonseca que foi disputado no mesmo circuito. As competições de Cross Country Olímpico regressaram agora a Porto de Ave com o 1º BTT XCO Tesouros do Ave pontuável para o Campeonato do Minho de BTT XCO - MAPFRE | Seguros.

A próxima prova do Campeonato do Minho de BTT XCO - MAPFRE | Seguros será o XCO de Vila Franca (9 de abril), seguindo-se o 3º BTT XCO de Melgaço (23 de abril), 6º BTT XCO de Paredes de Coura (30 de abril), 20º BTT XCO C.N.E / Gondar Jovem – Taça Manuel Abreu (7 de maio), 11º BTT XCO de Felgueiras (16 de julho), 7º BTT XCO Os Braguinhas – Troféu Manuel Ferreira (3 de setembro), 14º BTT de Creixomil - Barcelos (10 de setembro),19º BTT XCO - ACRAP (24 de setembro) e o 3º BTT XCO – Souto Santa Maria (15 de outubro).

Fonte: ACM

“Ocean Lava Madeira 2017 marcou dia de competições”

Fotografia: Ocean Lava

O passado domingo, dia 26, ficou marcado pela realização do VI Triatlo Longo Quinta do Lorde – Ocean Lava Madeira 2017. Um evento que se pautou pela realização de três competições de triatlo com diferentes formatos.

Com partida assinalada na Quinta do Lorde todos os participantes foram desafiados a percorrer os exigentes percursos da ilha da Madeira, sendo presenteados com as belas paisagens que ilustraram todo o decorrer das competições.

Com um total de 1,9km de natação, 87 km de ciclismo e 20,1 km de corrida, a principal competição do evento procurou colocar à prova todos os participantes. Gustavo Iglesias, Tripenta Terras de Lugo, e Alice Hector, Evo Trip Club, foram os grandes vencedores do dia e ocuparam o lugar mais alto do pódio em masculinos e femininos, respetivamente. Nas senhoras, Margit Messinger-Walek, URC Sparkasse Langenlois, e Pia Anne Nielsen, IronTeam Machico, foram segunda e terceira, respetivamente, e completaram o pódio absoluto da competição. José Estrangeiro, CNATRIL Triatlo, foi segundo entre os homens e Critobal Rios, Tripenta Terras de Lugo, terminou a prova no terceiro lugar.

No mesmo dia foram disputadas duas competições nos formatos Olímpico e Sprint que percorreram, respectivamente, 1,5km de natação, 39km de ciclismo e 9,3km de corrida, e 750m de natação, 23km de ciclismo e 4,2km de corrida. Frederico Antunes e Carla Neves, ambos atletas do Ludens de Machico/Máxima Dinâmica, foram os grandes vencedores da competição disputada no formato Olímpico, destinada a atletas do escalão Júnior. O Triatlo Sprint, realizado para o escalão Cadete, foi vencido por intermédio de José Franco, Grupo Desportivo Corticeiras, e Joana Sousa, CD Aquático – Venda do Sócio.

O VI Triatlo Longo Quinta do Lorde – Ocean Lava Madeira 2017 foi uma organização conjunta da Câmara Municipal de Machico, da Associação Regional de Triatlo da Madeira, do Hotel Quinta do Lorde e da Ocean/Lava Events – Lanzarote que procurou dinamizar a modalidade e a região da Madeira com a realização de competições para várias idades. A prova de triatlo longo foi pontuável para o Campeonato Regional Individual de Triatlo Longo e apurou atletas para a final do OCEAN LAVA HALF DISTANCE TRIATHLON 2017, a realizar em Lanzarote em Outubro.

Fonte: FTP

“Vanessa Fernandes no bom caminho”

Presença na Taça da Europa da Quarteira decidida hoje

Por: Ana Paula Marques

Só hoje haverá uma decisão sobre a presença de Vanessa Fernandes na Taça da Europa da Quarteira, no sábado, prova que poderá marcar oficialmente o seu regresso ao triatlo, após seis anos de ausência. A triatleta do Benfica participou há mais de uma semana numa prova de estafetas mistas, em distância sprint, pelo que em distância olímpica o seu regresso deverá acontecer na competição internacional no Algarve.

Vanessa tem estado fisicamente bem no estágio que a Seleção está a realizar precisamente no sul do país, mas só hoje, após um treino mais forte, haverá a decisão final. Seja como for, o seu nome consta da lista de atletas que vão estar sexta-feira na conferência de imprensa de antevisão da Taça da Europa da Quarteira, prova onde a vice-campeã olímpica em Pequim’2008 conquistou a última vitória. Foi em 2010.

