domingo, 15 de abril de 2018

“ Última hora… Correção do link das fotos de Pombal”

Pedimos desculpa, mas colocamos por lapso o link das fotos do Penteado no de Pombal, aqui fica o link certo, deixamos um pedido de desculpas mais uma vez.

 “Galeria Multimédia” divulgação das Fotos do “22º Passeio de Pombal.2018”

 

Já estão on-line na “Galeria Multimédia”, as fotos do “22º Passeio de Pombal.2018” realizado este domingo em Pombal, as mesmas podem ser visualizadas em: https://photos.google.com/share/AF1QipMivfrppimdPfBs_vpsvIkI-wV04c58cKS9fBm5qV0Pb1Fvuv5I8E-vXoCU4pwdpw?key=cllTT1lVTVZ0MGZmZk1BM211NTZZTGFYUDlsWXB3

“Grandes prestações no Duatlo de Braga!”

Realizou-se dia 14 de abril a primeira edição do Duatlo de Braga na distância olímpica.

Realizou-se ontem a prova a contar para o Campeonato Nacional de Clubes e Campeonato Nacional Individual. A Cidade Europeia de Desporto acolheu esta prova que partiu da avenida central de Braga, facto que aumentou a presença do público que se juntou no local para aplaudir os participantes, tornando-se uma competição com muita assistência. Este foi também um duatlo muito participado principalmente no setor feminino, o que é menos habitual acontecer nesta distância (10km de corrida, seguindo se de 40km de ciclismo e terminando com uma segunda corrida de 5km).

João Ferreira sagrou-se Campeão Nacional Absoluto de Duatlo com uma excelente prestação no Duatlo de Braga!

O Duatlo de Braga teve início às 14h30, com um percurso de corrida duro, com bom nível competitivo. Na competição masculina formou-se um grupo da frente onde se incluiu João Ferreira, Rafael Domingues e Gil Maia. João Francisco Ferreira, do Estoril Praia Triatlo, ganhou a prova com a marca de 01:55:09, seguindo-se de Rafael Domingos, também do Estoril Praia Triatlo, que ficou em segundo lugar com 01:55:21. Gil Maia, do Lusavouga – BH Porto Triatlo, completou o pódio com 01:55:39 mais 30’’ do que o vencedor.

«A prova correu bem, o percurso era plano, consegui estar na frente na primeira corrida, mas senti-me mal a determinada altura e abdiquei do grupo da frente. Mas depois recuperei e apanhei o grupo», explicou João afirmando que não estava a 100 por cento e que ainda se ressentia das pernas do Setúbal Triathlon da semana anterior. «No ciclismo, segui na frente com mais dois atletas, Rafael Domingos e Gil Maia, mas fomos apanhados pelo grupo perseguidor». Com nova recuperação, João Ferreira e Rafael Domingos fizeram companhia um ao outro na última corrida, mas João destacou-se no final, tendo vencido a prova com 11’’ de diferença de Rafael. Os próximos objetivos são já o Campeonato Nacional de Estafetas (15 de abril) e o Challenge de Lisboa, em maio.

Os resultados do Campeonato Nacional de Duatlo por Equipas teve a participação de 20 equipas masculinas, com vitória do clube Estoril Praia Triatlo com João Francisco Ferreira, Rafael Domingos e Bruno Pais com o tempo total de 05:50:41. Na segunda posição ficou CPA, com os atletas João Bragadeste, Marco Miguel e Pedro Lomba com a marca de equipa de 05:55:05  O Outsystems Olímpico de Oeiras conquistou a terceira posição com Rui Narigueta, Marco Costa e Nuno Carvalho que totalizaram o tempo de 05:57:05.

Ana Filipa Santos venceu a prova feminina, depois de ter ficado em primeiro lugar no Triatlo Longo de Setúbal

Ana Filipa Santos, do Rio Maior Triatlo, foi a grande vencedora deste Duatlo, conquistando pela quarta vez o título de campeã nacional, com a marca de 02:15:24. Andreia Ferrum, do Outsystems Olímpico de Oeiras foi a segunda classificada, que passou a meta com 02:16:17 enquanto Sofia Hipólito, do Alhandra Sporting Club, completou o pódio com 02:16:28.

