segunda-feira, 8 de maio de 2017

“19.º Portugal de Lés-a-Lés”

Caravana gigantesca na maior maratona mototurística enquanto se pensa no Portugal de Lés-a-Lés Off-Road

 Festa pronta… e a dobrar

Com lista de inscritos que, um mês antes do final da data, ultrapassou o limite previsto de 1500 participantes, o 19.º Portugal de Lés-a-Lés terá a maior caravana de sempre, fazendo da ligação de Vila Pouca de Aguiar a Faro uma festa gigantesca. As mudanças propostas pela Comissão de Mototurismo da Federação de Motociclismo de Portugal, nomeadamente a passagem de duas para três etapas mais o Passeio de Abertura, parecem ter sido de agrado geral, aumentando a adesão ao maior evento mototurístico da Europa.

Antes da publicação da listagem definitiva, com horas de partida para cada etapa bem como de apresentação nas Verificações Técnicas, a 14 de junho, em Vila Pouca de Aguiar, a lista de inscritos por ordem alfabética está já disponível no site da FMP www.fmp-live.pt

Em espaço mais amplo e funcional, as renovadas Verificações Técnicas vão proporcionar maior rapidez nos procedimentos, confirmações e entregas de material para que todos possam partir o mais cedo possível para o Passeio de Abertura. Arranque da mais extensa edição de sempre, na ligação de 1100 quilómetros entre Vila Pouca de Aguiar a Faro, com paragem no Fundão e Elvas, percorrendo, de 14 a 17 de junho, algumas das mais pitorescas estradas nacionais, regionais e municipais.

 

Já abriram inscrições para o Lés-a-Lés Off-Road

Mas, para os adeptos da condução em fora de estrada, sobretudo proprietários das maxi-trail, mas também das trail, enduristas ou rali-raid, a FMP propõe aventura mais radical, sob a forma do 3.º Portugal de Lés-a-Lés Off-Road. Evento mototurístico (e não competitivo!) para descobrir alguns dos mais surpreendentes locais do País, de 20 a 23 de setembro, com 1000 quilómetros ao longo de três etapas, entre Boticas, Belmonte, Arraiolos e Lagoa, sempre com nível de dificuldade baixo e moderado. Face ao sucesso das duas anteriores edições, também o limite de 300 participantes deverá ser atingido bem antes da data limite para as inscrições, em curso até 31 de agosto no site www.les-a-les.pt.

Fonte: O Gabinete de Imprensa Portugal de Lés-a-Lés/Parceria Notícias do Pedal

“2ª etapa troféu BIKE CHALLENGE RESISTÊNCIAS Terras de Santa Maria”

No passado dia 25/04, os atletas do Intercaimabike, Carlos Almeida, Laura Bastos, Marcelo Sousa, Filipe Ferreira, Filipe Tavares, Eduardo Almeida, Marcelo Almeida e Nuno Almeida, participaram na 2ª edição da Resistência Peruf, realizada em Pigeiros, Santa Maria da Feira a contar para 2ª etapa troféu BIKE CHALLENGE RESISTÊNCIAS Terras de Santa Maria.

Pelas 9 horas da manhã, os 170 participantes deixaram uma nuvem de pó na partida desta 2ª edição das 3 horas de resistência em BTT, enquanto iniciavam um percurso de com uma extensão aproximada de 5,5kms. Percurso bem marcado, num circuito sobe e desce constante, com estradões rápidos e singletracks bem desenhados nos meio da vegetação e perto da meta uma pista com algumas lombas.

Resultados Intercaimabike:

Laura Bastos e Carlos Almeida - Pódio com 2º lugar duplas Mix com 10 voltas em 3h05m

Marcelo Sousa e Filipe Ferreira - 8º lugar em duplas masculinas com 11 voltas em 3h16m

Eduardo Almeida e Filipe Tavares - 10º lugar em duplas masculinas com 10 voltas em 3h03m

Marcelo Almeida - 10º lugar Elite e 60º da geral Individual com 10 voltas em 3h04m

Nuno Almeida - 7º Master B e 29º da geral Individual com 11 voltas em 3h04m

Boa organização em geral e pessoal simpático, prova decerto a repetir.

