sexta-feira, 13 de julho de 2018

“2º Etapa Efapel/Final de etapa controlado para a EFAPEL no Troféu Joaquim Agostinho"

          Chegada ao sprint mantém a equipa na luta pela geral individual

          Marcos Jurado foi o melhor da formação na meta em Sobral de Monte Agraço

Um final com ataques, mudanças de ritmo na corrida e uma discussão ao sprint. Foi assim que terminou a segunda etapa do Grande Prémio Internacional de Torres Vedras/Troféu Joaquim Agostinho. Henrique Casimiro manteve o 12º posto na geral individual, mas agora está a 19 segundos do camisola amarela, José Neves (W52/FC Porto).

Num dia em que o pelotão pedalou mais de 160 quilómetros entre Ventosa e Sobral de Monte Agraço, a chegada ficou marcada por uma discussão ao sprint e pelo triunfo de um ciclista francês, Cyril Barthe (Euskadi Basque Country/Murias). Marcos Jurado foi o melhor da Equipa EFAPEL. O espanhol foi o 11º primeiro a cruzar a linha de meta com o mesmo tempo do vencedor. Jesus Del Pino concluiu o dia em 14, enquanto Henrique Casimiro foi 17º.

Ambos chegaram todos com o mesmo tempo do mais rápido, num dia em que houve movimentações com a aproximação da meta por parte dos candidatos à vitória final. A Equipa EFAPEL continua a ter dois corredores entre os 20 melhores. Henrique Casimiro é o melhor colocado, enquanto Pedro Paulinho está no 20º posto.

Amanhã realiza-se o terceiro dia de competição desta prova que termina no domingo. Pela frente, o pelotão vai ter 144 quilómetros entre Serra d’el Rei e Torres Vedras. A localidade que dá nome a esta corrida vai ser palco do tradicional circuito onde pode haver alterações no que diz respeito à classificação geral individual.

Fonte: Efapel

Sem comentários:

Enviar um comentário