A atleta do Rio Maior Triatlo destacou-se das adversárias, com Andreia Ferrum na perseguição, mas com vantagem de Ana Filipa que acabaria por vencer a competição.

«Foi um percurso muito giro. E só tenho a dizer bem da organização, assim como da ‘apresentação’ da prova, que tem melhorado muito, pelo que dou os parabéns à aos organizadores», disse Ana Filipa Santos. Quanto à competição, Ana Filipa afirmou que acusou o cansaço da semana passada no Setúbal Triathlon, prova de média distância da qual se sagrou vencedora. «Senti-me um pouco cansada a correr, a pedalar senti-me bem, e como cheguei à segunda transição com vantagem consegui gerir o último segmento da corrida, apesar do cansaço.» Do percurso propriamente dito, a triatleta disse que ‘o percurso da corrida foi duro, com muita calçada, e quanto ao ciclismo apanhou sempre vento pela frente: como fez a prova sozinha foi um percurso lento, apesar de ser ter sentido bem e de ser muito bonito’. «Se calhar se tivesse um grupo para me acompanhar, o ciclismo tinha sido mais rápido».

Os próximos objetivos «são talvez fazer o Challenge de Lisboa e ao Campeonato Ibérico de Longa distância».

Os resultados no setor feminino deram a vitória ao Alhandra Sporting Club com Sofia Hipólito, Pauline Vie e Ana Filipa Ferreira que totalizaram em conjunto a marca de 06:50:52. Em segundo lugar ficou o Sporting Clube de Portugal com Mariana Talhinhas, Inês Oliveira e Ana Vigário que conseguiram a marca de 07:32:12. A fechar o pódio feminino das equipas ficou a Associação Académica de São Mamede

com a atleta Joana Creissac, Maria João Lima e Margarida Cunha que fizeram um total de 08:21:59.

Foi uma prova muito bem organizada, em que se salienta o bom ambiente, o apoio do público e a relevante prestação feminina, que nos dá indicadores que a modalidade está a crescer.

O Duatlo de Braga Izihouse é uma organização da Câmara Municipal de Braga – Cidade Europeia do Desporto e do Clube Tribraga, com o apoio técnico da Federação de Triatlo de Portugal.

Fonte: FTP

“MICHAEL VALGREN VENCE AMSTEL GOLD RACE”

Dinamarquês surpreendeu os favoritos na Holanda

Por: Lusa

Foto: EPA

O dinamarquês Michael Valgren (Astana) surpreendeu este domingo os favoritos e venceu a clássica velocipédica Amstel Gold Race, impondo-se no final dos 263 quilómetros entre Maastricht e Valkenburg, na Holanda.

Valgren, de 26 anos, tornou-se o segundo dinamarquês a vencer a prova, depois do triunfo de Bjarne Riis em 1997, levando a bom termo um duplo ataque na parte final da corrida, o último dos quais a 2,2 quilómetros da meta.

Com este arranque, o belga, que tinha sido segundo em 2016, atrás do italiano Enrico Gasparotto, hoje terceiro, destacou-se dos principais candidatos ao triunfo final e levou apenas o checo Roman Kreuziger (Mitchelton-Scott), batendo-o na reta final.

"A equipa contava comigo. Na fuga, tive a ajuda do Jakob Fuglsang, que esteve muito forte, e, depois desse esforço todo, tive de vencer", afirmou Valgren, que já tinha vencido em fevereiro a clássica belga Het Nieuwsblad.

O eslovaco Peter Sagan (BORA-hansgrohe), tricampeão do mundo, seguiu a estratégia vitoriosa de domingo passado no Paris-Roubaix, mas não conseguiu melhor do que liderar o primeiro grupo perseguidor e terminar no quarto posto, à frente do espanhol Alejandro Valverde (Movistar), quinto.

