terça-feira, 30 de julho de 2019

“Bernardo foi 25º no GP do Minho”

Texto: AfterTwo //works

Fotos: Marcelo Lopes

A equipa junior da Academia Joaquim Agostinho/UDO foi a terceira melhor entre as Portuguesas presentes no 31º Grande Prémio do Minho, competição disputada entre a passada quinta-feira e este domingo. A prova minhota é sempre uma das mais aguardadas do calendário Nacional, pelo nível organizativo e qualidade competitiva do pelotão internacional que a compõe.

No prólogo inaugural em Melgaço, a equipa torriense fez uma abordagem cautelosa, concluindo os 6,4 km do percurso em 10 minutos e 38 segundos na 15ª posição. A primeira etapa percorreu 69 km entre Guimarães e o alto de Santo Antonino em Mesão Frio, onde cedo se começou a notar a supremacia das equipas estrangeiras que impuseram um ritmo frenético ao pelotão.

A jornada acabaria com uma média superior a 40 km por hora, tendo Bernardo Luís sido o melhor atleta torriense na 31ª posição. Ao segundo dia de prova a organização viu-se forçada a alterar o percurso por razões meteorológicas, mas o ritmo não abrandou. João Ferreira alcançou a melhor classificação da equipa em toda a prova ao cruzar a meta na 17ª posição a escassos 3 segundos do vencedor, galgando 39 lugares na tabela geral.

Também Daniel Fortes e Henrique Frois tiveram um desempenho positivo ajudando a catapultar a equipa para a 8ª posição coletiva. O último dia começou de forma positiva, com Henrique Frois a cruzar a 1ª Meta de Montanha na 3ª posição e Miguel Carvalho a vencer a 2ª Meta Volante instalada em Melgaço.

Com as equipas estrangeiras a controlar todas as tentativas de fuga, a etapa foi decidida na exigente subida ao Castro Laboreiro onde Bernardo Luís foi 26º a 1 minuto e 47 segundos do vencedor. Com este resultado, Bernardo foi o melhor elemento da equipa em toda a competição, concluindo na 25ª posição. João Ferreira foi outro dos elementos em destaque ao ser o 6º melhor júnior de primeiro ano na prova Minhota.

No rescaldo final da competição a equipa de Torres Vedras foi a 7ª da geral coletiva entre as 24 participantes e a 3ª melhor Portuguesa.  Na classificação individual, João Ferreira foi o 33º, Daniel Fortes 50º, Miguel Carvalho 59º, André Silva 66º e Duarte Bento 76º.

Fonte: Academia Joaquim Agostinho

 

Sem comentários:

Enviar um comentário