quinta-feira, 21 de julho de 2016

“2.º Portugal de Lés-a-Lés Off-Road”

Chaves – Fundão – Évora – Faro

14 a 17 de setembro 2016

 Reconhecimento em condições reais mostra atractivos do belo trajecto do 2.º Portugal de Lés-a-Lés Off-Road

Percurso promete aventura de sonho

De beleza ímpar com passagem por locais marcantes e um percurso divertido mas acessível, o 2.º Portugal de Lés-a-Lés Off-Road ganha forma após a realização do reconhecimento para a grande aventura, agendada de 14 a 17 de Setembro. As inscrições, limitadas a 250 participantes, estão abertas até final do mês de agosto mas poderão esgotar antes do dia 31!

Cerca de 1000 quilómetros de evasão e aventura, de descoberta e condução, sempre através de percursos em todo-o-terreno é a proposta da Comissão de Mototurismo da Federação de Motociclismo de Portugal na ligação de Chaves a Faro. Serão três etapas, a rondar os 300 quilómetros diários, com paragem no Fundão e em Évora, através dos melhores e mais bonitos estradões e trilhos de Portugal Continental, na descoberta do enorme potencial cultural e paisagístico do nosso País.

Evento turístico, sem qualquer finalidade competitiva ou dificuldade bastante acessível, pensado para todos os utilizadores das maxi-trail como as BMW R 1200 GS e GSA ou GS 800, Honda Africa Twin, das modernas às mais antigas, Varaderos ou Transalp, Yamaha Super-Ténéré, XT 600 ou Ténéré, Ducati Multistrada ou Scrambler, Kawasaki Versys, Suzuki V-Strom 650 ou 1000, KTM 1190 ou 1290 Adventure, Moto Guzzi Stelvio ou NTX, Aprilia Caponord, ou mesmo as Pegaso, Triumph Tiger 800 ou 1200 Explorer, e muitas outras aventureiras. Mas também para as mais pequenas enduristas Honda CRF, Yamaha YZF, KTM EXC, Suzuki RMX, Beta RR, Sherco SE ou SE-F, Husqvarna TE e FE, AJP PR5 ou Kawasaki KXF.

Percurso fortemente vincado à orografia nacional, variando das vinhedos durienses, ou das planícies alentejanas, sempre com uma facilidade que permite desfrutar da melhor forma da travessia continental. Trajecto muito diversificado, tal como os pisos, e oferecedor de paisagens sublimes, com possibilidade única de apreciar locais inesquecíveis, da majestosa imponência das serras à serena tranquilidade das amplas planícies.

As inscrições custam 250 euros na versão mais simples, que incluindo os jantares dos 4 dias (de boas-vindas e no final das três etapas), road-book e os tracks das etapas descarregado no GPS dos participantes, a T-shirt alusiva ao evento e o dorsal. Inscrições online que podem ser efectuadas através do site www.les-a-les.pt (http://les-a-les.pt/Welcome.aspx?name=2-les-a-les-offroadestando toda a informação bem como os regulamentos disponíveis emwww.fmp-live.pt ou http://les-a-les.pt/App_Upload/2016-04-13-REGULAMENTO-2%C2%BA-L%C3%A9s-a-L%C3%A9s-Off-Road.pdf.


Para facilitar a logística a todos os participantes, a FMP disponibiliza, lavagem e da interessante campanha de pneus Dunlop a preços especiais, interessantes soluções para transportar as motos desde Porto, Lisboa ou Faro até ao local de partida e o regresso ao mesmo local (160 €). Além da possibilidade de marcar a estadia para o evento em diversas unidades hoteleiras a preços mais competitivos, com dormidas em quarto duplo a custarem 145 € enquanto para a opção de quarto single o custo será de 225 €.

Abertas estão também as inscrições para o 1.º Portugal de Lés-a-Lés Quad com passagem por Castelo Branco e Reguengos de Monsaraz, em 1000 quilómetros divididos por três etapas. O preço de inscrição é idêntico ao do Lés-a-Lés Off-Road, sendo iguais os valores para as dormidas ao longo do evento, enquanto o custo acrescido para o transporte, apenas para os Moto4, será de 185 €.

Fonte: O Gabinete de Imprensa 2.º Portugal de Lés-a-Lés Off-Road/Parceria Notícias do Pedal

Sem comentários:

Publicar um comentário