Na prova feminina, a holandesa Chantal Blaak (Boels-Dolmans), campeã do mundo em título, impôs-se ao 'sprint' à compatriota Lucinda Brand (Sunweb) e à australiana Amanda Spratt (Mitchelton-Scott), suas companheiras de fuga, numa prova em que a portuguesa Daniela Reis (Doltcini-Van Eyck Sport) acabou por desistir.

Fonte: Record on-line

“Taça de Portugal de Juniores”

Francisco Guerreiro vence em Odemira

Por: José Carlos Gomes

Francisco Guerreiro (Sicasal/Liberty Seguros/Bombarralense) ganhou hoje a terceira prova Taça de Portugal de Juniores, uma ligação de 129 quilómetros entre Vila Nova de Milfontes e Odemira.

A etapa em linha do Troféu José Poeira acabou por decidir-se no exigente quilómetro e meio final, sempre a subir, no coração de Odemira. Francisco Guerreiro foi o mais forte, cortando a meta ao fim de 3h26m45s de prova.

O odemirense Afonso Silva (Sporting-Tavira) repetiu o resultado do contrarrelógio da véspera e foi o segundo a cortar a meta, com mais 4 segundos do que o vencedor. O terceiro foi Diogo Ribeiro (Sporting/Tavira/Formação Eng. Brito da Mana), a 9 segundos.

Ao fim de três corridas disputadas, Diogo Ribeiro está no topo da classificação da Taça de Portugal, somando 170 pontos. Com 137 estão Guilherme Mota (Alcobaça CC/Crédito Agrícola) e Afonso Silva. O Sporting/Tavira/Formação Eng. Brito da Mana tem dominado completamente em termos coletivos, somando três vitórias em outras tantas provas.

A Taça de Portugal de Juniores irá terminar com uma jornada dupla, com provas em Sobrado, Valongo, e na Palmeira, Braga, nos dias 5 e 6 de maio, respetivamente.

 

Classificação

Vila Nova de Milfontes – Odemira, 129 km

1.º Francisco Guerreiro (Sicasal/Liberty Seguros/Bombarralense), 3h26m45s

2.º Afonso Silva (Sporting/Tavira/Formação Eng. Brito da Mana), a 4s

3.º Diogo Ribeiro (Sporting/Tavira/Formação Eng. Brito da Mana), a 9s

4.º Carlos Barreiros (Tensai/Sambiental/Santa Marta), a 33s

5.º Pedro Silva (Seissa/KTM Bikeseven/Matias & Araújo/Frulact), a 44s

6.º Pedro Pinto (Silva & Vinha/ADRAP/Sentir Penafiel), a 50s

7.º Julián Madrigal (Alcobaça CC/Crédito Agrícola), a 56s

8.º António Ferreira (Vito/Feirense/BlackJack), mt

9.º Rodrigo Silva (Bairrada), a 1m09s

10.º Daniel Mendez (Bairrada), a 1m27s

Fonte: FPC

“Efapel/Henrique Casimiro fecha em quarto em dia grande para a equipa”

          Equipa EFAPEL lutou pela vitória no GP Internacional das Beiras e Serra da Estrela

          Henrique Casimiro e Daniel Mestre concluem no top-ten da prova

          Formação vence classificação colectiva

A Equipa EFAPEL voltou a estar em destaque no Grande Prémio Internacional das Beiras e Serra da Estrela. Depois de ter ganho as duas primeiras edições desta competitiva prova de ciclismo, fechou a deste ano com Henrique Casimiro, quarto, e Daniel Mestre, nono, entre os dez primeiros. A formação liderada por Américo Silva ainda subiu ao pódio final para celebrar o triunfo a nível colectivo.