Fonte. Record on-line

terça-feira, 28 de março de 2017

“Médico garante que pacote entregue a Wiggins continha medicamento legal”

Polémica remonta ao ano de 2011
Por: Lusa
Foto: Reuters
Richard Freeman, o médico no centro da controvérsia do misterioso pacote entregue a Bradley Wiggins no Critério do Dauphiné de 2011, negou qualquer prática ilegal na Sky, reiterando que o ciclista britânico tomou um descongestionante legal.
Numa carta de nove páginas endereçada à comissão de Cultura, Media e Desporto do parlamento britânico, Richard Freeman, que falhou a audiência marcada para 1 de março por estar doente, reiterou que o pacote entregue a Wiggins durante o Critério do Dauphiné de 2011 continha o descongestionante legal Fluimucil, usado para tratar crises de asma.

No entanto, o clínico contrariou declarações de outros elementos da Sky, que diante da comissão parlamentar garantiram que a equipa sempre teve uma conduta médica escrita.
"Em 2011, nenhuma equipa tinha um regulamento médico escrito. Não era uma prática comum nas equipas desportivas naquele momento. No início de 2012, o doutor Steve Peters e eu introduzimos um protocolo básico de controlo dos medicamentos requisitados pela Federação Britânica de Ciclismo. Esse protótipo evoluiu para uma conduta médica escrita", pode ler-se no comunicado de Freeman.
O médico britânico lamentou também não ter mantido os registos clínicos de Bradley Wiggins e de outros ciclistas da equipa.
"Aceito que seria desejável ter guardado os registos médicos. Arrependo-me de não o ter feito", assumiu Freeman, que alegadamente terá visto o computador, onde guardava os dados relativos ao Critério do Dauphiné de 2011, roubado numas férias na Grécia em 2014.
Nas últimas semanas, a entrega de um pacote misterioso ao ciclista Bradley Wiggins, primeiro britânico a vencer o Tour (2012), durante o Critério do Dauphiné de 2011, tem sido alvo de uma grande controvérsia, que levou a uma investigação por parte da agência britânica antidopagem e do parlamento britânico.
As audiências aos vários elementos da equipa britânica puseram em evidência a ausência de registos médicos que sustentem a versão de Wiggins de que a encomenda, que foi transportada desde o Reino Unido até França, continha um medicamento autorizado para a asma.
No início de março, numa audiência no parlamento britânico, a diretora executiva da agência britânica, Nicole Sapstead, disse que a sua entidade está a investigar a possibilidade de o produto entregue a Wiggins ser um corticoide proibido chamado Triamcinolona.


Fonte: Record on-line

“Equipa brasileira de Daniel Silva arrisca suspensão que pode ir até um ano”

Devido a irregularidades com 'doping' verificadas com dois dos seus elementos.

Por: Lusa

Foto: Getty Images Sport

A equipa de ciclismo 'Soul Brasil Pro Cycling', que integra o português Daniel Silva, pode ser punida até um ano, devido a irregularidades com 'doping' verificadas com dois dos seus elementos.
A União Ciclista Internacional (UCI) revelou que o brasileiro Alex Correia Diniz foi suspenso preventivamente, devido a alterações no seu passaporte biológico, enquanto a Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem declarou também conduta imprópria do compatriota Otavio Bulgarelli, neste caso, por tentativa de manipulação de amostra.

Em 19 de dezembro de 2016, a 'Soul Brasil Pro Cycling' foi suspensa por 55 dias pela Comissão Disciplinar da UCI, após três notificações de resultados adversos analíticos do CERA aos membros da equipa.
Segundo o artigo 7.12 das regras antidopagem da UCI, a equipa sofre penalização devido aos atos dos seus atletas: o ponto três indica que, nestes casos, esta pode ser suspensa de 15 dias até 12 meses.
A UCI vai enviar agora o caso para a sua comissão disciplinar, que terá a palavra final.
Em 2009, Alex Correia Diniz, que competia pela Funvic, formação que em 2013 se transformou na atual 'Soul Brasil Pro Cycling', foi suspenso por teste positivo de eritropoietina.
Já Bulgarelli, que chegou à equipa em 2014, retirou-se no final de 2016 para ser técnico auxiliar da equipa.
Daniel Silva, de 31 anos, competiu na época passada pelo Boavista.

