sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

“Nuno Bico: «Se fosse fácil não escolhia ser ciclista»”

Admite que terá algumas dificuldades no primeiro ano que cumprirá no World Tour

Por: Ana Paula Marques

Foto: DR Record

Demos conta recentemente de que Portugal ainda se mantém como exportador de ciclistas. Na altura, referimos que eram oito os portugueses que em 2017 iriam competir no principal pelotão mundial. Número que passou a estar desatualizado por força de mais um nome nacional ingressar no World Tour. Trata-se de Nuno Bico, consciente de que, pelo menos no primeiro dos dois anos de contrato com a Movistar, nem tudo será um mar de rosas.
"O objetivo era dar o salto para o World Tour já em 2017. Sei que vai ser difícil, mas se fosse fácil não escolhia ser ciclista", disse-nos o atleta natural de Viseu, para quem o facto de o contrato com a equipa espanhola ser de dois anos dá mais segurança. "O primeiro ano será sempre de adaptação."

Nuno Bico saiu de Portugal este ano para correr na equipa checa Klein Constantia, formação satélite da Quick Step. Mas o anúncio da sua extinção colocou de imediato o viseense no mercado, transferência só agora anunciada. "A verdade é que desde o Mundial existia interesse da Movistar. O acordo concretizou-se agora", explicou Nuno Bico, para quem a performance realizada na prova de estrada sub-23 no Qatar, onde andou em fuga quase os 160 km, sendo alcançado a 5 da meta, "foram pontos" que pesaram a favor do ex-ciclista da Rádio Popular-Boavista, equipa com a qual se sagrou campeão nacional sub-23 em 2015. Na Movistar, de resto, vai ter como companheiro outro português, Nelson Oliveira. "Conheço-o de estarmos juntos em Europeus e Mundiais. Vai ser uma grande ajuda na minha adaptação."
Ainda não sabe o calendário que fará em 2017, mas Nuno Bico não esconde que, uma vez no World Tour, gostaria de fazer uma grande volta por etapas. "O Tour é a predileta. Mas dizer que quero logo fazer esta corrida é colocar o carro à frente dos bois."

Fonte: Record on-line

Sem comentários:

Enviar um comentário