Foram três dias muito intensos e exigentes para o forte pelotão que disputou a terceira edição do GP Internacional das Beiras e Serra da Estrela. A derradeira etapa ligou Gouveia à Guarda, com passagem pelo ponto mais alto de Portugal Continental. Foram menos de 170 quilómetros vibrantes e nos quais a Equipa EFAPEL procurou vencer. Henrique Casimiro partiu como o ciclista da estrutura que equipa de amarelo e preto com mais condições para discutir a amarela. Os sete comandados por Américo Silva trabalharam nesse sentido e o alentejano esteve na discussão mesmo até ao fim.

Na meta, Mario Gonzalez (Sporting/Tavira) chegou primeiro isolado. Dimitrii Strakhov (Lokosphinx) foi terceiro e conseguiu recuperar a camisola amarela e vencer a competição. Daniel Mestre e Henrique Casimiro acabaram em sétimo e em oitavo, respectivamente, a 42 segundos do vencedor do dia. Com este resultado, Casimiro subiu ao quarto posto na geral individual, a 12 segundos de Strakhov, enquanto Mestre ascendeu a nono, a 19 segundos da amarela.

Vitória colectiva

Para além do bom desempenho individual, a Equipa EFAPEL voltou a demonstrar a força do colectivo. Prova disso foi a vitória nesse particular. O conjunto liderado por Américo Silva deixou a W52/FC Porto na segunda posição, a dez segundos.

“O balanço da nossa participação é bastante positivo. Estivemos na discussão pelo triunfo até ao fim. Hoje tivemos o Sérgio Paulinho na fuga e ainda procurámos ganhar a etapa. Não foi possível, mas alcançámos o primeiro lugar a nível colectivo, o que é revelador da força do nosso conjunto”, afirmou o director desportivo da Equipa EFAPEL, Américo Silva.

Concluída o III Grande Prémio Internacional das Beiras e Serra da Estrela, a Equipa EFAPEL vai preparar a participação da próxima corrida que se realiza já no próximo fim-de-semana. Pela primeira vez em 2018, a formação de amarelo e preto cruza a fronteira e vai competir na Vuelta Ciclista Castilla y Leon entre os dias 20 e 22 de abril.

 

Classificação na terceira etapa

    Mario Gonzalez        Sporting/Tavira            4h08m19s

    Brandon McNulty        Rally Cycling                a 36s

    Dimitrii Strakhov        Lokosphinx                a 39s


    Daniel Mestre        EFAPEL                a 41s

    Henrique Casimiro        EFAPEL                m.t.

18º    Jesus del Pino        EFAPEL                a 57s

29º    Sérgio Paulinho        EFAPEL                a 1m52s

43º    Marcos Jurado        EFAPEL                a 13m14s

52º    Rafael Silva            EFAPEL                a 13m23s

NT    Bruno Silva            EFAPEL                NT

Classificação final

    Dimitrii Strakhov        Lokosphinx                13h26m57s

    César Fonte            W52/FC Porto            a 2s

    Jóni Brandão            Sporting/Tavira            a 9s


    Henrique Casimiro        EFAPEL                a 12s

    Daniel Mestre        EFAPEL                a 19s

17º    Jesus del Pino        EFAPEL                a 39s

24º    Sérgio Paulinho        EFAPEL                a 4m15s

52º    Marcos Jurado        EFAPEL                a 35m36s

55º    Rafael Silva            EFAPEL                a 36m39s

NT    Bruno Silva            EFAPEL                NT

Fonte: Efapel

“GP Internacional Beiras e Serra da Estrela”

Etapa para González e geral para Dmitrii Strakhov

Por: José Carlos Gomes

O espanhol Mário González (Sporting-Tavira) ganhou hoje a terceira e última etapa do GP Internacional Beiras e Serra da Estrela, uma ligação de 149,9 quilómetros, entre Gouveia e a Guarda, que o russo Dmitrii Strakhov (Lokosphinx) aproveitou para conquistar a camisola amarela final.

