domingo, 2 de setembro de 2018

“Vuelta/Simon Yates é o novo líder da geral”

Ben King voltou a vencer uma etapa

Por: Lusa

Foto: EPA

O norte-americano Ben King (Dimension Data) venceu este domingo isolado a nona etapa da Volta a Espanha em bicicleta, o segundo triunfo na presente edição, enquanto o britânico Simon Yates (Mitchelton-Scott) assumiu a liderança da classificação geral.

King, que já tinha vencido no quarto dia, cumpriu os 200,8 quilómetros entre Talavera de la Reina e o alto de La Covatilla em 5:30.38 horas, com 48 segundos de vantagem sobre o holandês Bauke Mollema (Trek-Segafredo), segundo, e 2.38 minutos sobre o belga Dylan Teuns (BMC).

Na classificação geral, o francês Rudy Molard (Groupama-FDJ) perdeu a liderança, agora detida por Yates, com vantagem curta para uma dupla da Movistar, um segundo para o espanhol Alejandro Valverde, segundo e líder da classificação por pontos, e 14 para o colombiano Nairo Quintana.

Na segunda-feira, o pelotão goza do primeiro de dois dias de descanso da Vuelta, que retoma na terça-feira com uma ligação entre Salamanca e Fermoselle, de 177 quilómetros.

Fonte: Record on-line

“Portugal foi terceiro nas estafetas do Europeu da juventude”

França foi a grande vencedora

Por: Lusa

Inês Rico, José Vieira, Mariana Vargem e Alexandre Montez • Foto: Comité Olímpico de Portugal

A seleção portuguesa de triatlo conquistou este domingo a medalha de bronze na prova de estafetas mistas do Europeu da juventude, em Loutraki, na Grécia, atrás das formações de França, que venceu, e Inglaterra, segunda classificada.

A seleção lusa para a prova, disputada em formato aquatlo, com 200 metros de natação e 1.000 de corrida, foi constituída por Inês Rico, José Vieira, Mariana Vargem e Alexandre Montez, que, no sábado, conquistou a medalha de prata, na final individual.

Fonte: Record on-line

“Rui Costa em 51.º no Grande Prémio de Fourmies”

Alemão Pascal Ackermann (BORA-hansgrohe) venceu a prova

Por: Lusa

Foto: Getty Images

O ciclista alemão Pascal Ackermann (BORA-hansgrohe) venceu este domingo a 86.ª edição do Grande Prémio de Fourmies, com o português Rui Costa (UAE Team Emirates) a cruzar a meta na 51.ª posição.

Ackermann, que no sábado venceu a Clássica de Bruxelas, voltou a triunfar hoje em Fourmies, cumprindo os 205 quilómetros em 4:46.56 horas, e batendo ao 'sprint' o francês Arnaud Démare (Groupama-FDJ), segundo, e o colombiano Álvaro José Hodeg (Quick-Step Floors), terceiro.

Rui Costa, único ciclista luso em prova, chegou com 12 segundos de atraso para o vencedor, no 51.º posto.

Fonte: Record on-line

“XIX Troféu Alves Barbosa”

Rafael Santos conquista Troféu Alves Barbosa

Por: José Carlos Gomes

Foto: Foz Ao Minuto.com

Rafael Santos (ACD Milharado/EC Manuel Martins) foi hoje coroado vencedor do XIX Troféu Alves Barbosa, competição de referência para a categoria de cadetes, que homenageia a estrela do ciclismo nacional das décadas de 1950 e 1960.

O triunfo de Rafael Santos foi construído na primeira etapa, disputada no sábado. A viagem de 87,8 quilómetros, entre Montemor-o-Velho e Sangalhos foi dominada por uma fuga. De entre os fugitivos destacou-se Rafael Santos, que cortou a meta com 2m51s de vantagem sobre o segundo classificado, Manuel Casado (CC Loulé), e com 4m58s à melhor sobre o terceiro, Gonçalo Fonte (Tensai/Sambiental/Santa Marta), dois dos companheiros de aventura do vencedor da tirada.

O pelotão precisou de quase 6 minutos mais do que o vencedor para terminar a primeira etapa, deixando a prova praticamente sentenciada na tirada inaugural.

Na manhã deste domingo correu-se a segunda etapa, 65,4 quilómetros, entre Arazede e o castelo de Montemor-o-Velho. A subida para a meta provocou pequenas diferenças de tempo entre os mais fortes, nada que colocasse em causa a camisola amarela de Rafael Santos.

O vencedor da segunda etapa foi Gabriel Fonseca (Mato Cheirinhos/Vila Galé/Etopi), com o mesmo tempo dos adversários mais próximos, Tiago Moreira (Tensai/Sambiental/Santa Marta) e João Oliveira (ACD Milharado/EC Manuel Martins), segundo e terceiro, respetivamente.

Rafael Santos gastou mais 14 segundos do que o vencedor da segunda etapa, consolidando o comando na geral individual. O corredor da equipa do Milharado terminou o Troféu Alves Barbosa no topo da geral, com 4m49s sobre o segundo e o terceiro classificados, Gonçalo Fonte e Roberto Cardoso (Tensai/Sambiental/Santa Marta), respetivamente.

Diogo Antunes (Peçamodovar/Delta Cafés/Polisport) foi o melhor cadete de primeiro ano, Gabriel Fonseca ganhou a classificação por pontos, Diogo Sousinha (Alcobaça CC/Crédito Agrícola) foi o melhor trepador e Manuel Casado impôs-se nas metas volantes.

O ACD Milharado/EC Manuel Martins triunfou por equipas.

Fonte: FPC

“André Greipel vence a primeira etapa da Volta à Grã-Bretanha”

Ciclista português José Fernandes foi último classificado

Por: Lusa

Foto: Filipe Farinha

O alemão André Greipel (Lotto Soudal) venceu este domingo ao sprint a primeira etapa da Volta à Grã-Bretanha em bicicleta, assumindo a liderança da classificação geral individual na chegada a Newport, no País de Gales.

Greipel, de 36 anos, cumpriu os 175 quilómetros entre Pembrey e Newport em 4:00.54 horas, batendo o australiano Caleb Ewan (Mitchelton-Scott), segundo, e o colombiano Fernando Gaviria (Quick-Step Floors), terceiro.

O único português em prova, José Fernandes (Education First-Cannondale Drapac), foi este domingo 119.º e último classificado, a 5.38 minutos do vencedor.

Na segunda-feira, a segunda etapa liga Cranbrook a Barnstaple, numa ligação de 174 quilómetros com três contagens de montanha, todas de segunda categoria.

Fonte: Record on-line

“Rui Costa termina Clássica de Bruxelas em 39.º”

Pascal Ackermann vence prova

Poir: Lusa

Foto: Getty Images

O ciclista alemão Pascal Ackermann (BORA-hansgrohe) venceu este sábado a Clássica de Bruxelas, que o português Rui Costa (UAE Team Emirates) terminou na 39.ª posição.

O campeão alemão de fundo, de 24 anos, cumpriu os 201,4 quilómetros da clássica em 4:33.12 horas, o mesmo tempo do segundo classificado, o belga Jasper Stuyven (Trek-Segafredo), e um segundo a menos do que o grupo compacto que seguiu a dupla de sprinters, com o francês Thomas Boudat (Direct Energie) no terceiro posto.

Rui Costa, único português em prova, cruzou a meta em 39.º, a 13 segundos do vencedor, um dia antes de participar no Grande Prémio de Fourmies, em França, outra corrida do escalão 1.HC em que o pelotão corre um percurso de 205 quilómetros.

Fonte: Record on-line