Fonte: Record on-line

“Etapa#3 - Troféu BTT Ribatejo Norte 2017”

As melhores provas BTT da Região num só Troféu...

INSCRIÇÕES ABERTAS

Evento

É com enorme prazer que vimos por este meio apresentar a XIII edição da CS DESIGN - MARATONA BTT DE OURÉM - Rota dos Pinheiros, a mais conceituada e antigo evento BTT do Clube e do Concelho de Ourém, que se realiza no próximo dia 16 de Julho de 2017 na Cidade de Ourém e que este ano volta em formato XL - pensado para permitir o máximo aproveitamento do melhor que o Verão tem para dar.

Agendada como a verdadeira Festa de Verão do BTT, a prova servirá como o palco de treino ideal numa fase do ano com menos eventos, sendo a oportunidade para todos os atletas poderem conciliar a possibilidade de melhor manter a forma física conquistada ao longo da primavera e, como a época obriga, ir a "banhos".

Uma vez mais integrada no Troféu BTT do Ribatejo Norte (a mais completa competição da zona centro), a prova será uma vez mais dividida em duas distâncias: Meia-Maratona BTT (35 km) e Maratona (60 km), com espaço, pelo meio, para a Maratona Jovem, pensada para todos os menores de 20 anos (Percurso da Meia-Maratona).

Uma vez mais disputada integralmente no sector mais a sul do Concelho, o percurso irá percorrer alguns dos mais belos trilhos entre o Pinhal e a Serra, numa edição "mais acessível" e comemorativa, com passagem obrigatória pelas associações do Bairro e Outeiro das Matas.

Da parte da tarde e após o habitual almoço convívio (facultativo), as portas das piscinas municipais de Ourém abrem para todos os atletas e acompanhantes para "uma merecida tarde de descanso e convívio dentro de água".

Com organização a cargo do BTT Clube dos Pinheiros / BTT Pedais a Fundo, entre outras associações de referência no Concelho, será com toda a certeza um evento capaz reunir todos os ingredientes para um Domingo memorável, na verdadeira Gala do BTT dos meses de Verão.

Não hesite… Aventure-se!

Site oficial do evento: www.bttclubedospinheiros.com

Novidade

Envio dos Dorsais por Correio: Visando o maior conforto possível do atleta, o BTT Clube dos Pinheiro volta em 2017 a apostar na inovação e revolução do mercado, promovendo um evento sem necessidade de secretariado. Cada atleta irá receber em casa, nos dias imediatamente antes do evento, um envelope onde constará: Dorsal (acompanhado pelas devidas braçadeiras), Guia de Evento com mais informação sobre o evento e Senha(s) de Almoço (se verificável). A partir daí, basta chegar no dia, a tempo do aquecimento e partida, sem necessidade de filas e outras deslocações além da BOX correspondente.

0% Secretariado, 100% Maratona BTT Ourém

Programa

Data: 16 de Juho de 2017

Manhã

Meia-Maratona / Maratona BTT

07h30 - Abertura do Secretariado

08h30 - Abertura do Controlo 0

09h00 - Briefing de Recepção aos Atletas e ultimas notas

09h15 - Partida do Evento

12h00-13h00 - Hora média de Chegada prevista

12h30/13h00 - Cerimónia de podium com entrega de prémios (Geral e Classes).

13h00 - Almoço Convívio

15h15 - Fecho do Controlo Horário de Chegada

Tarde

Piscinas Municipais

(Parque fechado para as Bicicletas)

14h00 - Abertura das Piscinas Municipais

* Acesso gratuito para atletas e acompanhantes (máx.3)

20h00 - Encerramento das Piscinas Municipais

Encerramento do Evento

Local:

Centro de Negócios de Ourém

Cidade de Ourém

Distâncias (evento BTT):

Meia-Maratona BTT - 35km - 800m acumulado (valor aproximado)

Maratona BTT - 60km - 1100m acumulado (valor aproximado)

Maratona Jovem - 35km - 800m acumulado (valor aproximado)

Partida:

Com vista ao conforto do atleta, a organização dos atletas à partida para o evento será feita por boxes de acordo com a distância a percorrer.

Box 1 - Atletas Maratona

Box 2 - Atletas Meia-Maratona

A partida das boxes será simultânea e o primeiro quilómetro do evento (1km) é realizado atrás do PACECAR oficial, que segue em ritmo "controlado" até entrada em Terra...