A etapa foi muito atacada pelos homens do Sporting-Tavira, que lançaram Joni Brandão, Frederico Figueiredo e Álvaro Trueba para a frente da corrida na subida para as Penhas Douradas. A W52-FC Porto absorveu o trio e logo se formou nova fuga. Entre os seis elementos que escaparam estavam dois sportinguistas, Álvaro Trueba e Alejandro Marque. Mais adiante, já com a subida para a Guarda em ponto de mira, o dono da camisola dos trepadores, Mário González, abalou do pelotão, passou pelo grupo de fugitivos e triunfou em solitário, coroando de sucesso a estratégia de Vidal Fitas.

Mário González cortou a meta com 4h08m19s, menos 36 segundos do que o segundo classificado, o jovem Brandon McNulty (Rally Cycling), campeão mundial júnior de contrarrelógio em 2016. O terceiro, a 39 segundos, foi o russo Dmitrii Strakhov.

Os 4 segundos de bonificação pelo terceiro posto na tirada, somaram-se a 2 segundos que Strakhov conquistou na primeira meta volante do dia, anulando a desvantagem de 6 segundos com que partira para César Fonte (W52-FC Porto). Um corte de 2 segundos na chegada consumou a reviravolta classificativa.

Dmitrii Strakhov concluiu os três dias de competição com uma vantagem de 2 segundos sobre César Fonte. O terceiro, a 9 segundos, foi Joni Brandão. O russo sucede a Jesús del Pino como vencedor do Grande Prémio Internacional Beiras e Serra da Estrela.

O corredor da Lokosphinx ganhou também a classificação da juventude, enquanto o Sporting-Tavira ficou com as classificações da montanha e das metas volantes, por intermédio de Mário González e Joni Brandão, respetivamente. A Efapel impôs-se por equipas.

 

Classificações

3.ª Etapa: Gouveia - Guarda, 149,9 km (Média: 40,666 km/h)

1.º Mário González (Sporting-Tavira), 4h08m19s

2.º Brandon McNulty (Rally Cycling), a 36s

3.º Dmitrii Strakhov (Lokosphinx), a 39s

4.º Joni Brandão (W52-FC Porto), mt

5.º Joaquim Silva (Caja Rural-Seguros RGA), a 41s

6.º César Fonte (W52-FC Porto), mt

7.º Daniel Mestre (Efapel), a 42s

8.º Henrique Casimiro (Efapel), mt

9.º Domingos Gonçalves (Rádio Popular-Boavista), a 44s

10.º Xuban Errazkin (Vito-Feirense-BlackJack), mt

 

Geral Individual

1.º Dmitrii Strakhov (Lokosphinx), 13h26m57s

2.º César Fonte (W52-FC Porto), a 2s

3.º Joni Brandão (Sporting-Tavira), a 9s

4.º Brandon McNulty (Rally Cycling), a 12s

5.º Henrique Casimiro (Efapel), a 13s

6.º Wilmar Paredes (Manzana Postobon), a 17s

7.º Domingos Gonçalves (Rádio Popular-Boavista), mt

8.º Joaquim Silva (Caja Rural-Seguros RGA), a 18s

9.º Daniel Mestre (Efapel), a 20s

10.º Xuban Errazkin (Vito-Feirense-BlackJack), a 21s

Fonte: FPC

“22º Passeio de Pombal marcado com muita chuva”

Texto: José Morais

Fotos: Helena e José Morais

O Clube de Cicloturismo de Pombal levou para a estrada este domingo 15 de abril, o seu 22º passeio de bicicleta, um evento que fazia parte do calendário oficial da Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta (FPCUB), numa extensão de 60 quilómetros.

Uma centena de amantes da bicicleta, resistiu às más condições climatéricas, e mesmo debaixo de chuva, não desistiram de pedalar, proporcionando à organização realizar assim, mais um grande passeio, exemplar na forma como o tem vindo a fazer ao longo dos anos, o qual é apreciado por muitos.

A Central de Camionagem de Pombal, foi o local da concentração a partir das 8 horas da manhã, derivado à mas condições climatéricas, e de acordo com todos, a partida foi atrasada em meia hora, começando os cicloturistas a rolar pelas 9,30.

