quinta-feira, 15 de agosto de 2019

“Fim-de-semana recheado de vitórias”

A Sicasal Constantinos foi a grande dominadora da Taça Nacional de Esperanças, competição de duas etapas que este fim-de-semana percorreu mais de 200 quilómetros das estradas do concelho da Anadia.

A equipa torriense destacou-se individualmente e no coletivo nas duas provas disputadas, mas acabaria por deixar fugir a vitória para Raúl Ribeiro da Crédito Agrícola/Almodôvar, que no somatório final foi o atleta mais regular. Marcelo Salvador foi o herói da primeira etapa, vencendo isolado no alto do Monte Castro na Anadia.

O atleta de Alcabideche atacou a partir dum grupo perseguidor, passou direto os 2 atletas que seguiam na dianteira da corrida e obteve o triunfo de forma categórica, conquistando o direito de vestir a camisola amarela.

Pelo caminho ainda conquistou 2 das 4 metas de montanha do dia.   Guilherme Simão também esteve em evidência ao vencer 2 metas especiais e uma meta volante, que lhe garantiram a conquista da camisola “rosa das autarquias” e a das “bolinhas” correspondente à liderança das metas volantes. Ao segundo dia de competição, as mesmas cores e um novo protagonista.

Wilson Esperança ganhou ligeira vantagem sobre um grupo de 12 ciclistas que seguiam na frente da corrida e foi o mais forte no sprint final sobre a meta do tradicional Circuito da Curia, conquistando assim o seu 1º triunfo no escalão sub-23. Nas contas finais da Taça, Guilherme Simão conquistou a camisola Rosa, correspondente às Metas Especiais das Autarquias e com 3 atletas no top 10 a equipa arrecadou o título coletivo.

Marcelo Salvador subiu ao pódio para ocupar a 2ª posição, enquanto Wilson Esperança assumiu a 3ª. Francisco Guerreiro foi o terceiro melhor elemento da equipa no 10º lugar, seguido de Tiago Henriques em 18º, Francisco Morais em 40º e Guilherme Simão em 61º.

Texto: AfterTwo //works

Fotos: Inês Calvo (Roda na Frente) e João Calado (FPCiclismo)

Fonte: Academia Joaquim Agostinho
 

Sem comentários:

Publicar um comentário