sábado, 15 de setembro de 2018

“Melanie Santos foi sexta classificada na final do Mundial”

A australiana Asleigh Gentle garantiu o título mundial

Por: Lusa

Foto: Filipe Farinha

A portuguesa Melanie Santos foi este sábado sexta classificada na competição de elite feminina da Grande Final do Campeonato do Mundo de Triatlo, a decorrer em Gold Coast, na Austrália.

Melanie Santos, de 23 anos, foi a única portuguesa em prova, conseguindo recuperar posições na parte final, nas últimas voltas da corrida, o que lhe valeu o sexto lugar na sua primeira vez na final do Mundial, com 01:53.26 horas.

"A prova correu bastante bem, foi um excelente resultado porque não é só uma WTS, que já por si é de nível elevado, trata-se de uma grande final onde estão as melhores das melhores, pelo que este resultado me deixa muito orgulhosa", disse a triatleta, em declarações à assessoria de imprensa da Federação de Triatlo.

A atleta, que tinha já sido quinta na etapa de Abu Dhabi, em março, explicou ainda os contornos da prova de hoje.

"Fui sempre no segundo grupo do ciclismo, que era constituído por um grupo enorme, de cerca de 25 atletas, consegui manter-me nesse grupo, controlando a posição", explicou, acrescentando ter feito "um segmento de corrida muito tático", para poder atacar e ganhar posições perante adversárias em 'quebra'.

A australiana Asleigh Gentle garantiu o título mundial, com 01:52.00 horas, ganhando ao 'sprint' à britânica Vicky Holland, com 01:52.00.

Também hoje, na madrugada de Lisboa, estiveram em prova os juniores portugueses, em masculinos e femininos, com Vasco Vilaça, vice-campeão mundial em 2017, a ter o melhor resultado, com um nono lugar, com 53.50 minutos.

"A prova correu bem, não foi uma natação muito boa, fiquei no segundo grupo do ciclismo, mas consegui sozinho apanhar o primeiro grupo e sair em segundo da transição. Não me senti muito bem no segmento da corrida, também afetado pela penalização, pelo que perdi algumas posições", disse.

O triatleta foi penalizado com dez segundos, no segmento de natação, depois de ter ficado sem a touca.

Ricardo Batista foi 15.º (54.16 minutos) e Tiago Fonseca 36.º (55.44), numa competição em que a vitória coube ao húngaro Csongor Lehmann (52.49).

No mesmo escalão, em femininos, Mariana Vargem foi 14.ª (01:00.26), Gabriela Ribeiro 32.ª (01:02.05 horas), Inês Rico 52.ª (01:09.30). A vitória pertenceu à mexicana Cecilia Alavez (59.11 minutos).

A elite masculina, com os portugueses Alexandre Nobre, João Silva, João Pereira e Miguel Arraiolos, disputa-se no domingo.

Fonte: Record on-line

“'Sportinguista' Alejandro Marque fecha Volta à China em sétimo lugar”

Por: LUsa

Foto: Lusa

O ciclista espanhol Alejandro Marque (Sporting/Tavira) concluiu este sábado a Volta à China com uma subida de dois lugares na geral, de nono para sétimo, após a sétima e última etapa.

Na tirada de 107,2 quilómetros, entre Xinning Langshan e Langshan, o corredor espanhol terminou integrado no grupo da frente, com o mesmo tempo do vencedor, o seu compatriota Manuel Peñalver (Trevigiani Phonix - Hemus 1896), com 2:38.33.

Nesta última etapa, os 'sportinguistas' Nicola Toffali (60.º da geral), Frederico Figueiredo (26.º), Valter Pereira (34.º), David Livramento (76.º) e Rinaldo Nocentini (32.º) chegaram todos com o mesmo tempo do vencedor.