Aos apoiantes e patrocinadores, pela confiança e por acreditarem no nosso projeto INTERCAIMABIKE 2017/2018, o nosso muito obrigado; LojasdaVisão, Tavares auto, Polisport, Leirinox, Polivale, Crédito Agrícola Vale de Cambra, Município de Vale de Cambra, Freguesia São Pedro Castelões, Associação Inter Caima Pinheiro Manso

Fonte: Intercaimabike

“V TRIATLO de AMORA (Seixal)”

Torrejanos em bom plano no 1ºtriatlo jovem da época

Amora, freguesia do Seixal, recebeu no passado sábado, dia 6/Maio, a 1ªetapa de triatlo (natação, ciclismo e corrida) do CAMPEONATO NACIONAL DE TRIATLO JOVEM 2017. Depois dos Duatlos, esta foi a 5ªetapa deste Campeonato Nacional para os mais jovens, e também a 5ª edição do Triatlo de Amora, que contou com a presença de cerca de 500 atletas. Divididos por 4 escalões (Benjamins, Infantis, Iniciados e Juvenis), os triatletas foram desafiados a percorrer distâncias que variaram entre os 50m de natação, 1km de ciclismo, 400m de corrida e os 300m de natação, 8km de ciclismo e 2km de corrida. Simultaneamente com a prova de Juvenis, realizou-se a prova de observação para o Campeonato da Europa de Triatlo no escalão Youth (Cadetes e Juvenis 2ºano).

Em termos coletivos, a ESCOLA DE TRIATLO DO CLUBE DE NATAÇÃO DE TORRES NOVAS com a presença de 33 atletas jovens, alcançou um excelente 3ºlugar entre 30 clubes participantes, sendo o Alhandra Sporting Club a equipa vencedora desta etapa, e o Sport Lisboa e Benfica a equipa classificada na 2ªposição.

Na prova de observação para o Campeonato da Europa de Triatlo na categoria de Youth, RICARDO BATISTA venceu categoricamente, e o seu colega de equipa JOSÉ PEDRO VIEIRA obteve o 2ºlugar. Nesta prova de observação muito competitiva, estiveram presentes mais 3 cadetes torrejanos, Diogo Mendes que concluiu no 13ºlugar, Miguel Moreira no 18º, e André Rodrigues, que teve uma pequena queda no ciclismo, terminou no 31ºlugar. Joana Miranda também não conseguiu terminar a sua prova, devido a uma lesão na zona lombar, embora tenha andado na liderança até ao segmento de corrida.

Mas, na 5ªetapa do Campeonato Nacional de Triatlo Jovem, foram os Benjamins os primeiros atletas a lançaram-se ao rio cerca das 12h00, e o torrejano MATEUS NASCIMENTO foi o 3ºatleta a concluir a prova deste escalão, uma excelente classificação para a sua estreia num triatlo. Rodrigo Vicente, Miguel Gameiro, Simão Vieira e Diogo Viegas também tiveram a sua estreia numa prova de triatlo, alcançando os 11º, 13º, 29º e 38ºlugares respectivamente, enquanto Francisca Leirião, a única Benjamim torrejana, foi 14ªclassificada.

Em Infantis, FRANCISCO CARVALHO ficou a um lugar do pódio, foi 4ºclassificado com uma boa prestação em prova, e a melhor torrejana foi Matilde Moita na 12ªposição. Ana Júlia Marques, Margarida Inácio e Bruna Barros foram 23ª, 35ª e 44ªclassificadas, e Rodrigo Viegas e António Gasalho 51º e 52º.

Numa prova bem disputada no escalão de Iniciados, e a provar o excelente trabalho desenvolvido pelos treinadores Paulo Antunes e Marco Sousa, terminaram 4 torrejanos no top 10. GUSTAVO DO CANTO e JOSÉ TADEIA subiram ao pódio no 2º e 3ºlugares, logo seguidos por JOÃO NUNO BATISTA no 4ºlugar e PEDRO AFONSO SILVA no 7ºlugar. Martim Salvador na 17ªposição, e Francisco Borges na 58ª foram mais 2 atletas torrejanos masculinos presentes em prova, enquanto em femininos, Constança Martins terminou na 13ªposição, Joana Silva na 26ª e Natércia Carvalho na 31ªposição.

