quarta-feira, 5 de abril de 2017

“EFAPEL apadrinha horta solidária”

Participação em projecto de associação que defende direitos das crianças

Vários elementos da equipa EFAPEL, entre os quais os ciclistas Rafael Silva e Bruno Silva, puseram as mãos na terra para criar a horta solidária da Associação Casa do Caminho, instituição com sede em Matosinhos, que tem como missão acolher, cuidar, proteger e dar carinho a crianças, dos zero aos seis anos, vítimas de qualquer violação dos seus direitos, promove o seu desenvolvimento integral e crescimento saudável até à concretização do seu projeto de vida.

Numa fase em que o calendário velocipédico tem uma pausa - a próxima competição está agendada para 22 e 23 de abril - os elementos equipa profissional de ciclismo EFAPEL trocaram as ferramentas de trabalho diário, em particular as bicicletas, e agarram em enxadas, pás e ancinhos para criarem a horta da Associação Casa do Caminho.

Nesta primeira missão como “agricultores”, os vários profissionais da formação de Ovar prepararam a terra e plantaram vários alimentos que serão utilizados pela instituição. Esta iniciativa realiza-se numa altura do ano em que decorre, também, a campanha “Ajude sem gastar”, acção que convida todos os contribuintes a associarem-se à causa da Casa do Caminho com a consignação de 0,5 por cento do IRS a esta organização.

“Juntos pelo direito a ter um colo” é o slogan da iniciativa da equipa EFAPEL que numa primeira fase contribui para a subsistência da associação e a concretização do seu projecto solidário. “O trabalho desenvolvido, todos os dias, pela Associação Casa do Caminho não só nos impressiona como é emocionante. As causas solidárias são muito importantes. Mas perceber o humanismo como todos os envolvidos agem em prol dos direitos das crianças que aqui vivem torna a experiência ainda mais intensa. Este é um projecto que deve ser destacado e foi nesta medida que a equipa EFAPEL se associou”, afirmou a porta-voz da equipa, Maria João Gouveia.

O responsável também participou na acção com Rafael Silva e Bruno Silva, além dos elementos do staff, Maria João Gouveia e Edgar Almeida. Célia e Goretti Cabreira são agricultoras também estiveram presentes para darem uma verdadeira lição de como trabalhar a terra. Durante esta operação foram plantados vários produtos hortícolas, como alface, alho francês, cebolas, couve penca, tomate cherry , tomate, e feijão verde

O dia de hoje promoveu um treino diferente para os nossos corredores. O trabalho realizado contribuiu para a promoção dos direitos das crianças e encheu o coração de todos os presentes.

Fonte: Efapel

Sem comentários:

Enviar um comentário