domingo, 16 de dezembro de 2018

“11 Cidades para aproveitar de bicicleta”

Cidade onze: Travessia artística em Copenhague, hoje apresentamos a última cidade

Por: Lonely Planet

DINAMARCA

A capital dinamarquesa é uma das cidades mais bikefriendly do mundo. As bicicletas circulam em total liberdade —cerca de 30.000 bicicletas por dia— em suas ciclovias (muitas separadas por um meio-fio) e vias largas, tudo em nome da segurança. Em 2015, foi inaugurada uma ciclovia elevada, a cykelslangen, pela qual as bicicletas podem descer diretamente ao porto e a um centro comercial. Os dinamarqueses vão de bicicleta para o trabalho, para a escola e até quando saem para beber, jantar ou ir a festas. Há 125 pontos de bicicletas públicas para alugar, também em estações de trem, como Osterport.

A bicicleta é o melhor meio para desfrutar o lado divertido de Copenhague, desde as cafeterias do parque Amager até os jardins de Frederiksberg. Os fãs da arquitetura podem descer pelo bulevar Orestads até o auditório de Jean Nouvel. Os amantes da comida podem passear pelos canais de Christianshavn até a antiga localização do famoso restaurante Noma e de seu vizinho, o 108. Um dos locais mais ciclistas da cidade é Christiania, tanto que dá nome a um tipo de bicicletas de transporte na qual os dinamarqueses levam suas compras e seus filhos. Christiania é também o único local em que se fabricam as extravagantes bicicletas Pedersen. E nos arredores, uma sugestão muito atraente: duas horas de pedal (40 quilômetros) pela Riviera Dinamarquesa até o Museu Louisiana de Arte Moderna, perto de Helsingor (Elsinor), onde está o castelo de Kronborg, o cenário escolhido por Shakespeare para seu Hamlet.

Fonte: El País

Sem comentários:

Publicar um comentário