Com passagem por, Venda da Cru, Aldeia dos Redondo, Pinheirinho, Casal Velho, Casal Fernão, Alto Cabaço, Barco, e Pombal, com paragem no Jardim Municipal, foi a primeira parte do passeio, seguindo-se um abastecimento a todos os participantes.

Seguiu a segunda parte do passeio, com a caravana a passar por, Barrocas, Casalinho, Vermoil, Tiroeira, Valdeira, Pombal, Caseirinhos, e Capela Nossa Sra. Belém, onde o passeio veio a terminar cerca das 12,30, com um final especial de roda livre com cerca de 500 metros, a partir de Caseirinhos até ao alto da Capela Nossa Sra. Belém, com uma inclinação sem dívida muito acentuada, mas onde alguns conseguiram superar a mesma.

O postal ilustrado:

Pombal é uma cidade portuguesa pertencente ao distrito de Leiria, foi fundada por Dom Gualdim Pais, Grão-Mestre da Ordem dos Templários, que mandou construir o seu Castelo, e deu-lhe Foral no ano de 1174.

Pombal é terra de história, de lendas e de gente ilustre, do grande Marquês de Pombal, do historiador e escritor João de Barros, do político Mota Pinto, da poetisa Martel Patrício, do médico e escritor Amadeu da Cunha, entre tantos outros.

Aqui podemos encontrar um sem número de coisas para visitar e descobrir, numa terra de grandes tradições, com locais maravilhosos, onde este domingo apesar da chuva que caiu, muitos puderam disfrutar dos mesmos, os quais se recomenda a visitar.

E foi por estes locais e terra de tradições que acompanhamos o passeio deste domingo, onde se não fosse a chuva, teria sem dúvida muitos mais participantes, mas, onde na opinião de Armando Vieira, presidente do Clube de Cicloturismo de Pombal, nos dizia no final com satisfação de mais uma missão cumprida.

Foi um belo passeio, apesar do número de participantes não serem numerosos, tivemos equipas que vieram de Lisboa, uma delas pela primeira, participantes da zona, de Leiria, Coimbra, Marinhais, todos com vontade de pedalaram, e muitos desde a primeira edição.

A chuva, foi uma das causas de menor participação, porem, outros eventos marcados para o mesmo dia divide participantes, o que por vezes em nada abona as organizações, ficando os números abaixo do esperado, mas continuamos a tentar dar o nosso melhor, e a garantir qualidade.

É foi sem dúvida um belo passeio, a organização soube antes, durante e após o evento satisfazer todos que marcaram presença, tentando esmerar-se para dar o seu melhor, o que tem feito de ano para ano, neste que já uma vez foi considerado o melhor passeio do ano.

Um passeio que não levou forças policiais, apenas elementos do Grupo de Motares de Pombal, os quais deram segurança a todo o pelotão. Finalizando o mesmo, com um almoço convívio, onde não faltou o tradicional e suculento porco no espeto. 
 

Da nossa parte, temos de dar os parabéns por esta organização, ainda deixar o nosso agradecimento pela maneira que mais um ano fomos recebidos, fazendo votos de marcar presença novamente em 2019, se não for antes em mais uma edição das 14 horas a pedalar, ficando até lá os votos de bons passeios, boas pedaladas.

Podem ser visualizadas mais fotos deste evento em:




 

“Galeria Multimédia” divulgação das Fotos do “22º Passeio de Pombal.2018”

Já estão on-line na “Galeria Multimédia”, as fotos do “22º Passeio de Pombal.2018” realizado este domingo em Pombal, as mesmas podem ser visualizadas em: https://photos.google.com/share/AF1QipORIDgjwQXcKxaVyEhH022W7werkJVC6WHd2qlteCdgGkUVetHdQrKaQGX0DMNG_w?key=Z0RONTNfTHk3cklUeU1CblhuOFdxOVJQV1NCLThn