Não são permitidas alterações de distância no dia do evento, sendo as mesmas penalizadas com a desqualificação do atleta.

Inscrições

INSCRIÇÕES ABERTAS


Site Oficial: www.bttclubedospinheiros.com / www.bttourem.com 

Inscrições Online:

Até às 00 Horas de dia 14 de Julho

(APÓS A DATA REFERIDA, APENAS SERÃO REABERTAS AS INSCRIÇÕES NO PRÓPRIO DIA, COM UM AUMENTO DE 2 EUROS POR ATLETA)

Inclui: Participação, Seguro, Envio do Frontal para casa (para inscrições até dia 10), T-Shirt do Evento (entregue no final do mesmo), Acesso às Piscinas Municipais, Parque fechado para Bicicletas (tarde de Domingo), 2 a 5 pontos de abastecimento, Assistência Médica e Mecânica durante o evento, Cronometragem, Lavagem de Bikes, e Banhos de água quente.

Inscrições realizadas no próprio dia (disponíveis no secretariado do evento):

Acresce 2 euros ao preço do evento.

(Sujeitas à abertura das mesmas)

Extras:

1 Euro - Dorsal Personalizado

(com nome do atleta)

6 Euros - Almoço Convívio de Domingo

(Cidade de Ourém)

Preço da inscrição (Acompanhantes):

GRATUITO - Acesso às Piscinas - até 3 Acompanhantes

(Inscrição Obrigatória - No dia do evento)

1 Euro - Acesso às Piscinas - restantes Acompanhantes

(Inscrição Obrigatória - No dia do evento)

8 Euros - Almoço Convívio de Domingo

(Cidade de Ourém)

Método de Pagamento:

O pagamento é processado em sistema de entidade / referência (dispensando envio de comprovativo) e está a cargo da empresa Chrono.pt

Fonte: BTT Clube dos Pinheiro

 

“BMX e BTT”

Equipa Portugal na Bélgica e em Espanha

A Equipa Portugal corre em duas frentes no próximo fim de semana. A Seleção de BMX participa nas duas primeiras provas da Taça da Europa, em Zolder, Bélgica, sábado e domingo. A Seleção de BTT representa o país no Superprestígio MTB, no domingo, em Arguedas, Navarra.

Bruno Cardoso vai vestir as cores nacionais da Taça da Europa de BMX. Depois de, no ano passado, terminar a competição no terceiro lugar na categoria challenge, estreia-se em 2017 na categoria de elite.

“O Bruno tem de passar por uma fase de adaptação a pistas e corridas de formato olímpico, até porque é muito jovem é elite de primeiro ano”, explica o selecionador nacional de BMX, Alexandre Almeida. “Gostava que conseguíssemos passar a qualificação para entrar nas eliminatórias”, adianta o responsável técnico.

As corridas disputam-se, sábado e domingo, a partir das 10h45, e podem ser vistas em direto na página da União Europeia de Ciclismo na internet.

A Equipa Portugal de BTT regressa a Espanha, de onde saiu, no dia 19 de março, com cinco pódios. No próximo domingo compete na corrida de cross country olímpico (XCO) Superprestígio MTB, em Arguedas, Navarra.

Portugal vai estar representados por dois corredores de elite, José Dias (Seissa/KTM Bikeseven/Matias & Araújo/Frulact) e Roberto Ferreira (Quinta das Arcas/Jetclass/Xarão), pelos sub-23 Ana Tomás (BTT Seia), Bruno Nunes (Strix Bike Team) e João Rocha (Rodabike/ACRG/Gondomar), pelos juniores Carlos Salgueiro (Maiatos/Reabnorte), Guilherme Mota (Marrazes/Gui/Breijinho/Bike Zone Leiria), Jéssica Costa (ASC/Focus Team/Vila do Conde) e Marta Branco (Maiatos/Reabnorte), e pela cadete Daniela Campos (BTT Loulé/BPI/Elevis).

“Os objetivos que temos para esta participação passam, essencialmente, por continuar a dar condições aos ciclistas mais jovens de adquirirem experiência e de melhorarem a preparação em contexto internacional. Da anterior convocatória para esta optamos por manter o grupo de trabalho, apenas com a saída do David Rosa e com a entrada do elite de primeiro ano Roberto Ferreira, que reforça a tónica na juventude”, declara o selecionador nacional de BTT, Pedro Vigário.

As provas femininas disputam-se às 9h00, enquanto os masculinos entram em pista duas horas mais tarde.

Fonte: FPC