Seguiu-se a prova de Juvenis, com Ana Margarida Silva a ser melhor torrejana ao terminar no 7ºlugar, e em masculinos, o melhor foi Tiago Lopes no 9ºlugar. Duarte Santos terminou na 13ªposição, Guilherme Marques, João Graça, Bruno Proença e Francisco Gonçalves foram 24º, 37º, 70º e 73ºclassificados. Ainda nas meninas, Beatriz Neves alcançou o 19ºlugar, Carlota Martins, Matilde Ferreira e Joana Alves terminaram nos 35º, 39º e 40ºlugares.

Por último realizou-se a Prova Aberta, onde marcaram presença 6 atletas torrejanos, Marco Sousa (V1) subiu ao pódio no 2ºlugar, Rafael Marques (JUN) foi 10º, Alberto Tadeia (V2) 14º, Vitor Santos (V3) 33º, Luis Miguel Moita (V1) 56ºclassificado, enquanto em femininos, Gilda Mota (V2) ficou a um lugar do pódio, foi 4ºclassificada.

 

1ªGala do Desporto do Município de Torres Novas

A primeira edição da Gala do Desporto, promovida pelo Município de Torres Novas, decorreu na passada sexta-feira dia 5/Maio no Teatro Virgínia. A Escola de Triatlo do Clube de Natação de Torres Novas destacou-se nesta 1ªGala do Desporto com 5 prémios obtidos dos 7 que foram arrecadados pelo Clube de Natação de Torres Novas.

Considerada a EQUIPA DO ANO, a ESCOLA DE TRIATLO DO CLUBE DE NATAÇÃO DE TORRES NOVAS, obteve ainda os prémios de, melhor atleta na categoria entre os 15 e os 18 anos, RICARDO BATISTA, melhor atleta acima dos 19 anos, MARCO SOUSA, e melhor treinador PAULO ANTUNES, para além de serem homenageados 5 atletas com títulos de campeões nacionais ou internacionais, GUSTAVO DO CANTO, JOANA MIRANDA, JOSÉ PEDRO VIEIRA, RICARDO BATISTA e MARCO SOUSA.

Por fim, o troféu de Mérito Desportivo foi entregue às Equipas de Triatlo e Natação do Clube de Natação de Torres Novas.

 

Challenge Lisboa 2017 (triatlo longo)

No domingo de manhã, dia 7/Maio realizou-se no Parque das Nações em Lisboa, o Challenge Lisboa 2017, uma prova de triatlo em distância half ironman (1900m de natação, 90kms. de ciclismo e 21,1kms. de corrida).

Participaram nesta prova, 2 atletas torrejanos, Gonçalo Martins no escalão de 35-39 anos alcançou o 37ºlugar com um tempo de 5h07m56s, enquanto Pedro Antunes no escalão de 40-44 anos concluiu a sua prova em 5h11m18s, alcançando o 49ºlugar.

A próxima prova será em Matosinhos, no domingo dia 14/Maio, mais uma etapa da Taça de Portugal, que será também a última prova apuramento para o Campeonato da Europa de Juniores, para atletas cadetes e juniores.

Fonte: Escola de Triatlo do Clube de Natação de Torres Novas

 

“Roberto Heras indemnizado em 724 mil euros”

Sancionado por doping em 2005, foi 'obrigado' a retirar-se do desporto

Por: Lusa

Foto: Associated press

O ex-ciclista Roberto Heras vai receber do Estado espanhol uma compensação de 724 mil euros por danos decorrentes da sua retirada prematura, causada por uma sanção relacionada com doping, posteriormente anulada, ditou esta segunda-feira o Supremo Tribunal de Espanha.
Em causa está a anulação em 2012 do castigo por doping aplicado a Heras, por três vezes vencedor da Volta a Espanha, tendo ainda sido desclassificado após o triunfo em 2005, após análise positiva, por parte da Federação Espanhola de Ciclismo, que o Supremo confirmou.
O Supremo decidiu que a suspensão por dois anos aplicada ao ex-ciclista, que ditou a sua retirada prematura, com base numa análise positiva à EPO na Volta a Espanha, em 2005, não estava em conformidade com a lei, porque várias irregularidades foram cometidas na prática de análise.
Roberto Heras, que recorreu para o Tribunal de uma compensação financeira de 724 mil euros por prejuízo na sua carreira, conta no seu palmarés com as vitórias na Volta à Espanha em 2000, 2003 e 2004 e com duas etapas na Volta à França e na Volta a Itália.

Fonte: Record on-line