Fonte: Record on-line

“Vuelta/Enric Mas vence ao sprint na montanha; Yates pode preparar a festa”

Última etapa da Vuelta disputa-se no domingo

Por: Lusa

O ciclista espanhol Enric Mas (Quick-Step) venceu este sábado a 20.ª e penúltima etapa da Volta a Espanha, enquanto o britânico Simon Yates (Mitchelton-Scott) ficou mais perto da vitória final.

Na chegada ao Alto de la Gallina, em Andorra, coincidente com contagem de montanha de categoria especial, Enric Mas bateu o colombiano Miguel Ángel López (Astana) num sprint a dois, enquanto Yates foi terceiro, a 23 segundos, e consolidou a liderança.

Enric Mas, que gastou 2:59.30 horas para cumprir os 90,7 quilómetros da tirada iniciada em Escaldes-Engordany, subiu de quarto ao segundo lugar, a 1.46 minutos do camisola vermelha, e Ángel López saltou de quinto para o terceiro, enquanto o espanhol Alejandro Valverde (Movistar) caiu do segundo lugar, ficando fora do pódio.

No domingo disputa-se a derradeira etapa, com 100,9 quilómetros, entre Alcorcón e Madrid, onde se assitirá à primeira consagração de Yates, 26 anos, numa grande prova internacional por etapas.

Fonte: Record on-line

“Equipa Portugal/Tiago Ferreira 29.º no Mundial de Maratona BTT”

Por: José Carlos Gomes

O português Tiago Ferreira foi o 29.º classificado no Campeonato do Mundo de Maratona BTT, disputado em torno de Auronzo di Cadore, nos alpes dolomíticos, Itália.

Partindo com o dorsal 13, Tiago Ferreira até começou bem a prova, mantendo-se na cabeça de corrida durante a primeira hora e meia de prova. No entanto, a entrada no troço mais duro da prova de 102 quilómetros revelou-se fatal para as aspirações nacionais.

O corredor viseense não teve as melhores sensações, sendo incapaz de responder à mudança de ritmo dos homens mais fortes do dia. Na altura em que acontecia a seleção de valores, Tiago Ferreira perdeu o contacto com a frente da corrida.

O campeão mundial de 2016 e vice-campeão de 2017 esteve, desta vez, longe da discussão do pódio, sendo o 29.º a cortar a meta, a 16m20s do primeiro classificado. “O Tiago não teve um dia bom. Sensivelmente a meio da corrida não conseguiu seguir com os melhores. Começou por perder tempo, acabando por perder também algum ânimo, quando percebeu que não conseguiria bater-se pelo pódio. Isso explica que fosse perdendo posições até ao final”, explica o selecionador nacional, Pedro Vigário.

A luta pelas medalhas foi acesa. Só o sprint, nas últimas centenas de metros, foi capaz de hierarquizar o que os 4200 metros de acumulado de subida não conseguiram separar. O mais forte nos metros finais foi o brasileiro Henrique Avancini, que concluiu a maratona em 5h08m28s, menos 2 segundos do que o austríano Daniel Geismayr e menos 7 segundos do que o colombiano Héctor Leonardo Páez, segundo e terceiro, respetivamente.

A Equipa Portugal também esteve representada por Luís Leão Pinto, que desistiu com uma lesão muscular, quando estava a fazer uma prova em crescendo, e por José Dias, que também abandonou.

Fonte: FP

“Este domingo mais um direto no Facebook…”

Este domingo o Notícias do Pedal-TV vai marcar presença em Lisboa, no “Bicla Fest” – Lisboa Ciclável, no âmbito da Semana Europeia da Mobilidade.

A partir das 9 horas da manhã iremos estar em direto para o Facebook no Terreiro do Paço, com mais um grande passeio de bicicleta, muita festa e animação.

Entrevistas, a partida, o pelotão na estrada, entre outros momentos, poderão ser vistos em direto.

Se não vai participar neste grande passeio, assista a bons momentos que este evento promete.

Não se esqueça, 9 horas aqui em direto para todos.

Nota da Redação.